Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Comentários recentes

  • Anónimo

    Tem o PDF do livro?

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...



subscrever feeds



Custa-me entender como é que numa vila tão pequena como Messines a comunicação entre as instituições é inexistente. A testemunhar isto mesmo temos os dois torneios de Futebol de Verão realizados em simultâneo… com os campos separados por poucos metros e os adeptos da modalidade condenados a “espreitar” um bocadinho de cada torneio na tentativa de ver amigos e conhecidos a jogar no respectivo Torneio de Verão.
 
Até é engraçado que, começando hoje o verão, já se tenham iniciado os dois torneios.
 
Quando, há 7 anos, com a ajuda do Chico Cuiça, organizei o Torneio de Verão para Atletas Amadores não havia em Messines qualquer torneio da modalidade. No ano seguinte a organização ainda foi da nossa autoria mas depois a Casa do Povo teve a iniciativa de fazer o que lhe competia e responsabilizou-se pela organização do evento.
 
Recentemente o Messinense também quis aproveitar o Verão para lançar o seu torneio. Deu-lhe o nome de Francisco Vargas Mogo e eu aposto que, se fosse vivo, o homenageado ficaria bastante irritado pela falta de comunicação flagrante entre o Messinense e a Casa do Povo. Chegou-se ao ponto de a mesma equipa ter que escolher o jogo a que iria faltar por jogar à mesma hora nos dois torneios. Ridículo.
 
Ainda acrescento que, havendo dois torneios, pelo menos um deveria ser destinado aos não federados. Deveriam pensar naqueles atletas que, como eu, gostam de “brincar” ao futebol e não se sentem estimulados a jogar no mesmo torneio onde joga toda a equipa do Messinense, meia do Silves e umas dezenas de futebolistas profissionais (ou semi-profissionais). Como é obvio ninguém gosta de fazer o papel de “saco de boxe” e isso afasta muita gente de Messines em benefício de muita gente de fora.
 
Um dos factores que tornou o nosso saudoso torneio polémico e inesquecível foi precisamente a condição de não se aceitar a inscrição de jogadores federados. Quem se lembra sabe que foi um Torneio divertido, bem disputado, emotivo e com imenso “fair play”. Até se descobriram alguns talentos escondidos por trás da “barriguinha” de cerveja.
 
É caso para perguntar se Zé Piasca e Pedro Mascarenhas estão com medo que o verão acabe?? Apesar de amigos... cartão amarelo para os dois…

Autoria e outros dados (tags, etc)


3 comentários

Sem imagem de perfil

De ailéh a 28.06.2007 às 17:30

PERGUIÇOSO:::::::
:-))))
Imagem de perfil

De Paulo Silva a 28.06.2007 às 21:30

Não sei se leste bem... mas lá no teu blog a boca dos desenhos horrorosos era para ti...
Sem imagem de perfil

De Ailéh a 28.06.2007 às 23:57

li sim e soltei duas velentes gargalhadas, tu ficaste traumatizado ? eram mesmo horrorosos~os meus desenhos,uma linha recta que saia sempre curva, uma circunferencia paralelipedo.
arte e comigo
:-))) beijo e até sabado

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Comentários recentes

  • Anónimo

    Tem o PDF do livro?

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...



subscrever feeds