Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Comentários recentes

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...

  • Lucas

    Eu cá gostava mais das entrevistas do Serpa, reple...





BOM ANO NOVO

27.12.13

A azáfama profissional (felizmente) tem impedido que venha até ao Blog. Não desejei o Feliz Natal que todos os leitores mereciam, nem tão pouco comentei uma série de "suculentos" assuntos políticos do nosso concelho. 

No entanto não podia deixar de assinalar o final do histórico ano de 2013! O ano em que o concelho de Silves voltou a ter esperança num melhor futuro. Aquilo que tenho ouvido e visto nestes curtos meses de gestão Rosa Palma tem sido excelente.

Por contraponto vou ouvindo que, noutras latitudes também "Governadas" por comunistas, faz-se política nacional às custas dos eleitores municipais. Coisa que me preocupa. É bom que por cá entendam que as eleições foram ganhas pela credibilidade e integridade dos principais membros que compunham as suas listas, não foram ganhas pela ideologia vincada do PC. Eu confio no bom senso e nas decisões das pessoas que estão no executivo, não confio nas decisões e muito menos no bom senso do comité central.

 

Desejo a todos os silvenses um ano 2014 maravilhoso, ao mesmo tempo que lhes peço: aproveitem cada um dos 365 dias que nos esperam para tornar o nosso concelho um bocadinho melhor. Se todos remaramos para o mesmo lado a diferença será enorme no final do ano. Como dizia Jim Rohn "O sucesso é a soma de pequenas e simples práticas repetidas diariamente de forma disciplinada". Bom ano!! ;)

Autoria e outros dados (tags, etc)


19 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 27.12.2013 às 15:14

A tua costela comunista já não te deixa festejar o natal como deve ser.
Imagem de perfil

De Paulo Silva a 27.12.2013 às 16:57

Sou tão "comunista" como o teu líder é "socialista"... 
Sem imagem de perfil

De O "compagnon de route" a 28.12.2013 às 10:38

Caro Paulo, acho que não está a ler bem "os sinais". Já se diz, ainda que em surdina, que só mudaram as moscas e não é por acaso. A proposta da Câmara para pagar às Chefias, as despesas de representação, aprovada ontem na Assembleia, vai ter mais impacto nos eleitores do que se pensa.
Um abraço e até muito breve. 
Sem imagem de perfil

De Templário a 28.12.2013 às 16:57

Compagnon de route, abres a bocarra e sai logo asneira... talvez fosse de bom tom informares-te minimamente dos assuntos, antes de mandares postas de pescada para o ar! As despesas de representação de cargos dirigentes são pagas há mais de 16 anos, por proposta e aprovação dos eleitos locais, maioritariamente dos eleitos pelo PSD e PS... alguma vez te insurgiste? As despesas de representação referentes a 2013 foram propostas e aprovadas pelo anterior executivo municipal do PSD! Devido à queda desse executivo nas recentes eleições, mais não restou ao novo executivo da CDU do que validar os meses de Novembro e Dezembro, para colocar de vez um termo à coisa, considerando que tais despesas estavam previstas no orçamento de 2013, tinham já sido aprovadas em Assembleia Municipal, com maiorias do PSD e do PS, e estavam a ser pagas desde Janeiro de 2013! Enfim, faltava apenas Novembro e Dezembro de 2013 para colocar termo a uma herança do passado! 2014 será inevitavelmente muito diferente nesta matéria. 
Sem imagem de perfil

De O "Conpangnon de route" a 28.12.2013 às 18:10

O caro Templário não sabe se me insurgi ou não pelo facto de terem sido pagas as despesas de representação durante todos estes anos.
O caro Templário sabe certamente que para serem pagas as despesas de representação, têm que estar aprovadas. Não percebo portanto esta aprovação na ultima Assembleia, segundo diz referentes aos meses de Novembro e Dezembro, uma vez que os felizes contemplados já têm a massa nas suas contas.
Se o ano 2014 vai ser muito diferente nesta matéria como diz, porque estão inscritos no orçamento de 2014,  46 mil euros de despesas de representação e agora já aprovados?. Será que a diferença vai ser nas pessoas que passam a usufuir dessa benesse.?. 


