Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Comentários recentes

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...

  • Lucas

    Eu cá gostava mais das entrevistas do Serpa, reple...





 

Temos em Messines mais um exemplo da desconsideração que a CMS tem para com os seus munícipes. Passada uma semana da “Festa das Tradições” – louvável iniciativa da Junta de Freguesia, que poderá ter um papel importante no futuro da vila se continuar e crescer como merece – todo o “estaminé” montado no Jardim Municipal ainda lá está.

As barracas e o palco apenas ocupam “espaço” no jardim… já a tenda principal ocupa preciosos lugares de estacionamento, que tanto jeito fazem aos que procuram o comércio local diariamente. As dificuldades em estacionar no centro da vila são evidentes em dias normais e este constrangimento, provocado pela incompetência da CMS, torna ainda mais complicadas as coisas, com prejuízos para os comerciantes e transtornos para os restantes habitantes da vila.

Tive a oportunidade de conversar ontem com alguns utentes do espaço que se manifestam indignados com a situação. Desde o dia 13 de Setembro que mais de uma dezena de lugares de estacionamento, bem como a própria circulação de veículos, estão interditos naquela zona.

Se tudo correr como o normal o palco “apodrecerá” por lá até que um outro evento no concelho exija a sua montagem. Esperamos que a tenda não fique muito mais tempo.

Autoria e outros dados (tags, etc)


26 comentários

Sem imagem de perfil

De Major Alvega a 26.09.2010 às 02:23

"Fernando Serpa ameaça demitir-se se o PS Silves não tomar a mesma posição que a vereação tomou na AM (abstenção)."

Disse-me um passarão que era esta a posição do ilustre vereador Fernando Catatau Serpa. Alguém acredita nisto vindo de quem vem?
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 26.09.2010 às 12:10

Vem de ti, um anónimo. Por isso não é credível. O Serpa nunca se demitiria.
Imagem de perfil

De manuelfernandes9 a 26.09.2010 às 04:38

Quem será que terá que desmontar o estaminé ?
Quem o montou ou quem o emprestou?
Venha o diabo e escolha...
Mas por favor recolham a tenda dos notávies do parque de estacionamento.
Imagem de perfil

De José Paulo de Sousa a 26.09.2010 às 13:55

só espero sinceramente , que não tenha de ser quem paga o IMI do dito espaço a ter de retirar a coisa...
e soube de uma coisa divina... o josé carlos de sousa araujo, mais conhecido por zé piasca, como na feira das tradições a "sua" casa do povo ia explorar uma tenda de comes e bebes decidiu solicitar a utilização do quiosque existente no jardim ... resposta mais ou menos esta ..., não se pode ceder porque não é da camara hummm, ou ainda não houve recepção definitiva por qualquer razão a falta de pagamento´poderá ser uma delas ou então se calhar tenho um quiosque :) hum ai se as finanças desconfiam ainda me reavaliam o lote e ...
até já!
Sem imagem de perfil

De Isto tá bonite a 26.09.2010 às 11:18

Ilustre Sr. Dr Paulo

Tem toda a razão que o equipamento está a incomodar. Você e os comerciantes da zona. Aliás acho também que os comerciantes de S.B de Messines são os únicos que não estão em crise, dado terem recusado o convite da ACRAL Assoc . de Comerciantes do Algarve) em participar no Stockout e Passagem de Modelos em Silves. Mas como era em Silves, não quiseram participar numa acção dos próprios comerciantes. É o que diz o mais elementar manual de bairrismo, não participar em nada que não seja da nossa freguesia. Mas adiante.
Nesta sequência de ideias, talvez o melhor seja na próxima edição da exposição de Messines seja a Junta alugar os equipamentos (tendas, palco, etc ), em vez de os pedir aos atrasados e incompetentes da CM Silves. Foi o que a ACRAL fez, alugou tudo e horas depois tudo estava limpinho e sem prejudicar ninguém.
O que me intriga é que quando é para pedir de borla, já não são atrasados nem incompetentes. Para a próxima não peçam nada e aluguem tudo, porque se pagar ao dia, não há incompetência nem atraso.
Esta história de bairrismos dá-me voltas ao estômago O melhor mesmo era SB de Messines criar um Município , o problema é que seria só de freguesia única, porque nenhuma freguesia vizinha quereria, quer ou alguma vez quis, fazer parte do Município de SB de Messines. Porque será?
Nem mesmo quando os patriarcas da freguesia dominavam tudo e todos, e quando as suas palavras eram lei e ordem.
Portanto o que eu acho é que o raio da tenda, tendas e palco seja entregue a Messines para utilização durante todo o ano e que o montassem e desmontassem quando quisessem com meios próprios, sem contar com os atrasados e incompetentes da CM Silves. E leia-se que os atrasados e os incompetentes são os funcionários da autarquia, porque não são os Srs. Vereadores nem a Presidente que vão lá carregar com o material. Portanto os desgraçados dos funcionários mais uma vez vão apanhar na cabeça por quem está a ser prejudicado no parque de estacionamento e pelo executivo que vai perguntar que raio de incompetência é esta que ainda não desmontaram a festa de Messines.

