Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Comentários recentes

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...

  • Lucas

    Eu cá gostava mais das entrevistas do Serpa, reple...





Da mesma forma que dou a cara pelo Blog, também dou a cara na hora de vos desejar um Feliz Natal e um óptimo 2011.

 

Obrigado pelas visitas e pela participação. Tudo de bom!

Autoria e outros dados (tags, etc)


4 comentários

Sem imagem de perfil

De gabriela rocha martins a 30.12.2010 às 17:00

que o natal - já passado - tenha sido cheio de poesia e o novo ano ,que se aproxima ,pleno de palavras prontas a moldar.......

felicidades e


.
um beijo
Imagem de perfil

De jomalu a 31.12.2010 às 18:13

Caro Paulo Silva,desejo-te para ti e toda a Familia,um Feliz Natal e que o Ano Novo seja repleto de Alegria. Com Amizade um Abraco.
Sem imagem de perfil

De maria do mar a 04.01.2011 às 22:57

Depois do barulho todo do natal e fim de ano...apetece-me escrever qualquer coisa como,

o meu silencio
quem passar a minha rua
bem juntinho a minha porta
só ouvirá meu silêncio

guarde-o orgulhosamente
bem fechado no meu peito
amarrado ao coração junto com minha paixão

nem me atrevo a perturba-lo
tiro os sapatos
ando no bico dos pés

a música calou-se
e a chuva..até parou

sinto-me bem, confortável

eu e meu silêncio
assim...frente a frente...desafiando-nos
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Depois do barulho todo do natal e fim de ano...apetece-me escrever qualquer coisa como, <BR><BR>o meu silencio <BR>quem passar a minha rua <BR>bem juntinho a minha porta <BR>só ouvirá meu silêncio <BR><BR>guarde-o orgulhosamente <BR>bem fechado no meu peito <BR>amarrado ao coração junto com minha paixão <BR><BR>nem me atrevo a perturba-lo <BR>tiro os sapatos <BR>ando no bico dos pés <BR><BR>a música calou-se <BR>e a chuva..até parou <BR><BR>sinto-me bem, confortável <BR><BR>eu e meu silêncio <BR>assim...frente a frente...desafiando-nos <BR class=incorrect name="incorrect" <a>esqueco-me</A> que existo <BR>fico ali <BR>olhando para ele <BR><BR>quem passar na minha rua <BR>bem juntinho a minha porta <BR>não deverá respirar <BR><BR>meu silêncio adormeceu <BR>
Sem imagem de perfil

De anonimo a 06.01.2011 às 21:36

pode retirar o que enviei porque ficou com erros, não sei porquê?
Obrigada.

Comentar post





Comentários recentes

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...

  • Lucas

    Eu cá gostava mais das entrevistas do Serpa, reple...