Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Comentários recentes

  • Anónimo

    Tem o PDF do livro?

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...



subscrever feeds



"Javardices"...

02.10.09

 

O povo português, e os silvenses em particular, estão já imunes à “javardice” política. Esta sempre foi a minha opinião e agora fica comprovada com a ausência de reacção pública à entrevista de Aleluia Cherondo na Voz de Silves. As pessoas acham normal que se façam ajustes directos escandalosos, que se fraccionem facturas para contornar a lei, que se faça a gestão de uma câmara municipal como se de um quiosque de bifanas se tratasse… isto é espantoso. Num país normal esta senhora teria que retirar a sua candidatura, ou pelo menos, seria fortemente penalizada pelos eleitores!
Na entrevista o empresário, que seguramente não foi “anjinho” no meio disto tudo, revela situações comprometedoras e até mesmo alguns crimes fiscais graves. Chama os “bois pelos nomes” e desmente muita da argumentação do actual executivo. Está lá tudo!!! Porque é que ninguém faz nada?! Que raio de país é este?!  
Não se pense no entanto que a “javardice” fica por aqui e é exclusividade do executivo camarário. O facto de o “invertebrado jornalista” Artur Linha publicar esta entrevista na véspera de eleições é também ele uma “javardice”. O facto de “alguém” ter “pago” uma tiragem gratuita de 23.000 exemplares, dando a ideia (ou a certeza!!) de que o “servicinho” foi encomendado, é, também ele, uma enorme “javardice”.
Lembro-me de ouvir todas as forças de esquerda clamar aos céus pela falta de isenção do “jornal do regime”, como lhe chamavam, quando levava Isabel Soares ao colo e reforçava as tiragens para passar a propaganda do PIS. Nessa altura Artur Linha cheirava o poder e garantia a sobrevivência do seu jornal, e dele próprio, sendo um servo fiel de Isabel Soares. Deduzo por isso que o vento deve ter mudado e que o “jornalista” deve ter recebido alguma “sondagem” a indicar-lhe que eram horas de mudar de ares e… ele mudou. O curioso é agora ninguém reclamar com este jornal e com este “jornalista” e ninguém se perguntar quem ele serve?!
Ainda antes de toda a azáfama eleitoral começar eu sabia quem ele servia… até me lembro de um congresso partidário em Lagoa onde uma figura de proa do concelho andou a fazer de ardina, distribuindo aos congressistas exemplares do “pasquim” com uma entrevista sua (quando tinha um pacto, com a liderança desse partido, de não manifestar publicamente quaisquer opiniões). Lamento a todos os que possa ferir ou desiludir mas eu não sou assim. Sou capaz de cometer alguns exageros de discordar e criticar veementemente, mas também sou capaz de reparar os erros e de pedir desculpas… o que não sou capaz é de “virar o bico ao prego” sempre ao sabor de conveniências.

Vamos aos “apartes”:
- Parabéns ao responsável pela campanha do PS Silves. Estes novos outdoors estão incomparavelmente melhores. Aliás, todos os materiais de campanha melhoraram face às últimas eleições. Esta é a prova de que afinal vale a pena criticar.
- Parabéns também ao Engº Carlos Cabrita e à Dra. Rosa Palma pelas boas prestações na Algarve FM. Julgo que ambos conseguiram passar para os ouvintes algo mais que a mensagem política: a sua boa vontade e genuinidade.
- Ainda sobre as entrevistas à Algarve FM, podem ouvir todos os debates na página da rádio em www.algarvefm.pt

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Comentários recentes

  • Anónimo

    Tem o PDF do livro?

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...



subscrever feeds