Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Comentários recentes

  • Anónimo

    Tem o PDF do livro?

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...



subscrever feeds



 

É hora de felicitar a CDU pela vitória incontestável na freguesia de Messines. João Carlos Correia é o novo presidente da Junta e a ele endereço também os meus sinceros parabéns.
Acho que a vitória da CDU na nossa freguesia foi essencialmente uma vitória da equipa. Já tinha dito que as listas da CDU estavam cheias de gente com competência, integridade e honestidade comprovada. Tenho o privilégio de conhecer muitos deles, e até de trabalhar com alguns dos membros dessas listas, e sou por isso o primeiro a reconhecer valor e a competência que têm. Espero que continuem, em equipa, a apoiar o futuro presidente.
Os 34 votos que separaram a CDU do PS são uma margem curta e deixam na lista socialista um sabor amargo que, evidentemente, partilho. Acredito que José Vítor era o homem mais bem preparado para levar a junta a “bom porto” nos próximos 4 anos. Acredito também que foi penalizado por dois factores fundamentais (que pude comprovar na rua e que já tinha aqui mencionado): a incompreensão popular do “timming” dos notáveis messineneses (com o Mundo e o país mergulhados num sentimento de aproveitamento de recursos sem paralelo); a questão da rotunda Messines – Algoz e o seu comportamento na noite da manifestação, que muitos nunca perdoaram (e outros tantos nem sequer compreenderam).
No próprio dia das eleições alguns amigos voltaram a reivindicar estes factores (que acabei de apresentar) como os determinantes na sua decisão de não votar PS. Outra questão que não pode ser escamoteada é a importância do voto jovem nesta eleição de João Carlos Correia.
Na eleição para a Câmara Municipal de Silves o PS, tal como se previa, não foi capaz de aproveitar a evidente fragilidade do PSD para marcar pontos e ganhar a câmara. Ganhou votos e obteve um terceiro vereador mas não foi capaz de se afirmar como uma alternativa credível aos olhos dos eleitores. Acredito que uma equipa unida, bem liderada e composta por gente que acrescentasse alguma coisa de novo ao concelho sairia vitoriosa na noite eleitoral. Acredito que um projecto de interesse público, como era a coligação de esquerda proposta, não daria sequer hipóteses a Isabel Soares. Tenho pena que os interesses pessoais tenham prevalecido sobre o verdadeiro interesse dos silvenses.
Muita “água vai correr por baixo da ponte” nos tempos que se seguem. Coligações de esquerda estão fora de questão nas próximas eleições, daqui a 4 anos. Por isso acredito que o partido que começar já a trabalhar, a “calcar terreno”, a fazer oposição de verdade, a aparecer e a reunir apoios será o sucessor natural do PSD e, ainda mais importante, ajudará imenso o concelho nesta nova fase de ausência de maioria absoluta nos paços do concelho. Espero que o “trio” de vereadores socialistas assuma, conjuntamente com a Dra. Rosa Palma, a responsabilidade de fazer oposição a sério e que não volte às trapalhadas do último mandato em que, nos dois casos mais polémicos do mandato (Central de Lamas e Apoio de Praia), viabilizou de pronto as propostas do PSD com prestações “anedóticas” nas votações.
Endereço os meus parabéns pela vitória também ao José Folgado em São Marcos da Serra e uma palavra de conforto ao João José no Algoz, ao João Lourenço em Silves e ao Dr. João Ferreira na Assembleia Municipal de Silves que não conseguiram os resultados que desejavam. Um abraço também ao Eng. Carlos Cabrita que não conseguiu ser vereador mas ainda assim duplicou a sua votação, e outro para o Dr. Manuel Ramos que agora sai de cena. Muita falta nos fará meu caro. Espero que volte daqui a 4 anos.

Autoria e outros dados (tags, etc)


3 comentários

Sem imagem de perfil

De hellboy a 12.10.2009 às 23:33

Noticia de ultima hora:

Metade de Messines acaba de ser nacionalizado.
A Caixa Agrícola e os Bombeiros Voluntários de S. B. de Messines foram nacionalizados incluído o seu presidente e candidato à Assembleia de freguesia. Deste modo fica desde já excluída a hipótese de se recandidatar daqui a 4 anos, uma vez que pertence já ao povo.
António Mendes ao sair de sua casa foi igualmente nacionalizado, mas o prejuízo já se torna evidente após poucas horas da sua nacionalização e já se pensa na privatização. Difícil é encontrar quem queira investir nisto.
Se tem menos de 65 anos, amor a vida e aos seus, e gosta de continuar livre, saia de Messines antes que seja Nacionalizado.
Em caso de emergência entregue a chave. Não se sabe bem a quem a entregar, mas entregue.
Meninos dos dois pólos das Universidades Seniores, atenção pois esses espaços estão igualmente nacionalizados.
Por via das dúvidas decidiu-se também tornar bens do Estado a Junta de Freguesia e o Centro de Saúde. Tudo indica que já eram edifícios do Estado, mas mais vale prevenir que remediar.
Pretende-se fazer uma alteração ao brasão da vila de S. B. de Messines. Em vez de parras e duas luas iremos ter foices e martelos e duas estrelas. A cor evidentemente que se altera do azul para o vermelho.
Sem imagem de perfil

De Antonio Mendes a 13.10.2009 às 01:49

Estimado Hellboy.
Depois de ler o seu comunicado, venho desde já lamentar estar a aparecer constantemente nos seus sonhos a preto-e-branco sobre os bons tempos da PIDE.
Sabe é do PDI (não confundir com o PIS)! Antes fazia força mental e conseguia entrar facilmente nos sonhos das mulheres, agora só causo pesadelos aos gajos! É a vida!
Depois felicitá-lo pelo seu humor! Não sabe como é raro encontrar um gajo nesta realidade bipartidária do país k não ande como uma ovelha, ou fale e pense como uma! Os meus parabéns!
Mas devo dizer, k estou preocupado com o seu futuro camarário!
Vou-me explicar..
Bem sabemos os dois, k a sua madrinha tem um temperamento difícil. Está habituadíssima a ser ela e só ela a pensar nas coisas (de certeza conhece a expressão “Pra pensar estou cá eu, Babalu!”). Pode ler este blogue (ela já anda avisada com os terríveis comunas messinenses!), ficar a pensar k afinal existe uma cabecinha pensadora em si e não mais um “yes men” como você tem parecido até agora! Pode pensar k você já se está a fazer ao cargo dela daqui a 4 anos..
Está a ver a minha lógica? Portanto pense bem, antes de se fazer inteligente outra vez..
Porque estas coisas sabem-se! Tem a certeza k ninguém mais sabe o seu nick?
Não lhe quero dar mais pesadelos, mas..
LOOK OUT CAUSE YOUR JOB CAN GO TO HELL, BOY! : /
Os meus cumprimentos.
Sem imagem de perfil

De Miguel a 13.10.2009 às 02:23

A Lisete no debate entre os 4 candidatos à CM Silves enterrou-se, pois criticou um projecto (Central de Lamas) que teve o seu apoio!! Mas o candidato do BE calou logo essa ave de rapina quando interveio.

ISABEL SOARES MERECE, O CONCELHO DE SILVES MERECE.

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Comentários recentes

  • Anónimo

    Tem o PDF do livro?

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...



subscrever feeds