Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Comentários recentes

  • Anónimo

    Tem o PDF do livro?

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...



subscrever feeds



 

A entrevista da Dra Isabel Soares foi aquilo que se esperava… eu acho que ela acredita mesmo nas coisas que diz e como tal nem vale a pena dizer nada.
Quero apenas chamar a atenção para a questão da Central de Tratamento de Lamas. Diz a senhora que não autorizou nada nem decidiu nada. Toma-nos a todos por parvos ao insinuar que uma empresa privada vai começara uma obra e “torrar a massa” sem ter a garantia de que o projecto é para avançar.
Esta semana (como demonstra a foto) foram colocados, até ao local, postes de média tensão (normalmente utilizados em industrias e coisas deste género)… quer a senhora fazer-nos crer que aquele balúrdio de dinheiro já ali gasto é “o risco do negócio”?! Se assim é este tipo (empresário) é uma espécie de Madoff!!!
Cá para mim esta vai ser mais uma do género “Salt Beach” e Viga… os tipos atravessam-se a pensar que está gente séria na câmara e depois PIMBA! Lixam-se! O que para a população, e neste caso, até convinha.

Apenas mais um registo da entrevista: "Já me aliei ao Bloco de Esquerda... na marcha lenta..." disse a Dra Isabel Soares - a propósito da EN 264 (Algoz - Messines) e da marcha lenta que o Bloco de Esquerda organizou. Uma palavra apenas: Hilariante!

Autoria e outros dados (tags, etc)


3 comentários

Imagem de perfil

De ccor a 08.10.2009 às 14:20

Apenas uma pequena questão dirigida a quem me quiser responder.


Porque razão é contestada a localização da estação de tratamento de lamas?
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Apenas uma pequena questão dirigida a quem me quiser responder. <BR><BR><BR>Porque razão é contestada a localização da estação de tratamento de lamas? <BR><BR class=incorrect name="incorrect" <a>1-Parece</A> que ninguém sabe bem onde vai ficar. <BR class=incorrect name="incorrect" <a>2-Parece</A> que ninguém sabe muito bem se vai ou não causar mau cheiro e, se os causar, se lá estará alguém para o cheirar. <BR><BR><BR>cumprimentos. <BR><BR class=incorrect name="incorrect" <a>CcoR</A> <BR><BR><BR>
Imagem de perfil

De ccor a 08.10.2009 às 14:22

Apenas uma pequena questão dirigida a quem me quiser responder.

Porque razão é contestada a localização da estação de tratamento de lamas?

1-Parece que ninguém sabe bem onde vai ficar.
2-Parece que ninguém sabe muito bem se vai ou não causar mau cheiro e, se os causar, se lá estará alguém para o cheirar.

cumprimentos.

CcoR
Sem imagem de perfil

De Chill-out a 08.10.2009 às 15:30

É pá, ó CcoR, deves estar a brincar com os Messinenses!
Então vamos lá a ver: Pegas na merda das etar's de todo o Algarve e colocas tudo a 1500 m da vila de Messines, a 500 m do sitio dos Campilhos (que tem para cima de 200/250 moradores).
E ainda achas que as pessoas não têm motivo para contestar!!!
São todas parvas? Não, o parvo és mesmo tu e os que tomaram esta decisão!

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Comentários recentes

  • Anónimo

    Tem o PDF do livro?

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...



subscrever feeds