Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Comentários recentes

  • Anónimo

    Tem o PDF do livro?

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...



subscrever feeds



Num mero exercício especulativo, que na cabeça de alguns adeptos da “teoria da conspiração” poderá ser algo mais, eu diria que as autárquicas 2013 vão ser uma verdadeira “Arca de Pandora”. Isto, está bom de ver, se os Maias não tiverem razão! É que se tiverem, em Dezembro de 2012, todos os que não vivam no “sopé do Kilimanjaro” estão, por assim dizer… “lixados”!

As autárquicas de 2013 marcarão um período de “baralha e volta a dar” no que aos presidentes de câmara diz respeito. Para muitos será o último mandato à frente dos seus concelhos de “sempre” mas não será, seguramente, o último como presidentes de câmara. Confusos?! Eu explico.

Alguém acredita que as “máquinas partidárias” vão deixar cair nomes como Manuel da Luz, Desidério Silva, José Inácio, António Eusébio, Júlio Barroso e até a “nossa” Isabel Soares! Se a estes, que conhecemos bem, juntarmos todos os outros por esse país fora temos duas conclusões:
1 – É impossível arranjar “jobs” nos aparelhos centrais para todos eles, por muita “boa vontade” que exista,
2 – Não parece lógico “desperdiçar” toda a “experiência” autárquica que esta malta tem adquirido (e alguns com enorme sucesso e obra feita)
Ora eu, que sou um “espectador” inexperiente nestas andanças, aposto que vamos ter “trocas e baldrocas” por tudo quanto é câmara. Não se admirem se, por exemplo, em 2013 a Câmara de Silves estiver a ser disputada por José Inácio (actual presidente de Câmara de Lagoa, pelo PSD) e António Eusébio (actual presidente da Câmara de São Brás de Alportel, pelo PS), ou se a Câmara de Portimão estiver a ser disputada por Desidério Silva (actual presidente da Câmara de Albufeira, pelo PSD) e Júlio Barroso (actual presidente da Câmara de Lagos, pelo PS)… o mais difícil é aparecer o primeiro, os outros são “consequência”.
As combinações são inúmeras, um verdadeiro “cubo mágico” e, uma coisa é certa… quanto mais frágil for a concelhia… mais certa será a imposição! Não sei se entendem onde quero chegar!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Comentários recentes

  • Anónimo

    Tem o PDF do livro?

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...



subscrever feeds