Mas quando o Sr. Dr . for do executivo, da CM de Silves, como vaticino que possa ser, nós, depois conversamos com calma e tempo, para que lhe possa explicar algumas coisinhas do município que o Sr. Dr . ainda não percebeu. Mas também ainda não tem idade nem experiência para isso. Mas chega lá, chega. E que deus e os votos queiram que sim.
Imagem de perfil

De ccor a 26.09.2010 às 14:00

Muito bem escrito.


Deixe no entanto que faça o reparo. Que a ACRAL alugue os equipamentos, não me admiro, acho até normal que o façam, poderiam até alugá-los à CM, uma vez que esta os tem. Estamos a falar de comércio privado, como tal devem reger-se por regras normais e usuais na relação entre privados com interesses comerciais.

Já no caso da festa de Messines, tanto quanto sei organizada pela JF, que não sendo uma organização privada, é não só natural que os equipamentos sejam emprestados pela CM.

O que já não é normal, é que quem os pediu emprestados, não trate de os levantar, arrumar e entregar ao dono. Foi assim que me ensinaram a fazer e, penso ser para isso o que o Paulo quer chamar a atenção.

Quanto aos incompetentes e atrasados, já nada digo, não sei do que se trata, parecem-me mais questões de "diz que disse".


Quanto ao Paulo, não sei se ele quer o Dr ou não, também concordo que parece ser para aí que ele caminha. Mas note que ele já iniciou o caminho há muito tempo. E um tipo não pode ser acusado só por querer andar em direcção ao destino que julga merecer.

cumprimentos
Sem imagem de perfil

De Isto tá bonite a 26.09.2010 às 15:00

Exm CCOR

O Dr Paulo, escreve assim no seu Blog:
"As dificuldades em estacionar no centro da vila são evidentes em dias normais e este constrangimento, provocado pela incompetência da CMS , torna ainda mais complicadas as coisas, com prejuízos para os comerciantes e transtornos para os restantes habitantes da vila."

Resta agora saber se a incompetência é da CM ou da Junta que deveria entregar o que lhe foi emprestado em devidas condições, como manda a educação.

O meu comentário, é no fundo irónico, apenas para ressalvar que as incompetências nunca serão imputadas ao executivo, mas sim aos desgraçados que irão lá desmontar o material e que certamente ouvirão as bocas do costume, "seus malandros da CM que não fazem nada, e andam para aí a coçar os ...". Esta situação é recorrente e humilhante para pessoas que levam para casa muitas vezes os cerca de 500 ou 600 euros por mês. E não me venham falar em horas extra, porque isso é um assunto que levava muito tempo a escrever.
Se me disserem que existe incompetência no serviço de relações publicas e informação da Srª Presidente, comandada pela Srª Dr ª Sandra Moreira, que devia divulgar os eventos, e que essa divulgação fica fechada na gaveta e que ninguém sabe o que se passa, como é o caso das Comemorações do Dia do Património. Aí sim existe incompetência e da grossa. Seria bom questionar os milhares de euros gastos em divulgação que fica por fazer e distribuir, milhares esses que são superiores a qualquer ópera ou Jazz no Castelo, que efectivamente, goste ou não se realizou. Mas o dinheirinho gasto e jogado fora, levanta muitas questões de incompetência e má gestão dos dinheiros públicos Para além de que os eventos não são frequentados pelo publico, porque o mesmo não adivinha o que vai acontecer.
São pequenos pormenores escondidos deste tipo que a CM de Silves está recheada. Pelo que às vezes pergunto o que é que lá anda a fazer a Presidente, os seus vereadores e a oposição. Porque estamos a falar de milhares de euros jogados literalmente borda fora, como se de um município rico das arábias se tratasse.
Imagem de perfil

De ccor a 26.09.2010 às 15:18

Caríssimo,

Tem toda a razão.

