Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Comentários recentes

  • Anónimo

    Tem o PDF do livro?

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...





67 pessoas assinaram a petição a favor de uma Coligação de Esquerda em Silves. Se analisarmos a coisa na proporção do número de eleitores tivemos maior adesão que a petição pela Esquerda Unida em Lisboa… é obra!

 

Sabíamos que seria praticamente impossível conseguir a coligação. Infelizmente a nossa política autárquica é movida por “interesses” que nada “interessam” à população e ao concelho. Falhamos, mas pelo menos tentamos.
Resta-nos agora assistir ao que se segue. “3 senhoras” disputam a câmara e apenas uma delas merece da opinião pública o chamado “benefício da dúvida”. A candidata da CDU é uma “refrescante” novidade neste concelho e o nome de João Estevens na Assembleia Municipal, a apoiá-la, promete complicar as contas às outras duas… pelo menos em Messines. Até lá teremos tempo de ver quem merecerá o nosso voto “útil”…
Por cá, dizem, teremos as mais renhidas eleições para Presidente da Junta de que há memória. José Vítor está “desgastado” perante muitos e vê pela frente um candidato da CDU que promete “agitar as águas” ao mesmo tempo que, do lado do PSD, se promete a maior surpresa destas eleições com um independente e insuspeito nome a avançar de “laranja” ao peito.

Autoria e outros dados (tags, etc)


13 comentários

Sem imagem de perfil

De Joaquim Santos a 30.05.2009 às 19:00

Exº Senhor
Não retiro nem uma palavra. Se o Srº José Paulo é chulo e parasita, por possivelmente trabalhar e ganhar o seu sustento. Então como trabalhadores, somos todos uns parasitas e chulos, a diferença está em trabalhar por conta de outrem ou a título particular.
Misturar as pessoas quem lhe disse que eu estava a falar em politiquices, possivelmente o Srº estava distraído e não entendeu. Eu referia-me as atitudes pessoais e técnicas
Possivelmente o Srº ainda vai acreditando nas políticas, e não tem abertura de espírito para ver se elas são puras especulações e enganos e analisar quem as crias.
Possivelmente o Srº acreditou no Engº Sócrates quando ele disse que não aumentava os impostos ou então acreditou nos 175000 postos de trabalho.
"Quem mente uma vez mente um cento"

Com os melhores cumprimentos

Joaquim Santos

Comentar post





Comentários recentes

  • Anónimo

    Tem o PDF do livro?

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...