Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Comentários recentes

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...

  • Lucas

    Eu cá gostava mais das entrevistas do Serpa, reple...





 

Sobre o assunto da Central de Lamas reuni alguns links de interesse que podem ajudar à discussão:
No site da Junta de Freguesia de Messines foi publicada uma menção ao assunto (têm que puxar a página até ao Edital da CMS)
publicado a 24 de Julho de 2008
No site do Bloco de Esquerda foi publicada, a 23 de Setembro de 2008, a seguinte notícia
Notícia da Algarve FM, a 2 de Outubro de 2008
Temos também este documento da CMS sobre o assunto (PDF):
publicado a 10 de Outubro de 2008
No Jornal Barlavento saiu a seguinte notícia
a 7 de Novembro de 2008
A 29 de Junho de 2009 saiu no Correio da Manhã
O site do PCP também falava do assunto em Fevereiro de 2009 (PDF) (Página 3 à direita)
Mais um documento da CMS (Word) (Página 8, 2º parágrafo)

Parece-me que existe aqui "pano para mangas".

Autoria e outros dados (tags, etc)


6 comentários

Imagem de perfil

De ccor a 09.10.2009 às 11:03

Após este ultimo post do Paulo Silva e, juntando o que foi sendo discutido no post anterior, considero-me finalmente esclarecido sobre o imbróglio das lamas que vêm aí para ficar.

1-A dita central foi mais ou menos imposta pelo PSD e IS, uma vez que a tudo foi feito para fazer passar o projecto na reunião da CM de forma encapotada.

2-O PS foi comido ou actuou de forma conivente. Pelo que percebi votou a favor de uma primeira vez e depois não teve opinião. Salvou-se o Zé Vitor, mas também só faltava essa.

3-O Bloco foi também na cantiga, votou contra é certo, mas talvez tivesse sido mais avisado tentar, como clama a CDU inviabilizar a reunião provocando a falta de quórum.

4-Salva-se a CDU. No meu entender pecou por não ter alertado a população do que se estava a passar. Quanto a mim os argumentos da Tânia Mealha quanto a este aspecto não colhem. O papel de uma força política não é esperar que toda uma população esteja alerta para tudo o que se passa na CM. Isso seria o ideal, mas sabemos que não é o que se passa, se tal fosse verdade para quê gastar dinheiro em campanhas eleitorais.
A CDU pecou, porque deveria ter explicado bem alto e na altura própria o que se estava a preparar. É deste modo que se ganham eleições e se trabalha para defender Messines. Já agora aproveito também para alertar quem de direito na CDU de Messines: tenham mão nessa Aninhas que por aqui anda. A rapariga prejudica mais do que ajuda, 1) ainda não compreendeu que não é com vinagre que se apanham moscas, 2) Não dá uma para a caixa em termos de argumentos válidos para a discussão, 3) é mal educada.

Assim sendo, a minha conclusão é simples. Votar CDU, pelo menos ao nivel local parecem ser os mais preparados para nos defender.
Se continuarem a votar IS então têm o que merecem.

CcoR

PS-Já agora poderia alguém perguntar ao Joaquim Gonçalves, o representante do PSD em Messines e que dantes respondia por outro nome mais prosaico, o que pensa ele da atitude da sua chefe e da localização da dita central? Gostaria muito de o ouvir sobre esta matéria.
Sem imagem de perfil

De Antonio Mendes a 09.10.2009 às 13:36

Caro CCOR
Cumprimento-te pelas conclusões do votar na CDU, como a força k melhor defende os interesses do concelho e das freguesias! Mas..
Quero-te dizer k andar na politica com o desejo de fazer melhor do k está feito.. (por um lado, não é difícil concretizar.. em Messines é difícil fazer pior, visto as necessidades serem tantas e terem aumentado com a crise) é complicado porque as pessoas vêem primeiro as siglas e menos a veracidade dos argumentos.
O João Carlos, com recursos diminutos, andou a divulgar as Lamas pela vila, mas fazem ouvidos de marcador, e ninguém mais se dispôs a fazer barulho!??
É assim k é dificil ter paciência para a ignorância e para o “deixa-andar-até-as-coisas-já-não-terem-mais-remédio-e-depois-choramos”.
Se a Ana foi "agressiva" contigo, foi porque a tua ignorância em relação às Lamas, não é de louvar. Aliás, toda a ausência e desinteresse com o k se passa na sua freguesia, por parte dos Messinenses.. é em parte, o k permite a Zabelinha fazer a MERDA k fez com Messines e ainda ter chances de voltar ao poleiro!!?? Portanto a tua ignorância não te desculpa.
Se tens interesse pelo bem-estar dos teus, dos amigos e dos teus conterrâneos, procura INFORMAR-TE DO K SE PASSA NA TUA VILA, NÃO SÓ EM PERIODO DE ELEIÇÕES.. Para k também tu possas participar, ser vós activa nos interesses da tua vila, independentemente de pertenceres a um partido ou não.
No fundo isto é muito à Kennedy: "Não te perguntes o que a tua vila pode fazer por ti, mas o k tu podes fazer para ajudar a tua vila a SER UM BOM SITIO PARA TODOS VIVEREM!"
Muito obrigado, e deixa-te de bocas foleiras, aos k JÁ FAZEM A SUA PARTE defendendo Messines dos interesses obscuros.
Imagem de perfil

