Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Comentários recentes

  • Anónimo

    Tem o PDF do livro?

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...



subscrever feeds



Entrava em Messines esta manhã e, das duas uma, ou sou eu que só cá venho de manhã em dia de acidente, ou há ali acidentes quase todos os dias.

 

 

Já se sabe que a estrada não é responsabilidade da Câmara mas o bem estar e a segurança das populações SÃO. Houvesse vontade politica e em vez da "porcaria" do Museu "laranja", criteriosamente colocado ao lado do que se começa a assemelhar a uma sucata, tínhamos já no local uma rotunda ou uma passagem desnivelada.

 

 

Ainda ali se vão perder mais vidas se nada se fizer URGENTEMENTE porque os muitos cidadãos - na sua maioria já idosos - que usam motorizadas e "carros mata velhos" para vir à vila tem cada vez menos reflexos e de trânsito percebem cada vez menos. Hoje parece que foi só chapa... e amanhã?!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

De José Meireles a 10.07.2007 às 15:00

Amigo Paulo Silva

Sobre esse cruzamento de Messines, na EN 124, o Terra Ruiva em tempos publicou um artigo sobre o assunto. Vale a pena repescá-lo para uma nova publicação e associado a uma pequena manifestação no local, talvez a população se faça ouvir junto da comunicação social.

Quem sabe um dia alguém dê atenção às mortes e aos acidentados que ocorrem quase diariamente nesse local.

A junta de Freguesia pode e deve tomar a iniciativa de exigir uma rotunda no local, junto das Estradas de Portugal, apresentando um pequeno estudo para o efeito.
Aliás, não compreendo porque é que as Estradas de Portugal, quando fez a manutenção/reparação de tão importante eixo viário interior, não transformou o cruzamento em rotunda. E nesta parte, devo acrescentar que a autarquia é co-responsável porque não soube exigir. Tivesse havido um maior empenho por parte da autarquia e esse problema hoje estaria resolvido, assim como o de Pêra.
Sem imagem de perfil

De curioso a 11.07.2007 às 01:57

Eu a muitos anos que tenho uma duvida, que agradecia que me confirmassem. Quando a estada Silves S.B. Messines foi arranjada no tempo do Mário Soares foi porque era só para cair nas boas graças do ou porque era mesmo necessário?
Obrigado

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Comentários recentes

  • Anónimo

    Tem o PDF do livro?

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...



subscrever feeds