Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Comentários recentes

  • Anónimo

    Tem o PDF do livro?

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...



subscrever feeds



Mais registos...

17.09.09

Voltei da minha viagem e voltam comigo os “registos”, tão do agrado do “meu amigo anónimo” (repare nas aspas)…

Registo 4 coisas:
- Começou a campanha de Isabel Soares. A confiança é tal que até se dá ao luxo de dar meses de avanço à “concorrência”. Merecia pagar pela arrogância, mas nem sempre as pessoas têm o que merecem. Os outdoors têm bom contraste e uma imagem “clean” mas desta vez estão lá os defeitos… aquele “recorte” da sua foto está péssimo e a cara da Dra. passa bem a imagem do “desgaste” que tem em cima. Em relação às frases apenas acho que faltou a essencial: por mim!
- A rotunda do cruzamento Messines – Algoz começou a ser embelezada. Passei por lá hoje e ocorreu-me precisamente aquilo que o Tonny disse ali no “CBox”: enquanto foi preciso resolver o problema do perigo que aquele cruzamento representava para as populações ninguém fez nada porque não havia dinheiro, mesmo com gente a morrer a cada ano. Agora que se trata de “Propaganda eleitoral” com o único objectivo de reeleger a senhora presidente já há dinheiro (até para “plantar estevas” e depois arrancá-las) para fazer uma rotunda em pedra grés com oliveiras. É uma vergonha, ainda mais sabendo-se que o cruzamento continua sem iluminação e por isso continua a colocar em risco os peões que ali passam todos os dias.
- O candidato da CDU à junta fez a apresentação da sua candidatura na zona histórica da vila. Uma excelente ideia que é a prova de que a politica local precisa de cabeças novas como de “pão para a boca”. Parabéns ao João Carlos Correia… para já ganha experiência mas o futuro há-de reservar-lhe outros voos.
- O Presidente da Junta vai fazer o jantar de apresentação da sua candidatura já no próximo dia 25 de Setembro. Espero que ganhe e que volte a ser eleito o presidente da nossa freguesia. Por vezes a “agressividade”, que eu acho que lhe falta, mais não é do que consciência da realidade e experiência. Isso ele tem mais do que todos os outros juntos. Sou capaz de reconhecer que algumas vezes fui injusto com ele por esperar mais acção… à distância até reconheço que a sua atitude foi a mais sensata. Noutras mantenho a opinião de que cometeu erros, mas... quem não os comete?!

Autoria e outros dados (tags, etc)


7 comentários

Imagem de perfil

De Paulo Silva a 19.09.2009 às 00:09

Paula e Tânia (duas “senhoras” que muito prezo),
Admito que até haja “clubite” no meio disto tudo. Afinal de contas estas coisas dos partidos têm muito a ver com os clubes de futebol. Mas…
Tânia, falas do programa que o Zé Vítor não cumpriu?! Tanto quanto me lembro a CDU não apresentou nenhum programa quando se candidatou às últimas autárquicas em Messines (se o havia não foi tornado público)! Terá sido por “esquecimento” ou por medo de assumir um compromisso com as pessoas?! Tanto quanto sei também ainda não é do conhecimento público qualquer programa para este acto eleitoral?! É verdade?! Se é deixa que te diga: assim, com programas invisíveis (isto partindo do princípio que a CDU tem um programa, porque acredito que o tem), é fácil cumprir na integra promessas eleitorais!... ou pelo menos dizer que se cumpriram. Estou certo que hás-de “rebuscar” aí alguma coisa para “me atirar” à cara… eu mereço.
Paula, se há coisa que eu defendo é a exigência. É esse o grande deficit do nosso concelho e é na esperança de que os níveis de exigência das pessoas subam que procuro sempre assumir uma posição crítica em relação ao que se passa na vila, apesar de muitas vezes ser difícil por estar fora da sua realidade diária. Reconheço valor ao candidato do PSD e ao da CDU. Apesar de não serem do meu círculo de amizades, julgo ter uma impressão suficientemente fundamentada sobre cada um para poder dizer que ambos possuem características apreciáveis. Contudo, e analisando as necessidades da freguesia, concluo que nenhum deles é a melhor solução para Messines.
Sei bem onde queres chegar com a questão da relevância do “resto da lista”… concordo com isso e até sou menino para dizer que nesse capitulo ninguém bate a CDU (seja nas freguesias ou no concelho). A questão é que na prática o exercício das funções autárquicas acaba por ser, como diz a Tânia, um “one man show” total, com os restantes eleitos a “abdicarem” dos cargos ou a “esquecerem-se” das responsabilidades que têm. Os próprios eleitores não se lembram mais de quem estava nas listas, nem tão pouco entendem “porque raio” são necessárias tantas pessoas para se fazer uma lista a uma junta de freguesia. É a exigência…
Sem imagem de perfil