De ccor a 09.10.2009 às 14:56

Caro António Mendes,

Agradeço desde já o teu comentário.

Vamos por partes.

1-Eu disse “..votar CDU...”, não disse que EU ia votar CDU. Infelizmente, tal como tem acontecido nas últimas eleições, não poderei ir votar. Mas se pudesse era o que faria, neste caso foram os menos maus.

2-Além de outras considerações resolves chamar-me ignorante. Deixa-me que te pergunte. Que sabes tu sobre a minha vida, para me achares ignorante ou desinteressado sobre o que se passa em Messines? Já pensaste que apesar de me interessar e de sentir-me messinense, poderei não viver em Messines? Estando por isso impedido de ter conhecimento mais pormenorizado do que se passa, se nem os que aí vivem sabiam bem o que se estava a passar, acusas-me a mim de ser ignorante porque não sabia que a dita estação ia ficar a 1500m da vila?

3-Vens também fazer de advogado de defesa da Ana. Deixa que te diga, estou-me a cagar para a Ana e para o que ela pensa ou deixa de pensar. Só referi esse aspecto, pois acho que alguém que está identificado com um dado partido deveria ter mais cuidado no modo como trata os outros. Vê por exemplo, os comentários da CFL e da Tânia Mealha.

4-Para terminar, por ventura, e tentando adivinhar, devo ter mais tempo de messinense do que tu, ter vivido mais messines e os seus problemas do que muitos que por aqui andam. Sempre achei que a actividade politica dos messinenses e em particular da CDU, sofria de alguma sede de protagonismo e, também, de elevada dose de ingenuidade.

5-Aponta lá quis foram as bocas foleiras que eu mandei.

Lembro-me por exemplo quando quiseram elevar messines a concelho. Até foram a Lisboa com cartazes etc...Não me revejo nesse tipo de lutas. Penso que messines deve lutar por aquilo a que tem direito, na exacta medida da dimensão que tem. Foi por essa razão que me questionei sobre se mais esta polémica não seria do mesmo tipo.