O que mais me chama a atenção no seu comentário, é o parágrafo abaixo, a ser verdade, e não duvido de si, deve ser não só divulgado como investigado por quem de direito. Isto não é do pelouro da cultura? A vereadora tem conhecimento que as iniciativas que organiza, não são divulgadas?

É que se me fizessem isso a mim, eu até era capaz de pensar que me estavam a sabotar o trabalho.

"..Seria bom questionar os milhares de euros gastos em divulgação que fica por fazer e distribuir, milhares esses que são superiores a qualquer ópera ou Jazz no Castelo, que efectivamente, goste ou não se realizou. Mas o dinheirinho gasto e jogado fora, levanta muitas questões de incompetência e má gestão dos dinheiros públicos Para além de que os eventos não são frequentados pelo publico, porque o mesmo não adivinha o que vai acontecer..."

Imagem de perfil

De Paulo Silva a 26.09.2010 às 16:17

Pois é, “isto tá même bonite”,
Uma vez que assume ter escrito com ironia nem vou ter que refutar o epíteto de “Dr.” Paulo.
Quanto ao que escreve. Concordo consigo em vários aspectos. Desde logo na questão dos “bairrismos”, onde partilho a sua opinião de que unidos todos os silvenses tinham mais força. Lamento que os comerciantes de Messines não tenham aceite fazer parte das acções que menciona, sejam quais forem as razões invocadas.
Em relação à responsabilidade da CMS na questão da tenda, é evidente que não serão os trabalhadores a pagar a “factura” da incompetência. Todos os interessados na saída da tenda daquele espaço saberão que, se ainda lá está, foi porque ninguém deu a ordem para que se procedesse à sua desmontagem. Ouvi alguns comentários em relação ao facto de 14 pessoas estarem envolvidas apenas na montagem da tenda (não sei se é verdade, não vi), durante dois dias. Muita gente não compreende uma coisa destas, ainda para mais quando os funcionários chegam a meio da manhã, regressam pouco depois a Silves para ir almoçar à cantina, voltam a Messines e antes das 4 da tarde já estão a caminho de Silves novamente para terminar o dia de trabalho. E isto é assim em tudo o que envolva funcionários da CMS. A produtividade é baixíssima e o custo é altíssimo. No entanto, na minha opinião, nem mesmo assim podemos responsabilizar quem apenas cumpre ordens e regras internas.
Gostava que fique claro que não sou contra os funcionários camarários. Todos eles têm muito mais valor do que aquele que a actual gestão lhes dá. São pessoas que bem geridas, motivadas e com objectivos definidos alavancariam exponencialmente o concelho em direcção a uma nova era.
Fico curioso em relação ao que terá a dizer sobre as “horas extras” e gostava que algum dos vereadores da oposição que por aqui passe tenha a coragem de perguntar quanto gasta a CMS na promoção e divulgação dos eventos que apoia ou organiza. Só assim poderemos saber se é como diz.
Quanto ao comentário do Baião: “Obrigado pá!”
Imagem de perfil

De ccor a 26.09.2010 às 16:59

Paulo,


Quando li esse "obrigado Pá", até me assustei, parecia um "Porreiro Pá"...

Já que referes a produtividade (baixa) da malta trabalhadora na CM.

Lembro-me de ter tido uma pequena conversa, salvo o erro no Natal passado, com um funcionário temporário da JF de messines, atenção que estamos a falar de malta de trabalho, daqueles que cavam com enxada na mão.

Dizia-me ele, que os que lá com ele andavam, na altura tratava-se de limpar caminhos na serra etc..por causa do mau tempo, estavam sempre a dizer-lhe que aquilo não era para fazer, mas sim para se ir fazendo e tal...enfim a querer prolongar o petisco, e ele que achava que não, se ali estava era para fazer as coisas o melhor possível. Isto foi-me dito assim, por alguém acabado de chegar à JF.

