Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Comentários recentes

  • Anónimo

    Tem o PDF do livro?

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...



subscrever feeds



A reportagem “Corrupção: Crime sem Castigo”, que passou ontem na SIC deixou-me profundamente abalado. Em boa verdade todos sabemos que em Portugal mandam PS e PSD e que no PS e PSD mandam as grandes empresas de construção /obras públicas e os principais escritórios de advogados. O que não sabíamos era que, entre todos os que mandam, não restava já uma pinga de vergonha ou decência.

O PS afunda-se com os casos que envolvem “boys” seus e que desacreditam todo o partido perante a opinião pública. Armando Vara e Rui Pedro Soares são dois exemplos flagrantes, mas há mais. Na minha opinião esta gente não pode continuar no poder, ignorando a opinião pública e contribuindo para que a revolta e repulsa interior das pessoas cresça até ao ponto em que todos os socialistas paguem a factura.

No PSD o tempo é de salvaguardar os interesses dos seus patrocinadores. É preciso a todo o custo impedir que sejam as empresas por trás do PS a construir o TGV e o Aeroporto. Quando chegarem ao poder serão os seus sponsors a construir essas, e outras, grandes obras e a reaver o investimento feito nas últimas campanhas.

Passos Coelho tem um discurso diferente. É preciso reconhecê-lo. Poderá ser apenas um “canto de sereia” que nos levará até à boca da armadilha… poderá até ser uma intenção séria e genuína. Ideologicamente Passos Coelho e Sócrates estarão separados por uma nesga mas a esperança, que os portugueses precisam como de pão para a boca, pende agora nitidamente para o lado do PSD. Os próximos tempos dirão se esta nova equipa “laranja” conseguirá ou não impor o seu cunho e quebrar com o sistema em vigor… outros recentes líderes não resistiram ao poder dos interesses que tentaram desafiar.

Ideologicamente. Ai está um verdadeiro palavrão! Nenhum homem sério deixa que a cortina da ideologia esconda por trás defeitos como os que temos hoje em dia no PS e PSD. Não me revejo na actual liderança do meu partido, apesar de a ter apoiado, porque falhou e porque tem sistematicamente traído a confiança dos seus eleitores com trafulhas, vigarices, mentiras e arranjos manhosos. Não me revejo no anunciado apoio do PS ao “candidato do Bloco de Esquerda” às presidências. Não acho que o país tenha alguma coisa a ganhar com a manutenção desta “canalha” no poder (e na oposição).

É tempo de surgir gente nova nos partidos ou até um novo partido, moderado, responsável e com um discurso de realidade. ISTO É UMA VERGONHA, MEUS SENHORES! Isto mata o partido, a política, a democracia e, em última análise, o país.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Comentários recentes

  • Anónimo

    Tem o PDF do livro?

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...



subscrever feeds