cumps
CcoR
Sem imagem de perfil

De Antonio Mendes a 09.10.2009 às 21:03

Caro CCOR
Debate-mos lá as partes.
1. Aprendi assim, e sou aberto do diálogo de visões contrárias para que a mais meritória ganhe. Gosto inclusive de “perder” discussões (desde K ME PROVEM O CONTRÁRIO), porque isso quer dizer k eu evoluo mais um bocadinho e não me deixei ir pelo meu ego. Ganha-se sempre com uma boa discussão! Só que a “asfixia” tem dominado em todos os partidos nestas eleições.
Enquanto eu acho, k exercer um cargo deve pressupor k o político deve ter o grau de moralidade suficiente para assumir a responsabilidade dos seus erros..
Como sempre em Portugal, as culpas morrem sozinhas e depois perguntam-se o porquê da ausência dos eleitores!?
2. Eu sou uma pessoa de acção, e não de reacção. Ou seja, prefiro fazer ou ver feito, em vez de ficar a discutir o “sexo dos anjos”. Ou se preferires, abomino uma linguagem “politiqueira” muito ao agrado dos auto-proclamados “experientes” nestas andanças, que sabendo todo o correcto procedimento, são inconsequentes na acção.. ou fazem a acção acoberto de manobras.
Eu pessoalmente gosto mais das pessoas simples, que expressam o k lhes vai na alma num claro “ou sim ou sopas”!
Dai k eu desde já, diga k a tua suposta votação na CDU e depois já não podes votar.. sei lá parece-me inconsequente.
3. Ignorância não é um nome feio (não pode ser é uma opção permanente), podes confirmar onde quiseres. Mas tem o valor de uma bobedeira, ou seja, não serve como desculpa. Eu quando não sei, informo-me, porque infelizmente nem tudo me vem entregar em casa.
4. Grau de Messinense? Considero k não existe. Existe sim, graus de consideração individuais mal distribuídos. Os velhotes, os pobres e os desempregados desta freguesia k o digam!
Mas se quiseres saber. Nasci cá (sim, leste bem) há 38 anos com 3 de interregno. E tão messinense k assino aqui por nome próprio!
5. “Tenham mão nessa Aninhas que por aqui anda..” “..chegou assim tão rapidamente à conclusão que a minha cabeça era do tamanho de uma ervilha, chupou foi?” Na CDU não há ovelhas. Todos têm direito a opinião. Condescendência é foleira, e estás a "pedir troco"! Rebaixar é a arma dos fracos! Enquanto a 2ª boca, nem preciso de comentar, não achas?
6. Quando falas em “sede de protagonismo” devo traduzir como os únicos k ainda defendem os interesses da população? Eu sei, enfrentando derrotas, e voltando a fazer o mesmo.. em equipa, contra as possibilidades.. isso revela alguma “ingenuidade”, não é?
Pois eu gosto disso, porque eu acho k é um valor em falta numa sociedade egoísta k glorifica "heróis-traiçoeiros" como o Pinto da Costa (o fim justifica tudo!). Poderia continuar por muito mais.. mas fiquemos aqui.
7. Se peco alguma coisa, é por utilizar muito a ironia e isso pode ser interpretado como arrogância. Não é. Não tenho é mais pachorra pra “politiquices”.
Peço desculpa por isso.
Nota: Espero após as eleições poder ir beber um copo entre dois dedos de conversa, com todos os k esgrimi argumentos neste blogue.
Cumprimentos.
António Mendes
Imagem de perfil

De ccor a 09.10.2009 às 21:55

Caro António,

Que raio de conversa mole....
Bom para terminar esta troca de mimos aqui fica:
Desde que entrei nesta converseta sobre as lamas, quis em primeiro lugar saber porque contestavam a dita estação de tratamento, aqui fica o historial, para perceberes que o dizes corresponde à verdade:
1-“Apenas uma pequena questão dirigida a quem me quiser responder.
Porque razão é contestada a localização da estação de tratamento de lamas?” (ccor a 8 de Outubro de 2009 às 14:22)
Algumas das respostas que recebi foram:
“...É pá, ó CcoR, deves estar a brincar com os Messinenses...” (Chill-out a 8 de Outubro de 2009 às 15:30)
“...Para o Srº ou Srª nao se sabe ao certo) CCOR , que não é capas de pelo menos assinar com o nome de gente, aqui vai.... se fores do PSD sempre podes pedir a rainha Isabel uma cunha para por a famosa etar perto da tua porta....” (ana a 8 de Outubro de 2009 às 15:08)
2-Contra resposta minha:
“...Mas tanto azedume e não me conseguiram responder.
Enfim, há pelo menos um que diz algo de concreto. Parece que a dita etar vai ficar a 1500m da vila e a 500 dos campilhos. Já é qualquer coisa.
Com esses dados até posso compreender a contestação. A localização é muito próxima de habitações....”
Em resposta:
“...Deixa-me dizer-te que a tua cabeça deve ser do tamanho de uma ervilha...”
Passado esta primeira abordagem em que fui muito bem recebido. Tentei saber porque nada foi feito para impedir a aprovação:
Perguntei então coisas do género: Então só agora é que acordaram, porque não alertaram a população na altura etc...
Com tudo isto acabei por descobrir que:
1-A estação teria sido mais ou menos imposta de forma encapotada pelo PSD.
2-O PS teria votado contra, a favor e na abstenção.
3-O BE teria votado contra.
4-A CDU teria abandonado a reunião. E tentou posteriormente embora de forma tímida alertado a população.

Face a este esclarecimento conclui que a CDU teria sido a força política que se teria portado menos mal e que pensava que seriam por isso os melhores candidatos. Pelo menos teriam mostrado estar mais atentos aos problemas.
Diz-me lá então qual foi o meu crime...só para ver se consigo descobrir o que fiz de errado.

Cumps.
CcoR
PS-Não quis puxar de nehum grau de messinense. Não se trata disso, foi só para mostrar que apesar de não estar directamente envolvido na terra no momento, sou e considero-me messinense.
Sem imagem de perfil

De Tonnyy a 10.10.2009 às 00:17

Outro Socialista exilado em Albufeira, antigamente iam para Paris agora vão para Albufeira!

Comentar post





Comentários recentes

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...

  • Lucas

    Eu cá gostava mais das entrevistas do Serpa, reple...