Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Comentários recentes

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...

  • Lucas

    Eu cá gostava mais das entrevistas do Serpa, reple...





Como sempre por más razões a nossa vila volta a figurar nos jornais nacionais. Ainda o Jardim nem foi inaugurado e já há quem peça que se manda abaixo e se faça de novo. Já aqui tinha falado naquela vergonha mas, como sempre, será preciso que alguém se aleije (ou coisa pior) para que se faça alguma coisa. Aqui fica a notícia e o link:

 


S. B. Messines: Crianças aproveitam espelho de água junto a escola

Banhos de risco em jardim público

O novo jardim municipal – ainda por inaugurar em São Bartolomeu de Messines, Silves – tem um lago com cerca de 20 metros de comprimento que é usado por crianças para banhos. O perigo de queda, afogamento e contaminação é real, mas nenhum sinal de alerta ou proibição existe naquele equipamento público mesmo em frente a uma escola EB 2,3 .

"Só falta o nadador salvador", comenta Fernando Manuel, proprietário de um bar junto do jardim onde o pequeno lago foi enchido há cerca de cinco semanas e terá cerca de 80 centímetros de altura de água. O empresário denuncia a falta de avisos a proibir os banhos e salienta que "fazer um jardim com mármores em arestas vivas, em muros baixos, é um perigo".

O presidente da Junta de Freguesia de S. B. Messines já alertou a autarquia para o perigo. "Não é difícil uma criança afogar-se ali", diz José Vítor Lourenço. A delegada municipal de Saúde visitou o local esta semana. "Fiquei abismada, perplexa. Há um tanque sem avisos, sem resguardos, com água que parece conspurcada e com crianças a mergulhar. Há risco de contaminação, de traumatismo e de afogamento", diz Lisete Romão.

A presidente da Câmara de Silves admite já ter sido alertada. "Fui lá e não vi nada", alega Isabel Soares, admitindo que "se não foi só um momento, temos que colocar um sinal".

Paulo Marcelino

 


In Correio da Manhã - 27/08/2009

 

Já agora, e à posteriori, ressalvo que me parece pouco ético este duplo papel que tem desempenhado “a delegada de saúde local”. Ficar-lhe-ia muito bem que, numa circunstância em que é candidata à presidência do Município, se dignasse a pedir a suspensão das suas funções como delegada de saúde. Se a ideia é ser diferente e primar pela competência e honestidade o melhor é demonstrar que isso significa mais do que palavras para colocar em outdoors. É apenas a minha opinião, que tal como na questão das “cores” terá o valor que cada um lhe quiser atribuir.

Autoria e outros dados (tags, etc)


17 comentários

Sem imagem de perfil

De INFARMED a 27.08.2009 às 15:58

Da maneira como gosta de Messines palpita-me que a presidente Isabel Soares resolverá o problema colocando crocodilos no tanque.
Sem imagem de perfil

De atirar areia pros olhos do povo a 27.08.2009 às 17:52

Posso saber o que é que o Senhor presidente da junta e Sra Drª lisete romão anadarama fazer estes últimos quatro anos? que aprovaram e permitiram este jardim?
estamos cegos ou querem atirar-nos areia prós olhos.
Sem imagem de perfil

