Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Comentários recentes

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...

  • Lucas

    Eu cá gostava mais das entrevistas do Serpa, reple...





Diz José Miguel Júdice que “o número de militantes que elege os representantes sujeitos a sufrágio é praticamente igual ao número de eleitos em eleições autárquicas”. Quer isto dizer que o nosso sistema partidário, criado no séc. XIX, se resume a um núcleo cada vez mais pequeno, no qual os cidadãos não confiam, e que se elege a si próprio.

A provar isso está um estudo recente no qual os presidentes de câmara são, ao contrário do que deveriam ser, aqueles por quem os portugueses menos se sentem representados. Em suma apenas 2,75% dos portugueses (muito provavelmente funcionários fiéis e militantes convictos) acham que o órgão máximo do poder local é aquele que melhor os serve. Quase 50% dos portugueses afirma não confiar nos partidos políticos. Para cúmulo disto o órgão que mais votos merece é o Presidente da República, com 21,7%!!!

Porque será que isto acontece?! Eu tenho uma explicação… aliás… tinha eu 18 anos quando comecei a partilhar essa explicação nas páginas do efémero “O Estravanca”. Os partidos políticos em Portugal não representam nada nem ninguém. Eu comparo-os à loja maçon “Mozart 47”… servem para combinar negócios, arranjar “tachos” e pagar favores. Hoje em dia quem tem vontade de servir o povo, de lutar pela sua terra, de enfrentar os poderes instituídos não tem lugar num partido político. Ou sai por vergonha, ou expulsam-no por vingança.

De acordo com o tal estudo, em 1999, 82% dos portugueses acreditava que a Democracia era o “melhor dos sistemas”. Hoje em dia são pouco mais de 55% que acham o mesmo. Falta pouco tempo para tudo mudar… e surpreendentemente os responsáveis dos partidos, das distritais, das concelhias continuam a acreditar que tudo voltará a ser como foi!!! Serão estúpidos?! Acharão que o pouco tempo que resta lhes permitirá enriquecer?! Não sei.

Podem consultar o artigo: http://economico.sapo.pt/noticias/satisfacao-com-democracia-atingiu-minimo-de-sempre_136270.html

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.01.2012 às 23:31

Deixe lá isso. Nas próximas legislativas coloque novamente a cruz no PS para eleger em Faro o maçon João Soares e continue com o seu efémero blogue.
Seja feliz,
Maria
Sem imagem de perfil

De INFARMED a 20.01.2012 às 00:08

Não sei se já sabias mas o teu camarada Serpa aprovou o aumento das taxas e licenças municipais. Como futuro presidente já está a tratar da liquidez que precisará.

Comentar post





Comentários recentes

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...

  • Lucas

    Eu cá gostava mais das entrevistas do Serpa, reple...