Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Comentários recentes

  • Anónimo

    Tem o PDF do livro?

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...



subscrever feeds



Este senhor acha que o Penedo Grande abusa da linuagem porca e obscena.

Nas autárquicas de 2005 Isabel Soares conseguiu 44,4% dos votos no concelho de Silves. O suficiente para ser reeleita como Presidente da Câmara. Não se discute que assim os silvenses o quiseram, nem tão pouco a legitimidade da vitória.
 
Em Messines e em São Marcos da Serra– e só estas duas freguesias me interessam – Isabel Soares teve 1.789 votos num universo de 8.736 inscritos. Lembro-me desse dia e da azáfama dos autocarros da CMS e os carros de campanha IS, já descaracterizados, a “carregar” eleitores até às “portas da vila”. Lembro-me também de nas semanas antes todos os recursos da autarquia terem sido postos ao serviço da campanha IS. Os outdoors a prometer a nova Escola Primária, o Jardim Municipal e a célebre Estalagem são um clássico. Por essa altura a estrada Silves – Messines foi “convenientemente” arranjada e os buracos da estrada Messines – Algoz “criteriosamente” tapados. Por todo o lado viam-se máquinas e homens da CMS a “trabalhar”. Um belo cenário.
 
Todo este esforço de campanha – nem discuto se legal ou não porque isso é responsabilidade dos partidos que concorreram às eleições – rendeu 35% de votos em Messines e 37% em São Marcos. Ou seja 65% e 63%, respectivamente, NÃO votaram em Isabel Soares, apesar de tudo isto e da fraca oposição que PS e CDU apresentaram nessa altura.
 
Isto tudo para dizer que não me calam com essa treta de os silvenses estão com Isabel Soares! Os silvenses até podem estar. Os de Messines e de São Marcos não estão com certeza. Sejamos sérios o suficiente para reconhecer que na Democracia portuguesa os Presidentes em funções têm sempre 10 pontos percentuais de avanço. Isto sem colocarem a “máquina” a funcionar.
 
PS. Acusam-me de ter uma linguagem imprópria aqui no meu blog. Sobre isso apenas digo: O blog é meu, só lê quem quer e falo como bem entender. Posso dizer os palavrões que quiser porque escrevo para mim, e para alguns amigos, sem pretensões de ter qualquer cargo ou responsabilidade na vida politica do concelho. Todos os que aqui vem devem ser adultos. Pudicos e “criancinhas” não devem ler este blog. Está feito o “disclaimer”.
A terminar relembro que, há 6 anos, numa Assembleia de Freguesia na Junta de Freguesia de Messines, Isabel Soares disse, e passo a citar: "Os abstencionistas são como os paneleiros!". Eu estava lá, sou testemunha, com uma sala apinhada de gente...

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Joaquim Santos a 06.05.2007 às 20:56

Joaquim Santos
Obrigado pelos valores, pelos vistos a Srª Presidente estava muito enganada. Pois não acredito que exista tantos “paneleiros” no Concelho. E se existissem já ela tinha exilado para a ilha do Sal ou para Marraquexe
Em relação ao colocarem aqui o nome das pessoas aqui que demonstram as sua opções sexuais, profissionais, religiosas ou outra, acho de uma mediocridade intelectual sem precedentes. Estamos num pais livre, apesar de existir ainda muita gente com mentalidades retardadas. Só espero que essas pessoas evoluem ou então que essa geração passe muito depressa.
Joaquim Santos

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Comentários recentes

  • Anónimo

    Tem o PDF do livro?

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...



subscrever feeds