Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Comentários recentes

  • Anónimo

    Tem o PDF do livro?

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...



subscrever feeds



 

E precisamente porque a vila é de todos, e o concelho também, é muito natural que alguns não concordem com o que lhe fazem (à vila) aqueles que mandam. Por isso, e sendo este espaço um reflexo daquilo que penso, vou ter que discordar com algumas coisas que tenho visto.

 

Por iniciativa da Junta de Freguesia foram colocados recentemente dezenas de cartazes (como o da foto) nas ruas de Messines com os dizeres: “A VILA É DE TODOS. OBRIGADO POR NÃO DEITAR LIXO NO CHÃO”. Esta medida visa complementar a colocação de papeleiras em vários locais da vila e qualquer um concordará que a intenção é boa. Pelo menos as papeleiras são de grande utilidade e colmatam uma lacuna evidente.

Já os cartazes… deixam-me incomodado. A poluição também pode ser visual e ver a vila de Messines com um cartaz em cada poste, em letras garrafais, a lembrar-nos que deitar lixo para o chão é algo reprovável não me parece ser a melhor forma de lidar com o assunto… e com adultos civilizados. É discutível a eficácia de tal medida e na minha opinião colocar a mensagem nas novas papeleiras seria mais do que suficiente. Recentemente um estudo concluiu que, por exemplo, as mensagens do género “FUMAR MATA”, que se colocam nos maços de tabaco, produzem no subconsciente das pessoas o efeito contrário.

 

Para mim isto é até capaz de passar para o exterior a ideia de que os messinenses são uns porcos… coisa que anda bem longe da verdade e que a presença das papeleiras (que volto a frisar: são de toda a utilidade e lógica) irá resolver de vez. Se a moda pega ainda nos arriscamos a começar a ter placas de “Obrigado por não cuspir para o chão”, “Obrigado por não estacionar em segunda fila”, “Obrigado por não dar comida a animais vadios”, “Obrigado por não fazer ruído depois das 22H” ou, ainda mais rebuscadas, “Obrigado por não meter baixas fraudulentas”, “Obrigado por não comprar produtos sem pedir factura”, “Obrigado por não esconder rendimentos ao fisco”. Será que os messinenses não sabem o que devem, ou não devem, fazer?!

 

Percebo a ideia que move a CDU (ou o PCP). A intenção é boa. Mas, se querem de facto mostrar que estão preocupados com a limpeza e poluição visual, podiam, por exemplo, começar por remover todos os pendões e cartazes que “jazem” pelo concelho desde a última campanha eleitoral. Não serei por certo só eu a reparar que o material de campanha da CDU foi o único que ainda não foi devidamente removido… e já lá vão 6 meses!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Comentários recentes

  • Anónimo

    Tem o PDF do livro?

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...



subscrever feeds