Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Comentários recentes

  • Anónimo

    Tem o PDF do livro?

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...



subscrever feeds



 

A proposta deixada neste blog pela Paula Bravo, directora do Jornal Terra Ruiva e com muito orgulho minha professora de jornalismo nos tempos da secundária, tem evidentemente o meu apoio: debater em sessão pública a questão da central de lamas, convidando especialistas a esclarecer a população… é uma proposta irrecusável. Sei que o futuro presidente da junta é sensível a estas questões e aceitará o desafio de ouvir todas as partes antes de tomar uma posição oficial sobre a matéria.
Contudo dei-me ao trabalho de pesquisar sobre o assunto e a minha posição é, desde já: “Na dúvida façam isso noutro lado!” Agradeço à Sónia Oliveira, “sagaz activista” e apoiante da Dra. Lisete Romão, ter deixado aqui no blog o “link” de um vídeo sobre o assunto. Como considero o vídeo relevante para o assunto, para o concelho e para a freguesia faço questão de o publicar. Agradeço de novo à Sónia e aos Amigos de Armação a preocupação com Messines. Bem hajam!

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Imagem de perfil

De ccor a 20.10.2009 às 18:08

Acabo de saber que a Cilinha faleceu. Minha amiga de infância, não contactava com ela faz anos, mas os meus amigos de infância são, para mim isso mesmo, sempre amigos.

Recordo com prazer quando ainda jovens, nos anos pós 25 de Abril, fizémos teatro no grupo dinamizado pela mãe da Paula, da Cilinha e do Luciano, a Dª Lizete. Participei em várias peças que ensaiávamos na casa da Clara, com o Brito, o Joaquim e outros. Fomos inclusivé a várias localidades com o nosso grupo, lembro-me de Alte, Loulé e outras, sempre divertidos e com a Dª Lizete a motivar fazer mais e mais.

É com muita pena que recebi a notícia, inesperada e, tal como o falecimento de outros amigos, sem qualquer motivo que o justificasse. A vida por vezes é uma grande merda.

Quero deixar à família e a todos com quem ela privava, os meus sinceros sentimentos.

Tenho usado este blog um pouco para me divertir, dar dois dedos de conversa, uma piada aqui, uma pequena provocação ali, mas sem qualquer maldade. Tem sido um meio de me sentir mais próximo. Nisto do comentar em blogues o gozo está muitas vezes no anonimato, dá para brincar com quem conhecemos. No entanto, hoje e em homenagem à Cilinha, sinto que devo assinar este comentário.

Um grande abraço à família.

Fernando Dias
Sem imagem de perfil

De Paula Bravo a 21.10.2009 às 10:29

Obrigado, Fernando, pelas tuas palavras e por te lembrares da Cilinha, a minha maninha. Palavras amigas são um alento nas horas realmente dificeis.

Paula Bravo

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Comentários recentes

  • Anónimo

    Tem o PDF do livro?

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...



subscrever feeds