Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Comentários recentes

  • Anónimo

    Tem o PDF do livro?

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...



subscrever feeds



Mais registos...

17.09.09

Voltei da minha viagem e voltam comigo os “registos”, tão do agrado do “meu amigo anónimo” (repare nas aspas)…

Registo 4 coisas:
- Começou a campanha de Isabel Soares. A confiança é tal que até se dá ao luxo de dar meses de avanço à “concorrência”. Merecia pagar pela arrogância, mas nem sempre as pessoas têm o que merecem. Os outdoors têm bom contraste e uma imagem “clean” mas desta vez estão lá os defeitos… aquele “recorte” da sua foto está péssimo e a cara da Dra. passa bem a imagem do “desgaste” que tem em cima. Em relação às frases apenas acho que faltou a essencial: por mim!
- A rotunda do cruzamento Messines – Algoz começou a ser embelezada. Passei por lá hoje e ocorreu-me precisamente aquilo que o Tonny disse ali no “CBox”: enquanto foi preciso resolver o problema do perigo que aquele cruzamento representava para as populações ninguém fez nada porque não havia dinheiro, mesmo com gente a morrer a cada ano. Agora que se trata de “Propaganda eleitoral” com o único objectivo de reeleger a senhora presidente já há dinheiro (até para “plantar estevas” e depois arrancá-las) para fazer uma rotunda em pedra grés com oliveiras. É uma vergonha, ainda mais sabendo-se que o cruzamento continua sem iluminação e por isso continua a colocar em risco os peões que ali passam todos os dias.
- O candidato da CDU à junta fez a apresentação da sua candidatura na zona histórica da vila. Uma excelente ideia que é a prova de que a politica local precisa de cabeças novas como de “pão para a boca”. Parabéns ao João Carlos Correia… para já ganha experiência mas o futuro há-de reservar-lhe outros voos.
- O Presidente da Junta vai fazer o jantar de apresentação da sua candidatura já no próximo dia 25 de Setembro. Espero que ganhe e que volte a ser eleito o presidente da nossa freguesia. Por vezes a “agressividade”, que eu acho que lhe falta, mais não é do que consciência da realidade e experiência. Isso ele tem mais do que todos os outros juntos. Sou capaz de reconhecer que algumas vezes fui injusto com ele por esperar mais acção… à distância até reconheço que a sua atitude foi a mais sensata. Noutras mantenho a opinião de que cometeu erros, mas... quem não os comete?!

Autoria e outros dados (tags, etc)


5 comentários

Imagem de perfil

De Paulo Silva a 19.09.2009 às 00:09

Paula e Tânia (duas “senhoras” que muito prezo),
Admito que até haja “clubite” no meio disto tudo. Afinal de contas estas coisas dos partidos têm muito a ver com os clubes de futebol. Mas…
Tânia, falas do programa que o Zé Vítor não cumpriu?! Tanto quanto me lembro a CDU não apresentou nenhum programa quando se candidatou às últimas autárquicas em Messines (se o havia não foi tornado público)! Terá sido por “esquecimento” ou por medo de assumir um compromisso com as pessoas?! Tanto quanto sei também ainda não é do conhecimento público qualquer programa para este acto eleitoral?! É verdade?! Se é deixa que te diga: assim, com programas invisíveis (isto partindo do princípio que a CDU tem um programa, porque acredito que o tem), é fácil cumprir na integra promessas eleitorais!... ou pelo menos dizer que se cumpriram. Estou certo que hás-de “rebuscar” aí alguma coisa para “me atirar” à cara… eu mereço.
Paula, se há coisa que eu defendo é a exigência. É esse o grande deficit do nosso concelho e é na esperança de que os níveis de exigência das pessoas subam que procuro sempre assumir uma posição crítica em relação ao que se passa na vila, apesar de muitas vezes ser difícil por estar fora da sua realidade diária. Reconheço valor ao candidato do PSD e ao da CDU. Apesar de não serem do meu círculo de amizades, julgo ter uma impressão suficientemente fundamentada sobre cada um para poder dizer que ambos possuem características apreciáveis. Contudo, e analisando as necessidades da freguesia, concluo que nenhum deles é a melhor solução para Messines.
Sei bem onde queres chegar com a questão da relevância do “resto da lista”… concordo com isso e até sou menino para dizer que nesse capitulo ninguém bate a CDU (seja nas freguesias ou no concelho). A questão é que na prática o exercício das funções autárquicas acaba por ser, como diz a Tânia, um “one man show” total, com os restantes eleitos a “abdicarem” dos cargos ou a “esquecerem-se” das responsabilidades que têm. Os próprios eleitores não se lembram mais de quem estava nas listas, nem tão pouco entendem “porque raio” são necessárias tantas pessoas para se fazer uma lista a uma junta de freguesia. É a exigência…
Sem imagem de perfil