Sem imagem de perfil

De Templário a 28.12.2013 às 19:11

Insurgir-se, mandando bitaites para o ar, é patético e roça o ridículo! O seu comentário confirma o que avancei, ou seja, a proposta submetida na Assembleia Municipal restringe-se à aprovação das despesas de representação de cargos dirigentes relativas a Novembro e Dezembro! Para 2014, o facto de existir uma rubrica aberta em orçamento para despesas de representação, significa pevas... qualquer pagamento de despesas de representação de dirigentes, em 2014, carece novamente de aprovação em câmara e assembleia municipal.... Se até até fevereiro nada aparecer, estamos conversados! Enfim, assim se desmascaram os compagnons de route socialistas, que votam sim ao pagamento de despesas de representação de dirigentes na reunião de câmara, e depois votam contra na reunião de assembleia... é a tipica coerência habitual do PS! Em vez de andar a cuspir veneno, mais valia realçar que ontem foi aprovado o orçamento municipal mais transparente e real dos últimos 16 anos! 
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.12.2013 às 09:06

As despesas de representação para dirigentes foram "obrigatoriamente pagas" de 1999 a 2012. Em 2012, com a lei 49 de 2012, deixou de ser obrigatoriamente pago sendo da responsabilidade da Assembleia Municipal sob proposta da Câmara.
Sem imagem de perfil

De Comendador a 28.12.2013 às 21:01

Templário não ligues ao Compagnon de Route, porque é só mais um aziado! A azia persiste desde o dia 29 de Setembro e à falta de assunto onde pegar, inventam-nos, tentam arranjar casos através de não casos! A cena que os aziados fizeram com a feira franca é disso exemplo paradigmático! Roma não se fez num dia... este novo executivo, aos poucos, de mansinho, vai fazer a diferença!
Sem imagem de perfil

De JUIZ a 29.12.2013 às 12:42

Mas respondam lá: Pagaram ou não as despesas de representação, SEM ESTAREM APROVADAS?
Sem imagem de perfil

De Baltazar Garzon a 29.12.2013 às 15:05

Para esta gentinha que gosta de semear tempestades em copos de água, e para uma pergunta estapafúrdia como a anterior, a resposta é simples: a aprovação da Assembleia Municipal possui efeitos retroactivos. Significa que os pagamentos estão autorizados pela Assembleia desde data anterior à sua realização! Concluindo, tudo dentro da legalidade!
Sem imagem de perfil

De JUIZ a 29.12.2013 às 16:02

Pronto, agora já percebo. A Assembleia é um verbo de encher. Obrigado pela informação e assunto definitivamente concluido, pela minha parte.
Sem imagem de perfil

De O Justiceiro Destemido a 29.12.2013 às 22:00

Desculpe contrariá-lo Sr. Meritíssimo Juiz! A Assembleia não é um verbo de encher, porque tem vontade própria e os seus membros deliberaram num determinado sentido, como poderiam ter deliberado noutro. O problema do Sr. Meritíssimo Juiz passa mais pelo facto da maioria da Assembleia não ter ido ao encontro da vontade de uns quantos que pretendiam empurrar um assunto trivial para o lodaçal do joguinho político inconsequente! Isto resume-se tudo à tal velha política que, nestes últimos anos, conduziu o país à miséria e subserviência externa, ou será antes os resquícios da azia que falam noutros comentários que ainda perdura?!?  
Sem imagem de perfil

De JUIZ a 29.12.2013 às 23:08

Caro destemido. Saiba que se a Assembleia deliberasse no sentido contrário, os  funcionários que receberam as despesas de representação teriam que as devolver, pois  o Executivo pagou-as sem a aprovação prévia da Assembleia. Percebeu agora porque digo que a Assembleia é um verbo de encher?
Sem imagem de perfil

