Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Comentários recentes

  • Anónimo

    Tem o PDF do livro?

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...





Visto de cima...

17.12.11

No dicionário da Língua Portuguesa esta é a definição de Democracia:

-sistema político em que a autoridade emana do conjunto dos cidadãos, baseando-se nos princípios de igualdade e liberdade

Reflectindo sobre isto só me ocorre que algo está mal na nossa democracia (ou então na definição do dicionário). Entre uma má Democracia e uma boa Anarquia… sinto-me tentado.

A Europa sucumbiu às mãos da direita, para quem Democracia é um óptimo meio para atingir um fim. O pior é que alguma esquerda também pensa assim e por isso vamos tomando uma de duas decisões possíveis: ou ficamos em casa no dia das eleições, ou votamos no “centrão” e no político mais cinzento que aparece.

Os sacrifícios que estão a ser impostos aos portugueses, e que começam agora a pesar na Europa da 1ª liga, serão em vão se no final de tudo isto voltarmos ao mesmo sistema económico que nos trouxe até aqui… consumista e canibalista. Bem podem pregar que vão criar sistemas de controlo para os mercados financeiros e estes bem podem dizer que os aceitam… no final tudo se assemelhará às juras de amor de adolescentes em Agosto… mal começam as aulas e já as juras são passado. A vertigem do consumismo ainda não abandonou os argutos economistas e lideres políticos mundiais… parece que ninguém parou para pensar que tal não é possível. Não temos árvores suficientes, nem água, nem petróleo, nem carvão… nem tão pouco urânio que aguentem a China, a Índia, o Brasil e o despertar de África.

Continuando o caminho alguém terá que perder… será inevitável uma luta mais feroz pelos recursos, pelo território, pelo controlo… uma espécie de regresso aos primórdios da civilização… de negação ao Renascimento e ao Iluminismo. É esse o caminho que estamos a trilhar?! Não haverá outro?!

Certamente que há. O problema é que esse caminho envolve mais trabalho, mais sacrifício, mais solidariedade entre seres humanos… envolve uma mudança de paradigma e gente capaz de liderar. É sina deste blog, acaba sempre tudo na ausência de um líder à altura… como aqueles que ainda se viam pelo mundo quando eu era apenas um miúdo.

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Imagem de perfil

De manuelfernandes9 a 18.12.2011 às 07:13

Em Janeiro ouvi alguem dizer:
Não era bem isso o que eu queria dizer;e só disse o que disse porque achei bem dizer,mas agora pensando o que disse...já não sei o que diga porque fica mal eu dizer!
Em Dezembro no mesmo contexto:
Finalmente percebi o significado do contexto -até porque existiu uma mutação do contexto-depois de uma viagem que fiz num contexto cultural ,percebi que o contexto era um bom contexto e que tive que dar a volta ao contexto.Tudo isto em nome de um contexto mais amplo!
Não,aqui ninguem é aldrabão...Aqui ninguem é hipocrita!
É como dizia o outro:só os burros é que não mudam...

Comentar post





Comentários recentes

  • Anónimo

    Tem o PDF do livro?

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...