Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Comentários recentes

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...

  • Lucas

    Eu cá gostava mais das entrevistas do Serpa, reple...





 

Parece que ainda esta semana iremos ter a tão propalada crise política com a demissão do Governo imediatamente a seguir ao chumbo do PEC 4 na Assembleia da República. A acontecer teremos um Congresso Socialista mais “quente” do que o inicialmente previsto com as vozes de descontentamento a subirem de tom na inversa proporção em que o Partido descerá nas sondagens.

Ora sobre estas matérias tenho algumas considerações a fazer:

- Parece-me que uma nova ida a votos de Sócrates será de todo evitável, apesar de se apresentar como o cenário mais provável. Estas caras (Sócrates, Silva Pereira, Assis e Teixeira dos Santos) estão mais do que gastas. Muitos socialistas com memória (entre os quais eu me incluo) vão certamente olhar para tudo o que Sócrates disser em campanha como mais um “chorrilho” de mentiras. Quem não se lembra das promessas da primeira eleição em que dizia subir impostos “jamais”, Scuts com portagem “jamais”, diminiução do aparelho de Estado para já, etc… E quem não se lembra das segundas eleições em que anunciou o final da crise, derramou o nosso dinheiro no BPN, baixou o IVA, aumentou os funcionários públicos e manipulou todos os números que já então apontavam para a tragédia. E quem não se lembra da negociata escandalosa que comprou o apoio do “pesetero” Luís Figo com dinheiros públicos vindos do Tagus Park ou do balúrdio que a EDP pagou para que Manuel Pinho fosse “convidado” a dar aulas em Nova Iorque. Além disso neste último mandato Sócrates aprofundou a sua boa relação com Chávez e Kadhafi e vincou a sua personalidade de “ditadorzinho” arrogante e autoritário.

- Concordo com um “dinossauro” socialista que diz que não há qualquer vantagem em ser Governo minoritário nesta altura. É necessário um Governo forte e legitimado de “fresco” para jogar a “foice” logo nos primeiros meses às “ervas daninhas” do sistema. É preciso tornar o Estado mais magro, acabar com os ordenados escandalosos dos boys, acabar com os “Mercedes topo de gama com chauffer”, extinguir empresas municipais e fundações, acabar com a “boa vida” dos professores e dos juízes, acabar com o clientelismo das Câmaras Municipais, rever o mapa autárquico, estimular a criação de empresas e tributar os lucros absurdos da banca e das empresas em regime de monopólio do mercado. O que mais revolta as pessoas, e está bem patente nas ruas, é o facto de se pedir sacrifícios ao povo sem que os “empregos dourados” sejam tocados (como se pode ver pelo vergonhoso quadro já desactualizado de vencimentos acima do PM e PR).

 

 boys ps

 

- Havendo eleições até ao Verão aposto numa vitória clara do PSD e num brilharete do CDS. Por isso não acredito no propalado Governo a 3 de que se fala. Primeiro porque a maioria será clara e depois porque Sócrates nunca será capaz de governar a 3.

- Logo após as eleições o PS necessitará de novo Congresso para eleger novo Secretário-geral. Dificilmente o eleito nessa altura será candidato ao que quer que seja mas terá um papel decisivo no futuro deste partido. Há que devolver o PS às bases, por isso faço o apelo a que todos os socialistas subscrevam a “Petição para Adopção de Eleições Primárias no PS”. Essa simples alteração será suficiente para acabar com o “reinado” dos figurões do costume. Acabará com os candidatos autárquicos impostos, acabará com situações como João Soares a ocupar o lugar de um algarvio no Parlamento e muitas outras que apenas transmitem aos militantes a inutilidade da sua participação na vida do Partido.

Autoria e outros dados (tags, etc)


8 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 22.03.2011 às 16:49

POR VEZES SINTO-ME ENOJADO!

NÃO POR SER MILITANTE DO PARTIDO SOCIALISTA.

DISSO TENHO MUITO ORGULHO.

