Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Comentários recentes

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...

  • Lucas

    Eu cá gostava mais das entrevistas do Serpa, reple...





BTT - Não são muitas as vezes em que Messines é noticia pelas melhores razões e por isso achei por bem dedicar parte do texto deste mês a uma dessas ocasiões. Falo-vos do estrondoso êxito que foi a Maratona BTT organizada pela ExtremoSul. Numa palavra: Brilhante!

 

Raramente um evento desportivo agrada a todos. Os que ganham quase sempre gostam, os que perdem quase sempre protestam contra a má organização e os que estão a assistir dividem-se entre um “esteve muito bom” ou um “foi uma porcaria”, passando pelo “já vi melhor”. Neste caso da ExtremoSul todos os que ouvi e li foram unânimes em considerar a organização de fantástica e a prova de muito boa. É por isso caso para todos os messinenses agradecerem ao Ricardo, ao Pedro, ao Rui, ao Peixoto e a todos os outros que organizaram o evento pela óptima imagem que deram à vila e ao concelho.

 

Importa também realçar o apoio que a Câmara Municipal, a Junta de Freguesia e a Caixa Agrícola deram ao evento. A presença da presidente da câmara na hora da partida justificou-se plenamente e conferiu ao evento a dimensão concelhia… Vamos ver se para o ano temos a Governadora Civil.

 

Lançando a “bicadinha” do costume: apenas resta dizer que para tudo ter sido perfeito, perfeito… só faltou o jardim municipal estar pronto a tempo de receber o evento. Já se sabe que perfeita, perfeita só mesmo a tal cerveja que o Bruno Nogueira anuncia. Vamos ver se na 4ª maratona já temos jardim…

 

REN – Seria incontornável não falar nos cabos de Muito Alta Tensão que ameaçam os telhados dos habitantes de Vale Fuzeiros. Trata-se de outro assunto na “berra” que colocou a freguesia e o concelho em destaque pelas piores razões. Pessoalmente parece-me que, à semelhança de outros casos, se tem feito muito “barulho” e avançado muito pouco. Mais uma vez transformou-se o caso numa questão política que serve para os partidos cá da terra - e os dois precoces candidatos à Câmara - se “acotovelarem” na tentativa de sair bem na fotografia.

 

Sou completamente contra o traçado apresentado. Por todas as razões que o leitor já conhece e por mais uma que, provavelmente, também já lhe terá passado pela cabeça: fará sentido desviar uma auto-estrada, ou uma ponte, por causa das alterações provocadas pelo ruído e poluição no ecossistema de espécies animais - tendo por isso custos mais elevados - e em seguida colocar 220 KV por “cima das cabeças” de homens, mulheres e crianças? Para mim não faz sentido quando, com menos lucros para os accionistas da REN, se poderia “preservar a nossa própria espécie” desviando para norte a linha de Muito Alta Tensão.

 

GNR – O Ministério da Administração Interna está a remodelar e a reequipar as forças de segurança já há algum tempo. Sendo do conhecimento geral que aos militares da GNR não assiste o direito de reivindicar seja o que for julgo que temos, na qualidade de interessados, o dever de ser nós a chamar a atenção para as evidentes carências evidenciadas pela GNR de Messines ao nível de equipamento e infra-estruturas. Olhemos por exemplo o “parque automóvel”: Supondo que a patrulha está no Mouricão e ocorre um assalto na Azilheira… tenho para mim que aqueles jipes, mesmo “prego a fundo”, chegariam ao local do assalto mais ou menos à mesma hora que os assaltantes chegavam à Cova da Moura.

 

A zona de acção da GNR de Messines abrange perto de 15.000 pessoas e duas imensas freguesias – São Marcos da Serra e Messines – sendo que muitos desses habitantes vivem isolados e perigosamente expostos a todo o tipo de “bandidos” e indivíduos sem escrúpulos. Não basta por isso uma “pistola” a cada militar e um “colete à prova de bala” por posto para dizer que se “reestruturou por completo” as forças de segurança em Portugal.

