Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Comentários recentes

  • Anónimo

    Tem o PDF do livro?

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...





 

Sobre o assunto da Central de Lamas reuni alguns links de interesse que podem ajudar à discussão:
No site da Junta de Freguesia de Messines foi publicada uma menção ao assunto (têm que puxar a página até ao Edital da CMS)
publicado a 24 de Julho de 2008
No site do Bloco de Esquerda foi publicada, a 23 de Setembro de 2008, a seguinte notícia
Notícia da Algarve FM, a 2 de Outubro de 2008
Temos também este documento da CMS sobre o assunto (PDF):
publicado a 10 de Outubro de 2008
No Jornal Barlavento saiu a seguinte notícia
a 7 de Novembro de 2008
A 29 de Junho de 2009 saiu no Correio da Manhã
O site do PCP também falava do assunto em Fevereiro de 2009 (PDF) (Página 3 à direita)
Mais um documento da CMS (Word) (Página 8, 2º parágrafo)

Parece-me que existe aqui "pano para mangas".

Autoria e outros dados (tags, etc)


6 comentários

Sem imagem de perfil

De Antonio Mendes a 09.10.2009 às 21:03

Caro CCOR
Debate-mos lá as partes.
1. Aprendi assim, e sou aberto do diálogo de visões contrárias para que a mais meritória ganhe. Gosto inclusive de “perder” discussões (desde K ME PROVEM O CONTRÁRIO), porque isso quer dizer k eu evoluo mais um bocadinho e não me deixei ir pelo meu ego. Ganha-se sempre com uma boa discussão! Só que a “asfixia” tem dominado em todos os partidos nestas eleições.
Enquanto eu acho, k exercer um cargo deve pressupor k o político deve ter o grau de moralidade suficiente para assumir a responsabilidade dos seus erros..
Como sempre em Portugal, as culpas morrem sozinhas e depois perguntam-se o porquê da ausência dos eleitores!?
2. Eu sou uma pessoa de acção, e não de reacção. Ou seja, prefiro fazer ou ver feito, em vez de ficar a discutir o “sexo dos anjos”. Ou se preferires, abomino uma linguagem “politiqueira” muito ao agrado dos auto-proclamados “experientes” nestas andanças, que sabendo todo o correcto procedimento, são inconsequentes na acção.. ou fazem a acção acoberto de manobras.
Eu pessoalmente gosto mais das pessoas simples, que expressam o k lhes vai na alma num claro “ou sim ou sopas”!
Dai k eu desde já, diga k a tua suposta votação na CDU e depois já não podes votar.. sei lá parece-me inconsequente.
3. Ignorância não é um nome feio (não pode ser é uma opção permanente), podes confirmar onde quiseres. Mas tem o valor de uma bobedeira, ou seja, não serve como desculpa. Eu quando não sei, informo-me, porque infelizmente nem tudo me vem entregar em casa.
4. Grau de Messinense? Considero k não existe. Existe sim, graus de consideração individuais mal distribuídos. Os velhotes, os pobres e os desempregados desta freguesia k o digam!
Mas se quiseres saber. Nasci cá (sim, leste bem) há 38 anos com 3 de interregno. E tão messinense k assino aqui por nome próprio!
5. “Tenham mão nessa Aninhas que por aqui anda..” “..chegou assim tão rapidamente à conclusão que a minha cabeça era do tamanho de uma ervilha, chupou foi?” Na CDU não há ovelhas. Todos têm direito a opinião. Condescendência é foleira, e estás a "pedir troco"! Rebaixar é a arma dos fracos! Enquanto a 2ª boca, nem preciso de comentar, não achas?
6. Quando falas em “sede de protagonismo” devo traduzir como os únicos k ainda defendem os interesses da população? Eu sei, enfrentando derrotas, e voltando a fazer o mesmo.. em equipa, contra as possibilidades.. isso revela alguma “ingenuidade”, não é?
Pois eu gosto disso, porque eu acho k é um valor em falta numa sociedade egoísta k glorifica "heróis-traiçoeiros" como o Pinto da Costa (o fim justifica tudo!). Poderia continuar por muito mais.. mas fiquemos aqui.
7. Se peco alguma coisa, é por utilizar muito a ironia e isso pode ser interpretado como arrogância. Não é. Não tenho é mais pachorra pra “politiquices”.
Peço desculpa por isso.
Nota: Espero após as eleições poder ir beber um copo entre dois dedos de conversa, com todos os k esgrimi argumentos neste blogue.
Cumprimentos.
António Mendes
Imagem de perfil

De ccor a 09.10.2009 às 21:55

Caro António,

Que raio de conversa mole....
Bom para terminar esta troca de mimos aqui fica:
Desde que entrei nesta converseta sobre as lamas, quis em primeiro lugar saber porque contestavam a dita estação de tratamento, aqui fica o historial, para perceberes que o dizes corresponde à verdade:
1-“Apenas uma pequena questão dirigida a quem me quiser responder.
Porque razão é contestada a localização da estação de tratamento de lamas?” (ccor a 8 de Outubro de 2009 às 14:22)
Algumas das respostas que recebi foram:
“...É pá, ó CcoR, deves estar a brincar com os Messinenses...” (Chill-out a 8 de Outubro de 2009 às 15:30)
“...Para o Srº ou Srª nao se sabe ao certo) CCOR , que não é capas de pelo menos assinar com o nome de gente, aqui vai.... se fores do PSD sempre podes pedir a rainha Isabel uma cunha para por a famosa etar perto da tua porta....” (ana a 8 de Outubro de 2009 às 15:08)
2-Contra resposta minha:
“...Mas tanto azedume e não me conseguiram responder.
Enfim, há pelo menos um que diz algo de concreto. Parece que a dita etar vai ficar a 1500m da vila e a 500 dos campilhos. Já é qualquer coisa.
Com esses dados até posso compreender a contestação. A localização é muito próxima de habitações....”
Em resposta:
“...Deixa-me dizer-te que a tua cabeça deve ser do tamanho de uma ervilha...”
Passado esta primeira abordagem em que fui muito bem recebido. Tentei saber porque nada foi feito para impedir a aprovação:
Perguntei então coisas do género: Então só agora é que acordaram, porque não alertaram a população na altura etc...
Com tudo isto acabei por descobrir que:
1-A estação teria sido mais ou menos imposta de forma encapotada pelo PSD.
2-O PS teria votado contra, a favor e na abstenção.
3-O BE teria votado contra.
4-A CDU teria abandonado a reunião. E tentou posteriormente embora de forma tímida alertado a população.

Face a este esclarecimento conclui que a CDU teria sido a força política que se teria portado menos mal e que pensava que seriam por isso os melhores candidatos. Pelo menos teriam mostrado estar mais atentos aos problemas.
Diz-me lá então qual foi o meu crime...só para ver se consigo descobrir o que fiz de errado.

Cumps.
CcoR
PS-Não quis puxar de nehum grau de messinense. Não se trata disso, foi só para mostrar que apesar de não estar directamente envolvido na terra no momento, sou e considero-me messinense.
Sem imagem de perfil

De Tonnyy a 10.10.2009 às 00:17

Outro Socialista exilado em Albufeira, antigamente iam para Paris agora vão para Albufeira!

Comentar post





Comentários recentes

  • Anónimo

    Tem o PDF do livro?

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...