De Antonio Mendes a 19.09.2009 às 08:23

Paulo, basta de tecnalidades.
Sentes Messines 4 anos depois, está melhor? Ou a culpa é sempre dos outros para defender o Zé Vitor? Lembro-te k esse é o primeiro e único argumento da Zabelinha!
Tu k falas com as pessoas, sentes as pessoas contentes com o trabalho da junta? Se assim é, é porque conseguiste encontrar todos os k tem os caminhos arranjados..
Então e aos restantes? Acha k a população de Messines não tem direito a aspirar a uma melhor qualidade de vida? Não sentiste a diferença quando te mudaste para Albufeira?
Resume-se então ser presidente de junta ao não-posso-fazer-mais-porque-a-Zabelinha-não-deixa?
Ou precisamos de alguém cheio de energia e vontade para lutar COM TODA A GARRA pelos interesses do messinenses?
...
Pensa lá bem, e depois logo me dizes qualquer coisa?

PS. - Custava alguma coisa ao Zé Vitor AO MENOS "pintar" as passadeiras para k as pessoas podessem atravessar a rua sem sobressaltos, demontrando que se importava ao menos nesta epoca de eleições?
Não, deixa lá isso. O k nós tamos a precisisar é de mais eventos AlgarveMais!!??
Imagem de perfil

De José Paulo de Sousa a 19.09.2009 às 08:39

Bom dia vejo que ambos somos madrugadores porque parece que estávamos a escrever ao mesmo tempo...
Quanto às passadeiras algumas irreconhecíveis algumas em locais que não lembra ao demo ;) não tenho a certeza a cem por cento mas essa é outra das competências que a junta não tem.
E , agora vou à bica e ao DN até já
Sem imagem de perfil

De Antonio Mendes a 19.09.2009 às 12:54

Curioso o seu comentário sobre as "Competências", faz-me lembrar as minhas discussões com a Dra. Isabel Soares e os direitos autorais do cruzamento (participei na comissão de utentes). Chegou a ser hilariante! É por esta razão k eu abomino as politiquices. Vejo as questões de uma forma simples. Existe um problema k pode causar danos irreversíveis, discute-se o problema, quem o pode resolver e RESOLVE-SE O PROBLEMA NO DIA OU NA SEMANA, NO MÁXIMO. É à pala das "Competências", que quando se parte uma torneira de um urinol numa escola primária, 4 meses depois, as crianças ainda tem k gramar com o cheiro nauseabundo.. e na C.M.Silves discutem que não sabem muito bem qual o departamento k tem as "Competências" pra lá ir!!?? Se acha isto normal, então não sei.. Assim como tb não se inaugura um jardim cujas arestas vivas podem matar ou cegar uma criança, só porque o corta-fitas fica bem nas revistas.. Ou se inaugura "desfiles de vaidades", enquanto boa parte da população vive na precariedade laboral, monetária e já agora, com qualidade de vida na sua vida, no mínimo percária. Penso k isto, até o Sr. que é uma pessoa remediada é capaz de reconhecer. Tenha lá uma boa bica, que a minha já faz umas horinhas que a tomei. : /
NOTA: em Portugal, não SE AGE, apenas SE REAGE, e a prevenção é um nome feio! Será preciso alguém morrer nas passadeiras para depois ficarmos todos indignados?
Imagem de perfil

De José Paulo de Sousa a 19.09.2009 às 15:08

Boa tarde,

Não discordo do que diz embora eu sempre prefira uma ser activo que reactivo, só disse o que disse porque parece-me que as pessoas tem uma ideia um pouco errada do que pode ou não pode fazer um Presidente de Junta só isso
Até já
Sem imagem de perfil

De Tânia Mealha a 19.09.2009 às 16:28

Para que não haja dúvidas do que um presidente de junta pode fazer ou não, deixo aqui a Lei nº 169/99 de 18 de Setembro que estabelece o quadro de competências, assim como o regime jurídico de funcionamento, dos órgãos dos municípios e das freguesias (http://www.box.net/shared/qq1cbjx1th).