De Maria dos Prazeres a 28.08.2009 às 01:10

Bem, é caso para dizer que só temos o que merecemos. Há quatro anos atrás o executivo PSD, em vez de apresentar obra feita, colocou uns out-doors a anunciar aquilo que iria fazer nos próximos quatro. Mesmo assim, deve ter sido para premiar a originalidade, pela 1ª vez, a Dra. Isabel Soares, ganhou na freguesia de Messines.
Passado este mandato concluimos que, das várias obras prometidas nos out-doors, a única que poderá ser finalizada (porque ainda não o foi), é o referido jardim(?). Ora, não basta fazer-se pouco, faz-se pouco e mal (para não utilizar outros adjectivos).
Mas não nos podemos queixar, afinal não foi na Dra. Isabel Soares que os Messinenses depositaram a sua confiança, depois de quatro anos sem mexer uma palha em Messines?
Será que há alguém que não sabe o estado caótico em que estão as finanças da Câmara?
Será que há alguém que não se interroga se serão necessários oitocentos e tal funcionários para a CM Silves ter o funcionamento que tem?
Será que há alguém que não se interroga sobre a forma como muitos desses funcionários foram admitidos?
Será que há alguém que desconhece o nível de desenvolvimento dos Concelhos vizinhos de Lagoa, Albufeira e Loulé, entre outros e não se interrogue porquê o de Silves estar como está?
Haverá alguém que, tomando esta consciência, ache que o principal responsável é outro que não a Dra. Isabel Soares?
É lamentável que, no fundo, saibamos que é necessário mudar e, não se mude nada.
A expressão "fui lá e não vi nada", utilizada pela Dra. Isabel Soares ao Correio da Manhã, revela um "deixa andar" que, tristemente, nos recorda outros acontecimentos recentes. Esperamos que, neste caso, não aconteça nada de mal e que não vejamos a Dra. Isabel Soares a desculpar-se com...o Instituto de Socorros a Naufragos ou outro, porque, não sei se já repararam, a responsabilidade nunca é dela.
Relativamente à Dra. Lisete Romão, também acho que anda a misturar "alhos com bugalhos" e no final vai chegar à conclusão que não o devería ter feito. Só que...vai ser tarde de mais.


Sem imagem de perfil

De Anónimo a 28.08.2009 às 01:26

É isso Paulinho. Pode doer-lhes mas pelo menos tu dizes-lhes as verdades. Abraço.
MC
Imagem de perfil

De manuelfernandes9 a 28.08.2009 às 05:56

O Correio da Manhã não adivinha o que se passa em Messines
e a noticia não apareçe por acaso.Coitado do Fernando que foi apanhado pelo meio ao prestar declarações (se calhar nem vendeu mais uma bica) e a própia delegada de saude nem percebo quais são os criterios de avaliação do perigo publico da situação.Em relação aos comentários do presidente da junta prefiro não fazer comentários...Tudo muito lamentável e nem acredito que as palavras de Isabel Soares sejam reais...
MAU JORNALISMO ou seja Correio da Manhã igual a si próprio
Sem imagem de perfil

De Barrak Abana a 28.08.2009 às 08:57

Caro Manuel, o problema não está em saber como é que o Correio da Manhã foi informado. Quando este publica uma peça sobre uma situação noutra localidade certamente terá sido informado da mesma forma que o foi aqui.
Estamos a escrever sobre algo que está mal e representa perigo para as crianças que por lá andam.
Ao mesmo tempo permita-me tecer algumas considerações ao que escreveu.
O Fernando é coitado porquê? Porque constatou um facto? Facto esse que é visível aos olhos de todos os que por lá passam. O Manuel já leu o que escreveu? O Fernando foi apanhado, O Correio da Manhã é um mau jornal, o José Vítor e a Lisete Romão tiveram uma atitude inqualificável, mas a Isabel Soares... a Isabel Soares mais uma vez foi enganada, a pobrezinha, e de certeza não disse nada daquilo. Eu até acho que ela se zanga se souber que construíram aquela coisa em Messines! Eu até acho que ela nem sabe bem onde fica Messines!
Relembro que estamos a falar daquela que foi a ÚNICA MISERÁVEL OBRA que se fez em Messines NOS ÚLTIMOS 4 ANOS.
Por isso, o caro Manuel pode ser o fã nº 1 da Isabel Soares mas as coisas que estão à frente do nariz de toda a gente e que estão mal...de mal não passam.

Cumps.
Sem imagem de perfil

De areia pros olhos a 28.08.2009 às 11:38

Volto a Perguntar , onde estiveram josé vitor e lisete romão nestes ultimos 4 anos que permitiram esta obra?
tão culpado é quem faz , como quem permite que se faça.
Por isso pergunto com que legitimidade falam sobre este assunto?
Imagem de perfil

De manuelfernandes9 a 29.08.2009 às 00:34

Se não compreende o super-objectivo das minhas palavras
não tenho culpa.Acho curiosa a interpetação que dá a este pequeno comentário pois fique sabendo que sou amigo do Fernando desde sempre,não tenho segredos para o José Vitor
e admiro a Dr Lisete,chamo a isto amor firme.
Adorava ser o fã n.1 da Dr Isabel Soares mas ela não me acha muita piada
Sem imagem de perfil

De Barrak Abana a 29.08.2009 às 01:09

Ó Fernandes, se isto é ironia então tem que começar a escrever, no fim dos seus textos, o famoso "estava a brincar". É que, à vista desarmada, o objectivo das suas palavras não é super , mas sim algo transcendental. No entanto prezo a "chuva de amor" do último post . A falta de estima da Isabel Soares deve ser encarada como motivo de orgulho.

