Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Comentários recentes

  • Anónimo

    Tem o PDF do livro?

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...



subscrever feeds



As várias candidaturas esgrimem também argumentos nas redes sociais. Pelas movimentações, likes e comentários nas respectivas páginas de Facebook também conseguimos medir a aceitação que cada candidato tem junto dos seus eleitores.

 

Mais do que o número de likes ficamos a saber que nas candidaturas de Rogério Pinto, David Marques e Fernando Serpa a maioria dos likes vêm de Silves, de pessoas entre os 25 e os 44 anos. Já a candidatura de Rosa Palma tem maior número de likes que todas as outras e a maioria desses likes vem de São Bartolomeu de Messines. As candidaturas de Rogério Pinto e Fernando Serpa têm mais de 30% dos likes feitos por pessoas que residem fora do concelho de Silves. 
Quanto ao movimento, a candidatura mais activa nas redes sociais é a do BE. Com mais posts, mais fotos, mais comentários e mais gostos por parte de visitantes. Logo depois a da CDU. A última é a de Rogério Pinto, com apenas 3 publicações. 
Interessante também analizar os gráficos que demonstram a evolução de visualizações e likes de cada um:
Confiança na Mudança - tem vindo numa trajectória descendente.
Agora Silves da Terra ao Mar - também a descer no número de visualizações, depois de um pico recente.
Sempre o Mais Possível - Após um pico, estabilizou e ganha agora tendência de subida.
Trabalhar sempre - Pico inicial, bateu no fundo e agora tem tido sinais de algum movimento.

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Dércio a 28.08.2013 às 19:02

Correio da Manhã - 28 de Maio de 2013.

Armação de Pera: Desinfestação foi feita tarde demais.

Poupança deu origem a praga.

Corte na prevenção em Silves contribuiu para o aparecimento de praga de mosquitos.

Por:Rui Pando Gomes/José Carlos Eusébio

A decisão de não gastar dinheiro na contratação de uma empresa especializada para fazer desinfestações, entre fevereiro e maio, foi fatal e deu origem à praga de mosquitos que se tornou incontrolável, em Armação de Pera (Silves) e na zona da lagoa dos Salgados (Albufeira).

Ao que o CM apurou, todos os anos é contratada uma empresa especializada no combate de pragas. Este ano, apurou o CM junto de fonte da Câmara de Silves, a decisão foi "não gastar dinheiro em desinfestações". A aplicação de larvicidas foi feita por funcionários da autarquia, apenas em julho, ou seja, tarde demais. "Não foi feita nenhuma desinfestação até final de maio. A autarquia tem de assumir a falha", referiu ao CM a vereadora Rosa Palma, que pediu "os relatórios das operações de desinfestação e controlo de pragas, entre janeiro e julho", mas não obteve resposta. Uma das opções encontradas pela autarquia para matar os insetos foi usar um helicóptero Kamov, sem sucesso.

Já no lado nascente da lagoa dos Salgados, "foram aplicados larvicidas para matar os mosquitos antes de nascerem", garantiu ao CM o presidente da autarquia, José Carlos Rolo. A praga já está controlada.

Enquanto o Dr. Serpa anda a dormir, a Dr.ª Rosa Palma desmascara a mentira!

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Comentários recentes

  • Anónimo

    Tem o PDF do livro?

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...



subscrever feeds