Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Comentários recentes

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...

  • Lucas

    Eu cá gostava mais das entrevistas do Serpa, reple...





 

A propósito das dificuldades vividas na Alicoop dizia-se num outro blog que a situação era previsível e que os funcionários há muito que deviam ter-se preocupado em arranjar trabalho “nos concelhos desenvolvidos”!!! No mesmo concelho em que se “classifica” o Algoz de “vila moderna” (sem desprimor da minha parte para a boa gente daquela freguesia) há quem defenda que os trabalhadores de uma empresa “privada” deviam arranjar “emprego num concelho desenvolvido”?!!!
Dizia um tal de “Barrak Abana”, no post anterior, que tudo gira em torno da (são as palavras dele) dicotomia “grande cabra” / “grandes cabrões”… até poderá ter razão. Mas será que existe alguém, a não ser a presidente da câmara, que tenha a coragem de classificar o Algoz de “vila moderna” e ao mesmo tempo olhar nos olhos as pessoas que lá vivem?!
Quem já leu (ou passou os olhos) pelo PEDS (Plano Estratégico para o Desenvolvimento de Silves), recentemente apresentado pela presidência da câmara, sabe bem está ali uma mão “cheia de nada”. Páginas e páginas de “conversa oca” (muita dela seguramente plagiada) que procuram trazer para Silves os modelos esgotados, fracassados e desastrosos testados já em muitos outros concelhos. Tem sido assim há 12 longos anos… sempre que se aproximam eleições lá aparecem os “pilares fundamentais” sobre os quais assenta um concelho “fulgurante e moderno”… tudo “balelas” desprovidas de qualquer base ou intenção séria. Tudo “sentenças” proferidas pela mesma fonte (e com o mesmo grau de credibilidade) que classifica o Algoz de “vila moderna” ou que promete “Silves – o melhor concelho da Europa” (esta última na sequência da “Sevilha do Algarve” e do mais recente “melhor concelho do Algarve”).
Mas desengane-se quem pensa que esta “insensatez aguda” se fica pelos “paços do concelho”… porque o fenómeno estende-se a cada metro quadrado pelas mãos de presidentes de junta “à antiga”, para os quais o importante é alcatroar uns caminhos, gerir o cemitério e arranjar uns nomes “porreiros” para as ruas das localidades. Muitos são homens que não concebem que o trabalho de um presidente de junta possa ser “vender” a sua freguesia!!! Vender no sentido de lhe dar visibilidade, de criar oportunidades de negócio, de posicionar a freguesia no mercado global, de mudar as “mentalidades” derrotadas dos seus munícipes…
Será que já alguém se perguntou porque razão em vez de se organizar exposições artísticas com convidados “pomposos” não se organizam “workshops” temáticas e se convidam empresários e profissionais liberais de sucesso a partilhar com as pessoas de cada freguesia o seu positivismo e entusiasmo?! O que fará mais falta às nossas freguesias: “Picassos e Saramagos” ou positivismo, confiança e sucesso?! O que chamará mais a atenção dos nossos “miúdos”, um excelente e típico livro sobre como “Meter amêndoas dentro de um figo” ou uma demonstração cabal na primeira pessoa sobre as oportunidades, tendências e orientações dos mercados de trabalho?!
Na minha opinião “os livros” (e todos os figurativos) são importantes… mas infelizmente quem de facto se interessa por eles tem que ter primeiro condições pessoais e materiais que lhe permitam apreciá-los. É isso que urge fazer e é a ausência desse espírito que me leva a ponderar se tenho, ou não tenho, condições e vontade para fazer melhor. A pensar nisso me fico...

Autoria e outros dados (tags, etc)