De Tânia Mealha a 19.09.2009 às 02:24

Bem não te atiro nada à cara, nem gosto dessas coisas. Prezo as discussões saudáveis. Tens direito à tua opinião como eu tenho direito à minha.
A CDU teve programa há 4 anos, aliás não me lembro de eleições sem programas na CDU. Aliás ainda distribui uns quantos!!!!! Vou procurar a ver se tenho um para te disponibilizar.
O PSD de Isabel Soares é que há uns anos tinha um folheto com os candidatos para a Câmara só com fotos, sem programa.
Quanto ao deste ano acho que muito em breve vais vê-los a circular, por agora podes encontrá-los aqui:
http://www.cdusilves2009.com/candidatos-cms.php

Há medida que forem publicados vão sendo disponibilizados neste espaço.
Sem imagem de perfil

De Tânia Mealha a 19.09.2009 às 02:27

Esquecia-me duma coisinha, importante! A equipa é importante porque há autarcas que trabalham em equipa e os que não trabalham. No caso da CDU são todos importantes porque um homem sozinho não consegue dar resposta às necessidades da população de uma freguesia. Como se viu (aceitando a tua opinião de que o José Vitor é um “one man show” total, com os restantes eleitos a “abdicarem” dos cargos ou a “esquecerem-se” das responsabilidades que têm)!
Imagem de perfil

De José Paulo de Sousa a 19.09.2009 às 08:34

Isto tá bonito, estou a gostar principalmente agora que ao fim de 16 anos estou do lado de fora, sim eu sei que já lá estive e que tenho culpas em quase tudo ...(é só para poupar trabalho), mas estar do lado de fora é bom permite que se possa ver se calhar com um pouco mais de clareza sem facção :) e a única coisa que vejo ou por outra não vejo são os programas que liberto das teias ideológicas :) vou poder analisar e após isso ver na minha modesta opinião se o candidato e a sua lista tem alguma capacidade de vir a cumprir, e não esquecer enquadrar as promessas incertas nos programas eleitorais nas competências das Juntas de freguesias... e após isso votar.
Já agora Notáveis Messinenses , falta lá gente ? de certeza que sim, mas há uma coisa com que os Portugueses vivem mal é em reconhecer qualidades aos seus congéneres nos Notáveis falta lá gente? repito de certeza que sim mas sou forçado a aceitar que os que lá estão algo fizeram em vários campos da vida cívica , desportiva, politica e económica e, digo mais toda a gente sabe que não sou oriundo de São Bartolomeu de Messines, sou de uma freguesia da cintura industrial do Porto que sozinha tem mais gente que o concelho de Silves todo, mas garanto que nunca se lembrou de uma homenagem aos grandes da terra e é pena ao menos nesta terra que apesar de não ser minha considero como tal, alguém se lembrou de o fazer com eros? é claro mas fez-se uma homenagens a alguns dos notáveis Messinenses e, note-se não estou a defender o Zé Victor. Há quatro anos votei no Zé Salvador, por isso não o estou a defender . Estou sou a constatar que batem tanto no Livro e na inciativa porque não aceitam a falta de a b ou c , não ficaram no livro mas não estão arredados da memória dos Messines pelo menos estão na toponímia da Vila.
Desculpem este tempo que vos tomei e " EU SEI QUE JÁ LÁ ESTIVE " ;) fiquem bem
Até já
Sem imagem de perfil

De Tânia Mealha a 19.09.2009 às 14:23

Ter lá estado não significa que não possa ter opinião, e que não a possa exprimir. Acho que ainda vivemos em democracia. Depois, analisando os factos, não está lá agora, pois não?!
O que seria inaceitável era, por exemplo, a Presidente exprimir opinião contrária ao seu próprio desempenho, isso sim seria ridículo!

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Comentários recentes

  • Anónimo

    Tem o PDF do livro?

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...



subscrever feeds