Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Comentários recentes

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...

  • Lucas

    Eu cá gostava mais das entrevistas do Serpa, reple...





Foram dias produtivos…

 

Carneiro Jacinto veio aqui chamar-me genuíno, o João da Serra veio – um tanto ou quanto tocado – “atacar” o José Vitor e o José Folgado, um socialista dos 7 costados veio acusar-me de não aparecer nas discussões, entre outros... Há que responder! Não?!

 

Estimado Carneiro Jacinto:

 

A genuinidade e a ingenuidade confundem-se! Deixe-me por isso pensar se lhe sirvo para “argumento” ou se o posso ajudar a encontrar “argumentos”. Se quiser de facto fazer alguma coisa por este concelho tem que ouvir outras gerações, aquelas que tem a “ilusão” de poder ser úteis a custo zero…

 

Caro João:

 

Não penses que me dás uma ideia nova! Já várias vezes falei à minha tia na remota hipótese de capitalizar a influência que tem na aldeia e na freguesia (coisas muito diferentes, como sabes). A resposta foi sempre NÃO. Podes ajudar-me a tentar convencê-la, sei que seria a melhor presidente que São Marcos poderia ter.

 

Camarada socialista:

 

Ainda bem que me viu duas vezes na sede do PS Silves, prova a minha teoria de que vocês são uns exagerados… é que, na verdade, só lá estive uma vez!

Garanto-lhe que já me passou pela cabeça que o socialismo não era para mim. Mas, após trocar algumas ideias acabo sempre por concluir que sou socialista a 100%.

Gosto de ganhar, acredito no socialismo e, por consequência lógica, nunca poderia dar-me com os “cromos” que conduzem o PS Silves. Muitos daqueles que fazem parte das listas (que dão a cara) nem sonham com a “podridão” que por ali vai e não tem culpa por lutar pelo que acreditam.

Caso não saiba, caro socialista, estive envolvido na tentativa de criação de uma secção da JS em Messines. Tinha os elementos, tinha as condições reunidas… mas nunca tive o apoio do PS Silves, que via em nós uma ameaça. Se dúvidas houvessem, ficaram desfeitas quando, após várias desistências na Assembleia Municipal (eleita com Lisete Romão à cabeça) chega a minha vez de representar o PS na Assembleia e, imediatamente, aparece-me um “alinhado” a “propor-me” uma desistência em nome do partido, sendo substituído por um “individuo” que acabaria por nem por os pés numa única Assembleia Municipal. O medo seria que eu “colocasse em causa os arranjos da praxe”… Deduzo…

Acredite que quando falo do PS Silves, falo com mágoa… São, efectivamente, uns “bananas” sem ideias, sem carisma, sem devoção, sem “ganas”, sem força, sem “pingo de vergonha”. Continuam agarrados ao “tacho” e a iludir-nos a todos.

 

Acerca do Presidente da Junta de Messines:

 

Pessoalmente gosto muito do José Vitor. Mais uma vez confesso que foi um dos poucos capazes de me motivar para a política local. Sinceramente, esperava mais dele e, embora compreenda as limitações de uma Junta de Freguesia, sempre pensei que fosse mais visível. Não estando permanentemente na vila tenho que me cingir aos comentários, e esses são extremamente negativos para o José Vitor. Ainda assim quero pensar nele como uma espécie de Costinha da selecção – nem sempe se vê que está em campo, mas é útil como poucos.

 

Bom Carnaval a todos e um bem hajam aos Amigos de Messines porque, mesmo contra algumas asneiras que se disseram contra, souberam destrinçar a “nobreza” do que faziam da “baixeza” das “nossas” criticas.

Autoria e outros dados (tags, etc)


6 comentários

Imagem de perfil

De António Carneiro Jacinto a 19.02.2007 às 11:51

Caro Paulo
Se eu falei em genuino é porque quero ouvir aqueles,como você, que me podem dar argumentos, ideias, sugestões em troco...disso mesmo.É só isso e fique descansado que não sou pessoa para jogar com as palavras ou ter segundas intenções.Claro que a sua opinião conta para mim, como a de muitos outros bloguistas.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.02.2007 às 14:47

Esse José Vitor é uma nódoa o pior Presidente de junta de sempre em Messines
Sem imagem de perfil

De anónimo a 19.02.2007 às 18:47

No outro dia gozei com a tua ideia de solução do plano urbanístico do Algoz, mas vejo que tens alguma visão do nosso maravilhoso concelho.

Gostava de apenas comentar dois pontos do teu post ". Começando pelo ultimo, o José Vítor é uma boa pessoa, mas ele não ganhou a Junta de Freguesia por mérito próprio. Ele usou uma arma que em tempo não tinha, a simpatia...mas nem sempre simpatia é sinónimo de competência e amor a uma causa...

Em relação ao ponto em que respondes a um camarada socialista, penso que acordaste um pouco tarde para saberes a realidade do PS Silves, se veres nas listas de há muitos anos para cá, os cromos são os mesmos e é difícil (sem uma JS capaz) de correr com essas sanguessugas de Silves. Mas é com pessoas com uma mentalidade mais aberta e olhos mais abertos que podemos mudar rumos.

E não é com pára-quedistas que se vai mudar este concelho (apesar de para mim ele ir no rumo certo, muitos dizem que vai para o fundo, mas se abrirem os olhos vêm que em menos de uma dúzia anos se fez mais do que em duas dúzias )...não sei de onde esse novo "D.Sebastião" apareceu...muito fala mas ainda não defendeu uma única causa por Silves.
Sem imagem de perfil

De Ailèh a 19.02.2007 às 20:14

Pois mas os mais sensatos e com os olhos mais abertos não entram nos joguinhos do actual PS Silves, poderrão eventualmente aparecer para outras causas , para outras formas de estar visionárias, nunca para os pequenos egoismos que há dentro da máquina concelhia do partido.

Um abraço paulo e um excelente carnaval.
Sem imagem de perfil

De Tony a 20.02.2007 às 15:53

Sr Paulo Silva existem 3 caminhos para o socialismo, a social democracia, o comunismo e o liberalismo domesticado (famosa terceira via de outro Tony ). Qual é o seu???
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 20.02.2007 às 16:27

A sua visao pela politica é interessante, contudo peca por uma análise egocentrica onde os restantes são cromos ou inúteis ou que a razão só assiste do seu lado. Saiba esperar pelas informações reais e concretas e escreva apenas sobre verdades absolutas em que tenha provas, não estrapole para situações pessoais ou emocionais. Tal como aconteceu comigo também senti na pele o que paulo sente, mas com o tempo amadureci e percebi que a politiquice è uma verdade mentirosa... se quer ter futuro nesta area, e penso ter capacidades para tal, não a estrague agora.

Comentar post





Comentários recentes

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...

  • Lucas

    Eu cá gostava mais das entrevistas do Serpa, reple...