O QUE ME ENOJA É O PARTIDO SOCIALISTA TER MILITANTES COMO ESTE!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 22.03.2011 às 16:59

Refere-se certamente ao socialista José Sócrates?! Ou o amigo acha que ser socialista é embuchar tudo o que lhe querem impor?
Sem imagem de perfil

De NUNO a 22.03.2011 às 17:15

O QUE ACONTECEU AO PS?

Estas medidas são fascistas – próprias de partidos de direita e extrema-direita.

PEC4

Mercado de trabalho
Uma reforma da legislação laboral foi implementada em 2009, em resultado de um acordo com os parceiros sociais, com os objectivos de i) promover a negociação colectiva, quer a nível sectorial quer da empresa, ii) fomentar a adaptabilidade interna à empresa, pela flexibilização das condições de mobilidade interna, de organização do tempo de trabalho e de negociação salarial. Adicionalmente, foram também flexibilizados diversos procedimentos, nomeadamente de despedimento colectivo. As mudanças introduzidas resultaram na maior redução de rigidez do mercado de trabalho verificada na OCDE.

(…)diminuir a compensação por despedimento, dos actuais 30 para 10 dias por cada ano de antiguidade, sendo 10 dias adicionais pagos por um fundo financiado por contribuições dos empregadores, perfazendo um total de 20 dias de compensação por despedimento. O limiar mínimo de 3 meses de compensação será também eliminado e será introduzido um máximo de 12 meses para as compensações,

O Governo introduziu também importantes alterações no regime do subsídio de desemprego, reforçando os incentivos para a aceitação de ofertas de emprego e restringindo as durações máximas e as taxas de substituição associadas a estas prestações.

(…)
proceder-se-á:
- À avaliação, a partir de Julho de 2011, do sistema de subsídio de desemprego com o objectivo de aumentar a empregabilidade dos beneficiários e melhorar a sustentabilidade do sistema;

(…)
O Governo reconhece também a relevância das compensações para os contratos existentes e irá avaliar o impacto da reforma das compensações aplicáveis a contratos existentes negociados através de mútuo acordo entre trabalhadores e empregadores e lançar uma consulta junto dos parceiros sociais sobre esta matéria.

(…)
E CONTINUA…

V E R G O N H A !
Sem imagem de perfil

De maria gaivota a 22.03.2011 às 22:30

olá , sou eu de novo.
concordo com o Srº que diz estar enjoado.
Imagine eu ! estou enjoadíssima...daqui das alturas vejo coisas que não vos passa pela cabeça.
.................
Está ai a chegar " a passo " Passos Coelho, .............. o pessoal que se diz socialista mas não pode com Socrates, vai acalmar...vai ter muito com que se entreter. Foi voçê que pediu um Porto Ferreira?
...............
Vou esperar...planar.... quero ver o que irão escrever.
Será bastante interessante.
Imagem de perfil

De Paulo Silva a 22.03.2011 às 22:39

Estimada Maria,

Sabe que muito a estimo e por isso sinto-me na obrigação de lhe dizer: não quero Passos Coelho nem acredito que seja ele a solução. O que eu queria era que o Secretário-geral do Partido Socialista fosse... socialista.
Acho que devería haver uma alternativa séria a Sócrates no PS.

Sem imagem de perfil

De maria gaivota a 22.03.2011 às 23:21

Obrigada Paulo,
Pense comigo. Ou melhor voe comigo. Não entende que por cada palavra que dizem contra Socrates é uma passada larga que estão a proporcionar ao Passos?
È evidente que Socrates não é perfeito, a questão é, qual a alternativa? tem soluções ?Socrates foi penalizado com esta crise mundial, sejamos francos, então deixem que o governo fique até ao fim, e nas próximas eleições apresentem trabalho.
Neste momento os socialistas estão a colaborar para a queda do governo...o que é altamente prejudicial, seria um caos . Faço-me entender? Sejamos inteligentes e práticos.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 23.03.2011 às 19:23

A Rosa Palma já tem a maioria absoluta, não votem mais!
Sem imagem de perfil

De maria gaivota a 23.03.2011 às 22:53

Contentes Senhores " socialistas" atirem foguetes....e agora???

Comentar post





Comentários recentes

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...

  • Lucas

    Eu cá gostava mais das entrevistas do Serpa, reple...