Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Comentários recentes

  • Anónimo

    Tem o PDF do livro?

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...



subscrever feeds



Recebi hoje uma convocatória “personalizada” para Assembleia Socialista de Silves. A data será 12 de Setembro e, para grande pena minha (que já tinha decidido dar a cara na próxima a que fosse chamado), não poderei estar presente por estar fora do país em trabalho (estarei em “Constantinopla”  entre 10 e 15 de Setembro).

Registo duas coisas:
- O discurso de unidade partidária que chega atrasadíssimo e demonstra uma falta de sensibilidade politica gritante,
- O envelope “esquisito” que obriga a dobrar a folha A4 como se fosse um “voto” e nos dá a ideia de que a carta foi enviada por pequenos “gnomos” que, alegremente, manufacturaram tudo aquilo,
De qualquer forma faz-se prova de que existiram duas reuniões, uma a 2 de Maio (da qual não fui informado por escrito porque provavelmente ainda não estava nos cadernos… justiça seja feita) e outra a 19 de Junho (que por “azar o meu” me apanhou de férias)… e isso fica aqui para conhecimento de todos. Nos dois casos o “presidente da Assembleia de Messines”, José Vítor Lourenço, teve o cuidado de me avisar e justiça lhe seja feita… como socialista e homem do partido ele não falha.
O que eu quero dizer quando falo na falta de comunicação com os militantes não é que se devam marcar mais reuniões (até porque estas 3 eram necessárias para legitimar a “trupe”). O que quero dizer é que os emails, os boletins informativos, as circulares e as newsletters são uma realidade essencial aos partidos modernos, dinâmicos e que almejam ganhar alguma coisa.
Registo com agrado o “autógrafo”, que guardarei para a posteridade.

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 08.09.2009 às 10:19

"Registo duas coisas:
- O discurso de unidade partidária que chega atrasadíssimo e demonstra uma falta de sensibilidade politica gritante,
- O envelope “esquisito” que obriga a dobrar a folha A4 como se fosse um “voto” e nos dá a ideia de que a carta foi enviada por pequenos “gnomos” que, alegremente, manufacturaram tudo aquilo,
[...]
Registo com agrado o “autógrafo”, que guardarei para a posteridade."


Eu com este post também registo pelo menos uma coisa importante:
- Um tipo que ao receber uma convocatória do partido regista factos sem qualquer importancia como uma folha dobrada em 4 partes demonstra que, não é por nada, mas deve de ser mesmo do contra em tudo, e tipos destes nao ajudam em nada um partido, se o partido ja esta pouco unico como o dizem aqui, você só contribui para uma maior falta de união entre todos os militantes do partido.
Já agora quem regista o envelope e o autografo também podia registar algo como:

- E o selo era bonito?

- A folha era branca ou de papel reciclado?

- O carimbo dos CTT estava bem visivel?

....

Acho que "registos" como estes que acabei de citar são também muito importantes, se poder digite aqui a sua observação e relação aos mesmos, pois as suas observações sao do melhor que pode existir.

Espero que os ares de “Constantinopla” lhe façam bem e que volte com umas ideias melhores e uma vez que escreve que escreva alguma coisa de jeito, é que honestamente isto nao tem ponta por onde se lhe pegue e continuando a ser honesto, registos como os que o senhor faz não me parece que o façam crescer dentro do partido. O ideal seria deixar de lado estes registos sem qualquer sentido e ajudar o partido positivamente. Essa sua ironia parola já perdeu a piada (se é que alguma vez teve piada!!!).

Imagem de perfil

De Paulo Silva a 08.09.2009 às 11:40

Sabe meu caro anónimo, ao ler o seu comentário… reconheci-lhe a letra! Era a mesma que vinha no envelope (cá está a minha ironia parola que tanto o irrita).
Na empresa onde trabalho recebemos muitos “envelopes” todos os dias e digo-lhe que “Envelopes Americanos”, com missivas dobradas ao estilo “boletim de voto” e endereço manuscrito apenas recebemos de “velhotes” ingleses que os compraram no final da 2ª Guerra e que ainda suspiram pelo Imperialismo Britânico. Até dizem no meio que aquele envelope é o “Envelope tipo Velho”.
Parolo, meu amigo, é aquela apresentação para um partido importante como o PS Silves. Parolo, meu bom amigo, é achar normal estas coisas. Será um passo em frente se na próxima convocatória se chegar um envelope DL com uma apresentação normal!!

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Comentários recentes

  • Anónimo

    Tem o PDF do livro?

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...



subscrever feeds