Hasta la vista.
Sem imagem de perfil

De Tonnyy a 29.08.2009 às 01:19

Pôrra Manuel, esqueceste-te do Serpa!!! Isso não tem perdão. Vais pagar caro foi um lapso grave.
Sem imagem de perfil

De Cão Guru a 30.08.2009 às 01:06

Ó Manel, tens um sentido de humor do catano!! Devias ir ao poligrafo. Eu acho que o que escrevestes é verdadeiro e agora dizes que não.
Sem imagem de perfil

De a_ver a 28.08.2009 às 15:16

Incompetência!! A Drª já todos sabem, não vale a pena dizer mais nada, já saber que Messines pertence à freguesia é obra feita nestes 12 anos... Depois estão presentes o Sr. Vitor que poderia ter falado com o "correio da desgraça" quando o jardim estava a ser feito, ou antes, quando estava em fase de aprovação e resolveu andar a adocicar a Drª com festas aos ilustres ou com ilustres festas. A D. Lisete/Dr. Serpa andavam ocupadíssimos a fazer oposição nos seus gabinetes!! (vem desmentir ó Catatau), NINGUÉM pode saber que a malta anda lá a banhos.
Grande noticia...
Sem imagem de perfil

De SS a 31.08.2009 às 01:39

Pergunto-me se um sinal de aviso impedirá uma criança de brincar no lago. Há que haver bom senso também por parte dos pais das crianças. Na hora de apontar o dedo, todos se esquecem que as crianças saíram de casa de calções de banho para dar uns mergulhos sem que tivesse havido oposição por parte dos progenitores.
Sem imagem de perfil

De INFARMED a 31.08.2009 às 12:30

Volto a insistir que os crocodilos resolviam a questão.
Sem imagem de perfil

De Barrak Abana a 01.09.2009 às 01:31

Ó SS, tem toda a razão, nem sei porque é que existem sinais de trânsito, semáforos, sinalética de emergência nos espaços públicos, etc... Não sei qual foi o burro que inventou essas coisas!!!
Realmente é incompreensivel.
Sem imagem de perfil

De SS a 11.09.2009 às 04:36

Ó BARRAK ABANA, pode ler-se no meu comentário que tem de “haver bom senso TAMBÉM por parte dos pais das crianças.” Ora, se "TAMBÉM" é sinónimo de igualmente, guarde lá a ironia para si porque dali não se retira o meu acordo quanto à falta de sinalização.
Quanto ao burro que criou isso tudo… provavelmente foi o mesmo que criou o dever de garante. Que legislador tão malvado!
Sem imagem de perfil

De Barrak Abana a 12.09.2009 às 16:53

SS, adivinhe lá qual será o perfil socioeconómico dos pais da maioria das crianças que frequentam as referidas "piscinas"!!??
Apelar ao seu bom senso é o mesmo que dizer, por exemplo, "que é feio roubar" ou "se conduzir não beba". Fica bem... mas não dá em quase nada.
Para evitar que algo de grave aconteça há que colocar a sinalética que, até agora, é inexistente e reduzir a profundidade do tanque.
Se quer ficar à espera que estes pais eduquem as crianças em questão, é bom que espere sentado (e olhe que eu sei do que estou a falar). De resto, e para não ser injusto com vários pais que desconhecem que os seus filhos saem de casa para "dar umas braçadas", devo-lhe dizer que até mesmo em Messines é normalíssimo, num dia de verão, as pessoas usarem calções, chinelos e t-shirt. Não me parece que exigir que as crianças usem outro tipo de vestuário funcione como medida preventiva.
Até devia ser engraçado, num dia, como em muitos, com cerca de 35/40 graus, o pai da criança dizer: "de calções e chinelos??? tu queres é ir para o lago, meu malandro!!!! Vai lá vestir o blusão e calça as botas que a mim não me enganas tu!!!!"

Comentar post





Comentários recentes

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...

  • Lucas

    Eu cá gostava mais das entrevistas do Serpa, reple...