Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Comentários recentes

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...

  • Lucas

    Eu cá gostava mais das entrevistas do Serpa, reple...





Fiquem preocupados, silvenses! Fiquem preocupados!

Ao que parece a nossa presidente, e “brilhante estratega”, Dra. Isabel Soares - responsável por “hits” como o Teatro Mascarenhas Gregório, a FISSUL Moderna, a Casa da Cultura Islâmica, o Museu do Traje ou o Museu/Estalagem do Azeite – está mesmo decidida a comprar a Fábrica do Tomate para ali concentrar “todos” os serviços camarários.

Deslocar tais serviços 5 km da cidade de Silves é uma “estratégia brilhante” (repito o adjectivo porque não me consigo lembrar doutro melhor):

 

- Estimula a economia – desde logo porque iremos necessitar de construir um Metro de Superfície para que funcionários e utentes se possam deslocar à “Fábrica”. Será uma espécie de TGV dos “desgraçadinhos” com ligação da Cruz de Portugal até à Pedreira que fomentará a economia. Além disso os tais 200.000 euros que dizem ser necessários para transformar a fábrica num espaço onde possam trabalhar pessoas dão vontade de rir… provavelmente dizem apenas respeito ao ar condicionado ou à instalação eléctrica, o que me leva a supor que muito mais dinheiro será “derramado” sobre o “tecido empresarial local”.

- Diminui o desemprego – a medida irá deixar novamente a câmara com espaço para criar mais empresas municipais e poder contratar mais “jotas” e “amigos”. Actualmente, mais do que os problemas orçamentais, são os problemas de falta de espaço que têm levado a câmara a conter-se na contratação de assistentes, consultores, assessores e doutores. Existem relatos de que todas as arrecadações e armários do edifício da Câmara com mais de 4m² estão a ser ocupados por “valiosos colaboradores”.

 

- Melhora a qualidade do serviço – os serviços camarários passam a ficar mais perto dos munícipes (pelo menos dos de Messines) e mais longe do “mau cheiro” do Falacho. Além disso evita-se subir e descer escadas à procura do responsável de secção, evita-se as dificuldades de estacionamento e pode-se finalmente investir num “ultra-moderno” e caríssimo sistema de triagem dos utentes (assim tipo Loja do Cidadão… que poupa trabalho a 3 ou 4 pessoas no contacto com o publico, mas dá trabalho a 8 ou 9 na manutenção, apoio e supervisão).

- Rentabiliza recursos – os funcionários e “colaboradores valiosos” da autarquia terão que almoçar mais vezes na cantina, o que rentabilizará o tempo do pessoal da cozinha. E já que se dá uma forte machadada na, já de si fraca, restauração da cidade acho que era de arriscar a abrir uma empresa público/privada (gerida por algum “Jota “ com formação em restauração) que servisse refeições aos utentes e a público em geral com vista para o rio e laranjal. Uma daquelas empresas (tipo Brisa) que, quando dá lucros, divide com os accionistas e quando dá prejuízo manda a factura para pagarmos.

- Melhora o ambiente – Melhora consideravelmente a qualidade do ar na cidade de Silves, quanto mais não seja pelo facto do parque automóvel da autarquia passar a concentrar-se fora.  Apenas o Enxerim sofrerá com a situação, nas horas de ponta, com as filas junto à ponte sobre o Arade entre as 9:20 e as 10:40H (hora em que vão trabalhar) e entre as 16: 40 e 17:20 (hora em que já estão de regresso). É possível que uma nova ponte sobre o Arade venha a ser desenvolvida entre a existente e a que será construída para o Metro de Superfície.

Em termos de conjuntura político-económica também tudo parece estar OK. Sendo este o último mandato de Isabel Soares faz sentido que deixe uma grande obra (que PS ou CDU pagarão caro no futuro), tipo Centro Cultural de Belém na era de Cavaco (que português conseguiria viver sem o Centro Cultural de Belém??!!). Economicamente a compra de um “mamarracho” nesta altura por 2.000.000 de euros, por parte de uma Câmara falida, é um claro sinal à economia de que estes são bons tempos para investir… Obrigado por isso!