 

JFM – É, no mínimo, curioso que numa terra com 2 Museus e várias instituições dedicadas à cultura seja a Junta de Freguesia a dedicar-se à promoção e realização de eventos culturais de interesse. Não me vou pronunciar sobre o trabalho do presidente da Junta noutros domínios, mas no campo da cultura o José Vítor tem feito um trabalho notável. É caso para perguntar se em vez de museus não deveríamos construir e inaugurar… novas Juntas de Freguesia?!

In. Terrra Ruiva - Outubro de 2007

Autoria e outros dados (tags, etc)


4 comentários

Sem imagem de perfil

De Manuel Castelo Ramos a 26.10.2007 às 00:49

Em todos os outros assuntos que trata estou consigo em opinião. Agora, e não tenho problemas em o dizer, acusei o toque no que diz respeito a Vale Fuzeiros e ao "acotevelanço" que diz ter mantido com Carneiro Jacinto. Mas não o quis continuar agora, embora me indignasse este último post sobre Vale Fuzeiros que nem comentei. Acabo por desabafar aqui. Agora a este seu entendimento da coisa já não resisti a responder. Acha que manifestar a minha opinião de que a sua (dele) intervenção é no mínimo pouco ortodoxa e foi, e ainda é negativa, expressando-a sem qualquer problema ou pretensão eleitoralista é guerrilha partidária? Fiquemos calados então, ou sujeitos a uma nova mordaça, agora mais psicológica do que doutro tipo! Mas aí viriam outros dizer que estava calado. Enfim, preso por ter cão....
Basta ver o último post do único "precoce candidato", a quem o senhor já tanto louvou, para isso constatar. Como é que alguém, que eu saiba sem qualquer posição institucional concelhia (por enquanto, não lhe quero limitar a carreira) tem em sua posse (e, pior, ainda o divulga) um despacho do secretário de estado do ambiente que embora seja dirigido a várias entidades ( enão vi lá o seu nome), nem sequer o foi à CMS. Temos interlocutores privilegiados no concelho?
Ou temos porta-voz do Secretário de Estado no concelho?
Pensemos nisso, antes de reduzir as coisas à partidarite, sempre que alguém diz o contrário...
Cumprimentos.
Sem imagem de perfil

De Maria Portugal a 26.10.2007 às 11:49

Querido Paulinho,

Você - não há dúvida - até escreve bem, querido. Mas isso não chega, desculpe que lhe diga.

Deixe que lhe diga que a boa propaganda, como ilustra este seu blog, deve passar as mensagens subliminares entre argumentos que qualquer pessoa possa considerar medianos. É o que o querido Paulinho faz! Mas, olhe, que não é a passar a mão pelo "Servir-se de Silves" que algumas vez conseguirá que lhe seja reconhecido o mérito, querido.

Dói só de pensar na desilusão que você terá, doce e naif Paulinho...

Beijocas detas que o estima
Imagem de perfil

De Paulo Silva a 26.10.2007 às 12:12

Estimada Maria Portugal,

Obrigado pelos "mimos" que me dedica. Aceito sempre uma opinião fundamentada, mas lamentavelmente não consegui ver nenhum fundamento na sua.

De qualquer das formas sempre lhe digo que não tendo nenhum interesse de qualquer espécie no "Servir Silves" assumo o meu apoio ao "blog" e ao seu autor. O que não significa que concorde com tudo o que diz e faz.

Pode é ficar descansada porque a minha condição de "naif" garante que reconhecerei os méritos do Dr. Ramos e até, em casas muito raros, da própria Dra. Isabel Soares sem estar sujeito a qualquer espécie de pressões ou preso a ideais pouco consistentes.

Quanto à qualidade do meu blog... Não estou preocupado. Gosto de escrever umas coisas e não me importa se alguém as lê. Podia era deixar-me o endereço do seu espaço, assim sempre aprenderia a passar as mensagens "subliminares" no meio de textos que, tenho a certeza, seriam de qualidade inatacável.

Um beijinho para si também e esperamos que nas próximas autárquicas as coisas lhe corram bem melhor.

Paulo Silva
Sem imagem de perfil

De Grilo Falante a 26.10.2007 às 23:22

Os comunistas são como os ciganos: metes-te com um, metes-te com todos. Aprende puto.

Comentar post





Comentários recentes

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...

  • Lucas

    Eu cá gostava mais das entrevistas do Serpa, reple...