Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Comentários recentes

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...

  • Lucas

    Eu cá gostava mais das entrevistas do Serpa, reple...





 

José Sócrates trouxe para o panorama político português uma nova esperança quando foi eleito primeiro-ministro, após Sampaio dissolver o triste governo do “noctívago” Santana Lopes, que sucedera ao triste governo de Durão Barroso, que por sua vez sucedera aos “insonsos” governos de António Guterres.
Guterres é um homem fantástico. Bom coração, dedicado, defensor da causa pública e Socialista até ao “tutano”. Com um perfil destes era difícil vingar e impor a sua autoridade. Já Sócrates é impulsivo, determinado, ambicioso e de Socialista tem muito pouco. Numa altura em que o país seguia desgovernado a chegada deste último ao poder fez com que muitos suspirassem de alívio, mesmo sabendo que pela frente haveria excessos e tiques de autoritarismo. Era evidente, para todos os que assistiram à tomada de posse, e aos primeiros discursos, que no Governo (e também no PS)  era Sócrates quem punha e dispunha… sozinho… sem escutar ninguém.
Votei PS nas duas eleições e acreditei piamente que, do espectro político português, José Sócrates era o único que poderia levar este país a sair do “buraco”. Aliás… ainda acredito que tem as capacidades … já quase não tem é condições para fazê-lo. Assistimos pois à ascensão e à queda de José Sócrates, num período de 4 anos. Sucederam-se os casos, os boatos e os mal-entendidos. Foram demasiados para que a suspeita não começasse a pairar no ar… foi “demasiado fumo para não haver fogo”… como se diz nas ruas.
A serem verdade os casos TVI, Mário Crespo e Face Oculta (segundo o Jornal SOL), Sócrates não têm condições de continuar no poder. Eu até concordava que o Jornal de Sexta era uma vergonha, que Mário Crespo tem um ar de louco e que nunca se viu escutar-se o primeiro-ministro por causa de um sucateiro… mas a grande diferença entre uma ditadura e uma democracia é exactamente a forma como se lida com as opiniões desfavoráveis.
A semana ficou ainda marcada pela derrota deste Governo na Lei das Finanças Regionais. Estou convencido que essa questão se teria transformado numa vitória, mais tarde ou mais cedo, porque a opinião pública já não pode com Alberto João Jardim e o seu principado (confesso que me repugnou ver PCP e BE a votar a favor de mandar mais dinheiro para a Madeira). Mas isto é pior. Muito pior. Controlar, conspirar, ameaçar e abusar do poder para ferir de morte a liberdade de imprensa e de cidadãos é algo que qualquer português não consegue perdoar. Eu não consigo e todas as pessoas com quem falei hoje também não.
Este é o meu blog e reflecte o meu estado de espírito a cada dia… hoje o meu sentimento é que, a ser verdade tudo isto (sublinho), resta a Sócrates tentar sair com a maior dignidade possível e apresentar a sua demissão o mais rápido possível. Portugal agradece!

Autoria e outros dados (tags, etc)


3 comentários

Sem imagem de perfil

De Sérgio a 07.02.2010 às 11:31

meu compreendo , a tua preocupação , mas no artigo do sol apreciei a sua imaginação , ao sublinhar também um esquema para calar Cavaco , que foi pena não ter conseguido , eheheh .
Por esta ordem de ideias , Santana Lopes quando retirou Marcelo da TVI , tão ou mais evidente.
Por ultimo se leres devagar o que está escrito vês que não se configura nem crime apenas muito imaginação. e extrapolação dum caso completamente irrelevante.

Sem imagem de perfil

De Luis a 07.02.2010 às 12:31

Caro Sérgio,

já chega de tapar o sol com a peneira..Sócrates é mesmo um ditadorzinho...
Sem imagem de perfil

De mariahenriques a 07.02.2010 às 14:04

e o dignissimo henrique monteiro também puxa a sua brasa á sardinha de mário crespo lol: O sr Henrique monteiro de.

http://bit.ly/cUsRt4

Comentar post





Comentários recentes

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...

  • Lucas

    Eu cá gostava mais das entrevistas do Serpa, reple...