Ignoro, se ainda por lá continua a trabalhar, mas serve o episódio, para dizer que a situação em que estamos, em geral e no particular de Silves, também a esta "consciência" profissional se deve. è claro que não esqueço os salários de miséria.
Sem imagem de perfil

De marie a 26.09.2010 às 23:10

Caro Paulo,
Pensa que tem o exclusivo das tendas?
Aqui na cidade de Silves, temos restos de castelos.
Se passar por aqui dê uma olhada no parque de estacionamento OK?
Temos os restos das muralhas do castelo da feira medieval ...e há mais espalhados noutros pontos.
Ninguém se lembra que os lugares de estacionamento são necessários.
Sem imagem de perfil

De Isto tá bonite a 26.09.2010 às 23:32

Caro Paulo (sem Dr )


Sobre os assuntos relativos ao serviço de divulgação e informação da Srª Presidente, basta a comissão politica de que faz parte dar indicação para que na próxima Assembleia Municipal a bancada do PS possa colocar a questão ao executivo. E desde já lhe digo que a resposta será lacónica, porque pura e simplesmente o executivo não faz sequer ideia sobre o que se passa, porque cegamente confia nos responsáveis pelo serviço, nesse e nos do seu Gabinete de Apoio, cujo principal serviço é o de abrir cartas e remete-las para o sector de expediente. Ah e viajar à borla acompanhando a Srª Presidente por esse mundo fora.
Como é lógico se eu fosse vereadora do pelouro da cultura também pensaria que me estão a sabotar, e se calhar é isso mesmo que a vereadora do pelouro já começou a pensar, pelo simples facto de ser uma pessoa com conhecimentos académicos sobre marketing, sendo mesmo professora dessa cadeira e com vários trabalhos de referência já publicados no seio de especialistas da área. Por isso pode muito bem pensar em sabotagem e em incompetência. Mas isso são assuntos do foro interno da organização. Será assim mesmo que a Srª Presidente ou vereação responderá à questão. Mas o aviso fica feito.
Não me parece que o serviço tenha melhorado com o despedimento do Sr. Artur Lighe . O que dirá o Paulo?
Quanto ao assunto dos funcionários, eu bem disse que existem algumas coisas que temos de conversar.
Para vossa informação a CM de Silves não tem cantina, logo os funcionários não podem fazer lá as suas refeições. No que diz respeito ao ir e vir dos locais onde realizam o seu trabalho, também esclareço de que a lei diz que quem está a executar trabalho 5Km da sede de concelho (salvo situações acordadas previamente ) terão direito a subsidio de deslocação, como a CM não tem dinheiro para pagar essas deslocações os funcionários têm de ser colocados nos diferentes locais de trabalho durante o seu horário de trabalho assim como o seu transporte terá ser ser efectuado nesse mesmo horário. Como o concelho é grande existem situações que realmente bradam aos céus, mas não é nada que se bem organizado com os funcionários não se faça em perfeitas condições. O que acontece é que com exemplos de despesismo como os já referidos, o que ficam os funcionários a pensar, que o esforço terá de ser só deles?
Já agora pergunto ao Paulo o seguinte, não seria de pensar na criação de um fórum para discussão de ideias sobre o concelho em vez do Blog. É apenas uma questão e sugestão que fica no ar.
Sem imagem de perfil

De Paula Bravo a 27.09.2010 às 09:55

Olá Paulo
Lamento dizer-te mas desta vez estás mal informado. A tenda ainda não saiu pelo seguinte: como sabes decorreram neste fim de semana as Jornadas Europeias de Património, que tinham iniciativas marcadas também em Messines. Uma dessas iniciativas era a desfatanada a realizar no passado sábado pelo Rancho de Messines, no auditório da Junta. E, como o tempo poderia estar mau, e o auditório é ao ar livre, decidiram que a tenda ficaria montada até este dia, para servir de local substituto para a desfatanada do Rancho.
Como a festa das tradições foi apenas uma semana antes da desfatanada, até acho que foi uma boa decisão. Quanto ao teu post, fará sentido se a tenda se mantiver nos próximos dias.
Pior, pior, acho eu, é a "torre medieval" que ainda está no parque de estacionamento em silves, junto ao largo Al-Mutamid. A torre do ano passado levou mais de 3 meses a sair do local, e quando começaram a desmontá-la, fizeram- no aos "bocadinhos" e só aos fins de semana! ( isto contado e confirmado por quem tem casa de comércio mesmo "com vista" para a torre medieval)!
Sem imagem de perfil