11 comentários

Sem imagem de perfil

De António Guerreiro a 12.08.2009 às 15:59

Caro Paulo Silva
Na política não basta ter ideias é preciso ter apoios. Como sabes fui candidato pelo PS numa altura em que ninguém mais esteve disponível, nem o putativo candidato Carneiro Jacinto, nem outras pessoas (do PS e independentes) que foram (e são) candidatos. Estávamos em 2001, Isabel Soares estava no apogeu da sua primeira vitória, era amiga de figuras locais (de Messines) do Governo, a mulher presidente admirada no Algarve e pelo Presidente da República Jorge Sampaio (e mulher). O próprio primeiro-ministro António Guterres me disse tratar-se de uma tarefa muito complicada. O camarada António Pina (presidente da Mesa da Federação) achava que tínhamos que fazer um esforço para não perder por muitos. O Apolinário não tinha outra alternativa. Era tudo muito difícil, mas dei a cara e fui candidato.
Os resultados do PS a nível nacional foram desastrosos (e os meus também), o que levou à demissão do primeiro-ministro e à vitória do PSD. Não esperava tanta ingratidão, mas à classe política só interessa os medíocres lambe botas, mas nem o PS a nível local percebeu o papel que eu desempenhei, nem a nível regional ou nacional tiveram um simples gesto de agradecimento. Felizmente não preciso da política para nada. Tenho um emprego que só depende o meu mérito profissional, remunerado como o de um vereador a tempo integral. Fiquei cansado, mas a minha pessoa ficou como estava, integra (apesar dos resultados). Aqueles que não gostavam de mim continuaram a não gostar (é a vida), mas muito mais gente me identifica com a política. Tenho sido marginalizado no Partido Socialista, como sabes, porque tenho ideias próprias e não deixo de apoiar as soluções que acho melhores. Não estou envolvido em qualquer teia de interesses económicos ou sociais. Não tenho de arranjar emprego para ninguém, nem tenho um terreno para construir, uma loja para abrir, nem aquele favor, etc. Por isso sinto-me livre e escrevo aquilo que quero, onde quero e como quero.
Mas decidi escrever-te aqui no blog por dois motivos: (1) porque acho interessante a tua disponibilidade apesar de por vezes dares o corpo às balas sem justificação (um militante do PS não apela ao voto no BE) e (2) dizer-te que devemos seguir o nosso coração também na política. Porque acima de tudo, alguns nunca foram candidatos porque nunca ninguém os convidou para tal. Mesmo algumas figuras que aparecem muito nesta lides (os famosos números dois) e apresentam algum protagonismo, nunca tiveram os apoios suficientes para serem cabeça de lista a nenhum órgão. Por isso aconselho-te a ires pelo teu coração nessa decisão, porque não vale a pena estares acreditando que algo muda e que por dentro… não sei quê… Paulo não deves ler nestas palavras qualquer indicação para uma decisão, mas segue o teu coração.
As oportunidades são o que são e às vezes é necessário ir atrás das nossas ideias e não ficarmos presos a lógicas partidárias. Neste momento já tens pessoas de todos os partidos locais a fazer contas para 2013 – o ano em que Isabel Soares já não pode concorrer, mas algumas delas nunca serão candidatos (de primeiro plano) porque nem serão convidadas nem têm capacidade para organizar uma lista independente. Por isso te digo, se tens vontade e foste convidado e achas que podes dar o teu contributo, deves avançar e empenhar-te dignamente a defender as ideias que te parecem mais correctas para a tua localidade.
António Guerreiro
Imagem de perfil

De Paulo Silva a 12.08.2009 às 16:24

Obrigado António,

Se bem te lembras também fui contigo a votos nessas eleições. Fiquei de facto muito contente pelo teu comentário e pelos teus conselhos... muito mais do que possas imaginar.

Um abraço,
Paulo Silva
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 12.08.2009 às 16:16

Senhor Paulo Silva,
Não posso estar mais de acordo coim o que diz, face a tanta pantominice pronunciada pela velha candidata a Presidente.
Para além de tanta irregularidade já cometida e de tantas ilegalidades, ainda temos que aturar toda uma verborreia balofa e ofensiva da nossa condição de cidadãos conscientes?
Mas, não será possível que os munícipes entendam e alterem de vez esta situação, mandando essa senhora para casa, no próximo acto eleitoral?.
Garbanzo Blanco
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.08.2009 às 16:02

Eu vou ser muito frontal no que vou dizer até porque acho que é assim que se deve de agir perante o que aqui se escreve.
Acho uma pouca vergonha muito do que aqui se diz, ainda para mais o Sr. Paulo faz parte do PS e depois vem apelar ao voto noutros partidos, vai escrever no blog da Dra. Lisete que o Facebook e companhia são o caminho certo, como que a dar uma palavra amiga e a apoiar a Sra. e depois falar mal dela e por ai fora.
A mim parece-me que o Sr. Paulo é uma personagem um tanto ou nada confusa, que não sabe o que quer, ou melhor, ate sabe, mas como ninguém lhe liga, anda as apalpadelas a ver se alguém lhe joga a mão, velha lá ela de onde vier, e por isso, é que tanto apoia uns como os outros, e tanto critica uns, como os outros.
Uma coisa é certa, há por ai muito tempo livre e sem nada para se fazer para se poder estar assim tão atento e estar sempre aqui a escrever.

