Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Comentários recentes

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...

  • Lucas

    Eu cá gostava mais das entrevistas do Serpa, reple...





Embora entenda a intenção, não concordo com a medida do Governo de permitir obras sem concurso público até aos 5.000.000 de euros.

Num país perfeito grande parte dos presidentes de câmara optaria por continuar a realizar concursos públicos, mesmo sabendo que não eram necessários, por uma questão de seriedade, independência e transparência. Em Portugal os presidentes de Câmara eleitos por partidos da oposição são contra esta medida mas vão usá-la sem qualquer escrúpulo.  Os do PS vão também usá-la mas com a agravante da “consciência pesada”, do saber que estamos a fazer uma coisa pouco séria. É assim a nossa política.
Entende-se que seja necessário colocar dinheiro na economia, o que não se entende é que mais uma vez sejam as empresas que investem nas “relações promíscuas “ com o poder político a beneficiar em detrimento daquelas que investem nos seus recursos humanos, na sua estrutura e no seu valor. É uma vergonha, é escandaloso e é imoral.
Em Silves esta medida cai que nem uma luva. A “tendência” já estava instalada e agora tem cobertura legal pelo que todos os empresários que não contribuam para a “máquina” podem começar desde já a pensar em arranjar nova actividade. Vai ser um verdadeiro “regabofe”.
Tudo isto é muito sério e agora, mais do que nunca, a oposição tem que estar atenta e denunciar o que ai vem. Contamos com o PCP e com o BE para essa tarefa.

Autoria e outros dados (tags, etc)


5 comentários

Sem imagem de perfil

De céptico a 10.01.2009 às 17:17

Agora é que toda a família Soares se vai acabar de encher. Vai ser uma corrida a criar empresas para mamar.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 11.01.2009 às 21:00

Bom ano novo
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 14.01.2009 às 20:11

Junta-se a fome com a vontade de comer.
Sem imagem de perfil

De voltaire a 14.01.2009 às 21:47

É impressão minha ou o camarada anda a tentar fazer as pazes com o bloco de esquerda? Não me diga que também é alegrista convicto?
Imagem de perfil

De Paulo Silva a 14.01.2009 às 22:42

Voltaire,


Não sou “alegrista” e confesso que o personagem me irrita. A história do milhão de votos está muito mal contada e não acredito que volte a repetir algo do género. Convém não esquecer que em jogo pelo PS estava Mário Soares, visto por grande parte da população como uma “peça” do passado, e Cavaco Silva, visto pela esquerda como um primeiro-ministro que “reinou” no tempo dos biliões da comunidade europeia (com a economia de todo o Mundo a bater recordes de crescimento). Se em vez de Manuel Alegra concorresse a “Popota” a diferença não seria muita.

Quanto ao BE… não gosto do discurso de louça mas reconheço que em Silves o seu líder tem feito um bom trabalho. Basta comparar o trabalho visível com o de outros partidos, com outras responsabilidades e outros meios para concluir que “mais faz quem quer do que quem pode”. Se tem dúvidas clique aqui (ou ali no link do BE Silves) e veja.

Comentar post





Comentários recentes

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...

  • Lucas

    Eu cá gostava mais das entrevistas do Serpa, reple...