De CManl a 27.09.2010 às 13:47

Ainda se deve manter até (pelo menos) ao próximo fim-de-semana. Isto porque a 2 e 3 de Outubro realiza-se em S.B. de Messines a Maratona Internacional BTT Algarve (M.I.B.A.) organizada pela associação Extremo Sul. Atenção Amaratona realiza-se, a permanência da tenda é um palpite..
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 27.09.2010 às 14:35

nao esquecer que ha o feriado do 5 de outubro, o de 1 de novembro, e depois o natal e ano novo ha bué de cenas até ao fim do ano deixem ficar a tenda que até é gira e os mossos ja k não tem sitio para esperar a camioneta até se podem abrigar la dentro se começar a chover
Sem imagem de perfil

De K4 a 27.09.2010 às 14:38

Caro Blogger,


De novo a falta de informação a pautar o novo post...
como alguém disse e permita-me a tradução livre ..."muito barulho para nada".

Cá para mim anda a inventar um concelho...à sua medida.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 27.09.2010 às 16:35

É curioso. Eu tenho um pequeno negócio na zona, onde passo a maior parte do dia, e também não sabia desse evento de sábado. Aliás estive lá no sábado todo o dia e não vi nada. Se calhar a ideia era mesmo ninguém saber! Deve ter sido feito um comunicado de impensa que apenas apanhou o k4 e a Paula Bravo.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 27.09.2010 às 16:36

É curioso. Eu tenho um pequeno negócio na zona, onde passo a maior parte do dia, e também não sabia desse evento de sábado. Aliás estive lá no sábado todo o dia e não vi nada. Se calhar a ideia era mesmo ninguém saber! Deve ter sido feito um comunicado de impensa que apenas apanhou o k4 e a Paula Bravo.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 27.09.2010 às 16:36

É curioso. Eu tenho um pequeno negócio na zona, onde passo a maior parte do dia, e também não sabia desse evento de sábado. Aliás estive lá no sábado todo o dia e não vi nada. Se calhar a ideia era mesmo ninguém saber! Deve ter sido feito um comunicado de impensa que apenas apanhou o k4 e a Paula Bravo.
Imagem de perfil

De ccor a 27.09.2010 às 16:48

Desta vez com o comentário em triplicado, toda a gente vai ler.

;-)
Sem imagem de perfil

De Paula Bravo a 27.09.2010 às 19:00

Anónimo do pequeno negócio: o evento realizou-se no anfiteatro da Junta.
quanto à falta de informação, peça responsabilidades à Câmara Municipal, no fim da tarde do dia anterior é que andaram em Messines a distribuir os folhetos.
De qualquer forma, uma visita regular pelo site do Terra Ruiva também não faz mal :)) estava lá o programa completo, antes da CMS o divulgar, e também lá temos agora uma notícia que acho que acabará por ser mais complexa do que parece à primeira vista: as alterações de trânsito a partir de quarta-feira.
E para quem nao conhece o caminho do site, o Paulo faz por aqui um bom destaque :).
Sem imagem de perfil

De Isto tá bonite a 27.09.2010 às 19:32

Ora vejam lá se não tenho razão, na questão da divulgação da CMS e do dinheiro jogado à rua, visto que os folhetos não surtiram efeito, depois di dinheiro gasto na sua execução.
Diz assim a Paula Bravo, que em tempos também fazia uns comunicados de imprensa para a CMS.

"quanto à falta de informação, peça responsabilidades à Câmara Municipal, no fim da tarde do dia anterior é que andaram em Messines a distribuir os folhetos"

Isto para dizer, que de facto confirma-se a incompetência do Gabinete de divulgações e relações públicas da CMS.

Quanto às barracas e tenda, acho que tudo já foi desmontado, ou não?

Comentar post


Pág. 1/2





Comentários recentes

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...

  • Lucas

    Eu cá gostava mais das entrevistas do Serpa, reple...