Assim de repente não me consigo lembrar de nenhuma desvantagem em “derreter” 2.000.000 de euros que não temos numa megalomania (mais uma) da presidente. Vocês conseguem?!

PS – Aqui fica o link do “Comunicado do PS Silves”. Subscrevo totalmente todo o texto,

PS1 – Será um autêntico escândalo se a CDU viabilizar esta “coisa”. Foram eleitos em grande parte por se assumirem discordantes com os erros de gestão deste executivo… não acredito que passado menos de 1 ano “enfiem a viola no saco” e em troca de contrapartidas ocultas aceitem uma coisa destas.

PS2 – O que se passa com o Museu/Estalagem do Azeite em São Marcos da Serra?! Não me digam que não há dinheiro?!!

Autoria e outros dados (tags, etc)


6 comentários

Imagem de perfil

De jomalu a 09.06.2010 às 15:20

Eureca....................só agora a Sra.se lembrou que uma boa caldeirada leva sempre tomate,pra quem têm andado a fazer brutas caldeiradas,que ninguém consegue tragar,só falta o azeite do Museu que pra obra de StªENGRÁCIA nada falta.
A obra há muito foi abondonada pelo empreteiro.
Valha-nos st,ana do assobio.



Sem imagem de perfil

De Xico a 11.06.2010 às 15:36

Com o meu voto a CDU não conta mais. Tenham vergonha.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 11.06.2010 às 17:07

Papalvo! Votas em comunistas e esperas o quê? Ainda a farra não começou.
Sem imagem de perfil

De anonimo a 12.06.2010 às 00:18

o dinheiro para as bolsas de estudo vai para a fábrica do tomate?!
Sem imagem de perfil

De Manuel Cabrita a 16.06.2010 às 23:43

Caro Paulo,
(permita-me que o trate assim!)
Em primeiro lugar quero dar-lhe os parabéns pela forma como escreve, embora nem sempre concorde com as suas opiniões, a verdade é que gosto imenso de visitar o seu blog e saber algumas novidades da vila e do concelho.
Concretamente ao seu post , concordo em tudo com a apreciação que faz do tema e muito sinceramente sendo a 1.ª vez que coloco um comentário, lamentavelmente não é para comentar o post em si, mas os comentários que os seus visitantes se permitem fazer, na maioria das vezes de forma anónima.
Especificando.
- não consegui ter até agora qualquer informação que a proposta que refere no post já tenha sido aprovada, caso esteja errado, então peço desculpa pelo que a seguir vou escrever.

-Como é possível que sempre que alguma decisão esteja para ser tomada pelo executivo camarário, apareça alguém sedoso de denegrir e enxovalhar a imagem, postura e dignidade da Vereadora Rosa Palma, em particular e dos "comunistas" em geral?

-Parece-me a mim que quem votou e colocou na presidência da Câmara a Dr.ª Isabel Soares, não devem ter sido os comunistas.

-Acho que quem faz este tipo de comentários em nada dignifica o seu blog, dando até a sensação de brincadeira de miúdos da escola primária, que levam o tempo a tentar espicaçar e a espezinhar o mais pequeno, deitando cá para fora os ódios de estimação pessoal, de forma gratuita e sem qualquer penalização pelo que escrevem.

- Por isso nunca meu dei ao trabalho de comentar os referidos insultos, mas muito sinceramente acho que já se torna desagradável ver comentários relativos à Dr.ª Rosa Cristina, que não sendo menina de escola primária, merece pelo menos algum respeito como cidadã honesta e que até prova em contrário, que eu tenha conhecimento, nunca lesou nenhum Messinense ou eleitor deste concelho.

Finalmente para si, Paulo continue a escrever e a dar as suas opiniões.

Manuel Cabrita
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 08.07.2010 às 00:22

Es burro todos os dias.

Comentar post





Comentários recentes

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...

  • Lucas

    Eu cá gostava mais das entrevistas do Serpa, reple...