De The Punisher a 30.12.2013 às 23:04

Este Juiz, quanto mais fala, mais se enterra! "se a Assembleia deliberasse no sentido contrário", como ele queria, já não seria verbo de encher, mas como a Assembleia não deliberou como ele quis, já é verbo de encher! Não me digam que esta vedeta é membro da Assembleia Municipal, não me digam que alguém meteu um democrático destes nas listas a representar a população do concelho... é que até dá dó! Só lamento é que estes meninos do verbo de encher, e que choramingam pelas migalhas das despesas de representação, não se tenham lembrado de abrir a pestana quando o que estava em causa era votar contra os honorários milionários da PLMJ! Mas, bom, como um comentador aqui disse, é a tal coerência do PS  que depois dá azo a resultados eleitorais miseráveis!  
Sem imagem de perfil

De Jorge Lemos a 31.12.2013 às 08:41

Quando se deixavam passar orçamentos que até contemplavam receitas provenientes da venda de património sem que esta alienação tivesse sido aprovada, era tudo normalíssimo. Orçamentos cuja receita era inventada para se sobrepor à despesa ( para Inglês ver) e que o candidato derrotado do PS até teve o descaramento de admitir no debate Fissul explicando como enganavam o tribunal de contas, isto era tudo normalissimo. Isto passava, invariavelmente, com voto a favor do psd e abstenção do ps. Agora fico muito feliz por a coisa mais grave deste orçamento ser a rubrica das \"hipotéticas\" despesas de representação. É sinal que o orçamento foi muito bem elaborado.
Parece que afinal não foram só as moscas que mudaram...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 01.01.2014 às 03:43

 Não perece, de facto não foram só as moscas que mudaram, mudou tudo!


  As mudanças são benéficas para todos os municipes, acredito que a seu tempo, tudo se poderá constatar.
 Para a comunidade de pescadores de Armação de Pêra, toda uma nova atitude, mais acertiva , mais responsável e muito mais respeitosa, tem vindo a ser demonstrada pelo executivo permanente camarário, esta é uma realidade que deve ser reconhecida.


 È com muita surpresa e com um alivio "descarado" que agradeço toda a gentileza e competência com que nos tem recebido e acarinhado.


 Associação de Pescadores de armação de Pêra,
  Tânia Oliveira
Sem imagem de perfil

De António Duarte a 03.01.2014 às 21:10

Voltamos a ter uma mulher na presidência da Câmara e muita gente a achar que Silves voltou a ser, mais uma vez, "o município da esperança". Acho que ainda é cedo para saber o que de positivo irá acontecer da SERRA ATÉ AO MAR...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 05.01.2014 às 00:53

 Olá António, seguiste o meu comentário de uma forma que, acredito, pouco consciente.


  Durante três anos tive de me relacionar com a mais indecente mediocridade "humana", Isabel Soares, Rogério Pinto e toda a "equipa" associada, acredito que possas não saber a dimensão que estas "ciaturas" podiam atingir...


 Digo-te, muito sinceramente, as relações que estabeleciam com quem necessitava dos serviços municipais, como é o caso da Associação de Pescadores , que represento, eram de uma pobreza humana e de uma mediocridade, aflitivas!


 O desrespeito pelas nossas necessidades e a deselegância (para referir, o minímo), com que se dirigiam a nós, era escandalosa!


 Hoje, ou , actualmente, tudo mudou, de facto, tudo mudou, se tu não estás, ainda, convicto disso, talvez seja por não precisares tanto dos serviços do nosso município quanto os pescadores de Armação de Pêra precisam, aí esta a grande diferença!


 Cumprimentos,


 Associação de Pescadores de Armaçãoi de Pêra


 Tânia Oliveira
Sem imagem de perfil

De António Duarte a 05.01.2014 às 22:12

Ainda bem que, para vocês, tudo mudou. Acredito que, apesar das dívidas, é possível melhorar a vida das gentes mais carenciadas deste concelho, desde a "serra até ao mar" como, muito justamente, dizia o slogan eleitoral da CDU. Isso passa, em minha opinião, por ajudar a dinamizar e valorizar a vossa pesca e a agricultura, nomeadamente a familiar, que não usa trabalho trabalho (escravo?) imigrante...

Comentar post





Comentários recentes

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...

  • Lucas

    Eu cá gostava mais das entrevistas do Serpa, reple...