Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Comentários recentes

  • Anónimo

    Tem o PDF do livro?

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...



subscrever feeds



Ainda o cheiro de alcatrão não desapareceu do troço Messines – Algoz da EN 264 e já uma nova ameaça paira sob a cabeça dos automobilistas que por ali têm que circular diariamente: a “introdução de portagens”!

Não se tratam das habituais “portagens”, com pórticos, via verde e tickets… mas sim de um modelo mais rebuscado que se encontrou para que o cidadão pague rapidamente as obras que os seus impostos deveriam ter pago com juros. Falo-vos da caça à multa que se instalou por aquelas bandas, com a GNR e a BT a frequentarem assiduamente a zona em busca dos incautos que passam no Fica Bem a 70Km/h. Ninguém escapa… automóveis ligeiros, pesados, tractores e motociclos… há que surripiar às pessoas todos os tostões que têm no bolso. Há que virá-los de pernas para o ar e sacudir até que caia o último centavo, porque isto de usar uma estrada nova sem pagar são coisas para alemães ou dinamarqueses.

Esta esforçada aplicação da lei por parte das autoridades seria de louvar num país em que Oliveira e Costa, Duarte Lima, Armando Vara, José Sócrates e muitos outros larápios estivessem atrás das grades. Como não estão é apenas mais uma gota no copo que um dia há-de transbordar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Comentários recentes

  • Anónimo

    Tem o PDF do livro?

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...



subscrever feeds