A mim até me dá vontade de dizer a vocês todos e em especial ao Sr. Paulo, uma frase ao estilo dos Contemporâneos, "Vai mas é trabalhar, vai fazer algo de útil para a sociedade"

Acordem para a vida, deixem-se de tristezas como esta e se gostam realmente do concelho de Silves, então toca a fazer alguma coisa boa para o concelho em vez de se perder tempo desta forma, ainda para mais tempo é um dos recursos mais escassos que temos e mesmo por ele ser escasso é que é a 1ª vez que aqui escrevo e certamente será a ultima.

Alias, já nem venho aqui mais, porque aqui meus amigos, não se aprende nada, pelo contrário, ficamos é mais parvos ao ler tanta parvoíce.
Imagem de perfil

De Paulo Silva a 13.08.2009 às 17:34

Obrigado pelo seu comentário, convenientemente anónimo...

A sua opinião fica registada mas permito-me fazer uma só observação:

- O comentário que aparece no site da Dra. Lisete Romão foi feito por mim (confirmo isso) em Junho, numa altura em que eu próprio estava convencido que ela estaria no "bom caminho"... é estranho que só tenha sido colocado agora e logo no topo da página. São truques para enganar "totós"...
Sem imagem de perfil

De socialista com memória a 20.08.2009 às 00:52

é preciso que não minta. não faça dos outros tótós ". Foi precisamente em 31 de Julho que deu os parabéns à Dra LIsete Romão pelo site, twitter.etc . A verdade das coisas é importante para sabermos todos com quem lidamos.
Sem imagem de perfil

De Antonio Teixeira a 14.08.2009 às 02:22

Pensando bem as palavras deste anónimo até fazem algum sentido no que toca ao Paulo...
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Pensando bem as palavras deste anónimo até fazem algum sentido no que toca ao Paulo... <BR class=incorrect <a name="incorrect">senao</A> </A>vejamos: <BR>- pertencia ao núcleo socialista de Albufeira, não conseguiu sucesso - muda para o de Silves <BR>- tenta ver se consegue alguma vaga aqui em Silves ou Messines, ninguém lhe liga meu caro amigo , logo <BR>- apoiar um tipo qualquer de outro partido que lhe dê alguma "trela" (se é que o chega a dar) <BR><BR>Paulo não desista, isto das eleições acontece todos os 4 anos, para a próxima pode ser que precisem e agradeçam os seus esforços em prol do Município Silvense
Sem imagem de perfil

De Antonio Teixeira a 14.08.2009 às 02:26

(tentei corrigir a ortografia e o comentário ficou todo partido por isso cá vai novamente)

Pensando bem as palavras deste anónimo até fazem algum sentido no que toca ao Paulo...
Senão vejamos:
- pertencia ao núcleo socialista de Albufeira, não conseguiu sucesso - muda para o de Silves
- tenta ver se consegue alguma vaga aqui em Silves ou Messines, ninguém lhe liga meu caro amigo , logo
- apoiar um tipo qualquer de outro partido que lhe dê alguma "trela" (se é que o chega a dar)

Paulo não desista, isto das eleições acontece todos os 4 anos, para a próxima pode ser que precisem e agradeçam os seus esforços em prol do Município Silvense
Imagem de perfil

De Paulo Silva a 14.08.2009 às 11:58

Caro "António Teixeira",

As palavras do anónimo fazem sentido porque FOI VOCÊ QUE AS ESCREVEU!!! Sabe que os ips não mentem....

Em relação ao que diz... estou-me "borrifando". Sabe que hoje em dia é tão normal as pessoas se interessarem pela politica para depois se servir do concelho que quando alguém se interessa genuinamente em servir o concelho parece deslocado.

Ainda bem que acha que tudo está bem no concelho, no PS Silves e na politica local... é sinal que só eu é que estou mal e se assim é... óptimo.
Sem imagem de perfil

De Antonio Teixeira a 15.08.2009 às 22:28

Gostei do seu Bluf em relação ao IP e vou-lhe dizer o porquê de ser mesmo bluf, não fui eu que escrevi o primeiro comentário como anónimo entende, por isso esta do IP foi uma tirada muito infeliz. Infeliz e identica a muitas outras por sinal.

Se algumas colam, essa não colou!
Imagem de perfil

De Paulo Silva a 16.08.2009 às 23:42

Prezado Teixeira,
Não foi bluff, foi um lapso mesmo. Por engano olhei para o seu primeiro comentário (o que tinha o problema nas linhas) e como vi dois IPS iguais meti na cabeça que algo errado se passava. Peço pois desculpas e dou-lhe a razão nesta questão. Nas outras continuamos a ter opinião diferente… Faça o favor de vir cá mais vezes e de apresentar os seus pontos de vista… viva a democracia!

Comentar post





Comentários recentes

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...

  • Lucas

    Eu cá gostava mais das entrevistas do Serpa, reple...