Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Comentários recentes

  • Anónimo

    Tem o PDF do livro?

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...





Há dias em que, já diz o outro, de manhã, nem de tarde, se pode sair de casa à noite. Já aqui tinha lido, no meu próprio blog, no Cbox, uma frase de um tal “PSD” que dizia: “VIVA ISABEL SOARES! ABAIXO TODOS OS QUE SE QUEREM METER NA POLITICA ARMADOS EM ESPERTOS.”… Pareceu-me provocatória e a provocações eu não reajo. O pior é quando, em vez de provocações, nos brindam com tiques “neo-fascistas”. Isso, meus senhores, deixa-me possesso.

 
Uma “cidadã silvense”, zelosa em demasia da Dra. Isabel Soares, disse, a propósito do Abaixo-assinado que está em curso neste blog e na vila, para um comerciante que tentava pedir a sua assinatura: “Mas porque é que as pessoas não se limitam a votar de 4 em 4 anos e têm que se meter na política!”. Esta é uma bela “fotografia” do apoiante “tipo” de Isabel Soares: uma pessoa que acha abusivo que alguém tente manifestar a sua opinião e participar na construção do município onde vive. Consegui conter-me, em parte porque a senhora em causa era com certeza sexagenária, e acabei por sair do estabelecimento sem registar o Totoloto.
 
Achei que devia partilhar este “apanhado”…

Autoria e outros dados (tags, etc)


4 comentários

Imagem de perfil

De Paulo Silva a 06.04.2009 às 21:28

É sempre um prazer ter o Ti Jaquim Estravanca entre nós... o meu mail é paulo.silva5@sapo.pt basta contactares.

Abraço,

Comentar post





Comentários recentes

  • Anónimo

    Tem o PDF do livro?

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...