Onde se pode ler:

SECÇÃO III - DA JUNTA DE FREGUESIA

Artigo 34º
Competências próprias

1 — Compete à junta de freguesia no âmbito da organização
e funcionamento dos seus serviços, bem como
no da gestão corrente:
a) Executar e velar pelo cumprimento das deliberações
da assembleia de freguesia ou do plenário
dos cidadãos eleitores;
b) Gerir os serviços da freguesia;
c) Instaurar pleitos e defender-se neles, podendo
confessar, desistir ou transigir, se não houver
ofensa de direitos de terceiros;
d) Gerir os recursos humanos ao serviço da freguesia;
e) Administrar e conservar o património da freguesia;
f) Elaborar e manter actualizado o cadastro dos
bens móveis e imóveis da freguesia;
g) Adquirir os bens móveis necessários ao funcionamento
dos serviços e alienar os que se tornem
dispensáveis;
h) Adquirir e alienar ou onerar bens imóveis de
valor até 200 vezes o índice 100 da escala salarial
das carreiras do regime geral do sistema remuneratório
da função pública;
i) Alienar em hasta pública, independentemente
de autorização do órgão deliberativo, bens imóveis
de valor superior ao da alínea anterior,
desde que a alienação decorra da execução das
opções do plano e a respectiva deliberação seja
aprovada por maioria de dois terços dos membros
em efectividade de funções;
j) Designar os representantes da freguesia nos
órgãos das empresas em que a mesma participe;
l) Proceder à marcação das faltas dos seus membros
e à respectiva justificação.

2 — Compete à junta de freguesia no âmbito do planeamento
da respectiva actividade e no da gestão
financeira:
a) Elaborar e submeter a aprovação da assembleia
de freguesia ou do plenário de cidadãos eleitores
as opções do plano e a proposta do orçamento;
b) Elaborar e submeter a aprovação da assembleia
de freguesia ou do plenário de cidadãos eleitores
as revisões às opções do plano e ao orçamento;
c) Executar as opções do plano e o orçamento;
d) Elaborar e aprovar o relatório de actividades
e a conta de gerência a submeter à apreciação
do órgão deliberativo;
e) Remeter ao Tribunal de Contas, nos termos da
lei, as contas da freguesia.

3 — Compete à junta de freguesia no âmbito do ordenamento
do território e urbanismo:
a) Participar, nos termos a acordar com a câmara
municipal, no processo de elaboração dos planos
municipais de ordenamento do território;
b) Colaborar, nos termos a acordar com a câmara
municipal, no inquérito público dos planos
municipais do ordenamento do território;
c) Facultar a consulta pelos interessados dos planos
municipais de ordenamento do território;
d) Aprovar operações de loteamento urbano e
obras de urbanização respeitantes a terrenos
integrados no domínio patrimonial privado da
freguesia, de acordo com parecer prévio das
entidades competentes, nos termos da lei;
e) Pronunciar-se sobre projectos de construção e
de ocupação da via pública, sempre que tal lhe
for requerido pela câmara municipal;
f) Executar, por empreitada ou administração
directa, as obras que constem das opções do
plano e tenham dotação orçamental adequada
nos instrumentos de gestão previsional, aprovados
pelo órgão deliberativo.

4 — Compete à junta de freguesia no âmbito dos equipamentos
integrados no respectivo património:
a) Gerir, conservar e promover a limpeza de balneários,
lavadouros e sanitários públicos;
b) Gerir e manter parques infantis públicos;
c) Gerir, conservar e promover a limpeza dos
cemitérios;
d) Conservar e promover a reparação de chafarizes
e fontanários de acordo com o parecer prévio
das entidades competentes, quando exigido por
lei;
e) Promover a conservação de abrigos de passageiros
existentes na freguesia e não concessionados
a empresas.
Imagem de perfil

De José Paulo de Sousa a 19.09.2009 às 18:34

Cara Tânia ,

Obrigado por me ter lixado o post que ia publicar amanhã :)
mas fez um bom serviço publico..., sempre se deixarão de escutar as coisas mais estranhas que o pessoal quer que os presidentes de junta e suas equipas façam é que realmente as competências são mínimas
e, já agora antes que as vozes comecem a clamar para que o Zé Victor agora ou depois ou o Joaquim ou o joão ou o elemento do BE tratem do jardim municipal faço ver que é Municipal ou seja não se enquadra no numero 4 alínea b)

Um bem haja...!

Até já

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Comentários recentes

  • Anónimo

    Tem o PDF do livro?

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...



subscrever feeds