Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Comentários recentes

  • Anónimo

    Tem o PDF do livro?

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...



subscrever feeds



Tinham quarto reservado na Estalagem mas optaram por ir ao Teatro primeiro...

 

 

 

Diz a Zabelinha que é desta que a Estalagem de São Marcos arranca… Sempre são uns bons milhões de euros “dados” pelo “amigo” Durão que lhe vão dar votos a pontapé.

Com a Estalagem tapa-se os olhos às pessoas e dá-se a esperança de que “aquilo” possa funcionar. E há-de funcionar, pelo menos durante uns meses, até “alguém” se queixar que está a pagar ordenados, leasings, “factorings”, letras… e… dinheirinho que é bom… nem vê-lo! Não quero desanimar os mais optimistas mas, se pensarem um “pouquinho”, vão perceber que, em São Marcos da Serra, abrir uma estalagem ou um stand da Rolls Royce é a mesma coisa. O tipo que “torrou a massa” no Palácio do Trigo sabe do que estou a falar.

Não tem nada a ver com a freguesia ou com as pessoas. Tem a ver com tudo o que falta fazer antes da fase da estalagem. Tem a ver com o facto de a 15 minutos de carro existir uma vasta e competitiva oferta de alojamento.

Esta é a minha opinião, quero que aqui coloquem outras e que me façam mudar de ideias (se conseguirem). Quero o melhor para São Marcos e o melhor nesta altura era – por exemplo - gastar o dinheiro da estalagem a mandar para o terreno técnicos e pessoal especializado que pudesse motivar e ensinar as pessoas a aproveitar correctamente os Fundos Comunitários destinados à reflorestação. É fácil ficar sentado num gabinete a queixar-se que ninguém tem ideias quando quem tem as terras e a disponibilidade para as rentabilizar não faz “ideia” do que se está a passar. É fácil dizer que em São Marcos não há iniciativa quando não se cumpre o trabalho de levar a “oportunidade” aos que dela precisam.

A dita estalagem há-de ser outro “elefante branco” deste executivo – tal como o Teatro Gregório Mascarenhas – que vai ficar para a posteridade como mais uma megalomania da presidente. Este executivo prima pelo investimento em entretenimento e alojamento para “forasteiros” e em festas e festarolas. Quiçá inspirados nas “orgias” romanas…

O Pedro Ramos (actor desta terra) que me perdoe – e ele às tantas até concorda comigo – mas Silves não tem massa crítica, ou humana, para um Teatro daquela natureza, tal como São Marcos não tem infra-estruturas nem motivos de interesse que justifiquem a estalagem. E mesmo que tivessem, tantas coisas havia onde empregar melhor o dinheiro…

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Comentários recentes

  • Anónimo

    Tem o PDF do livro?

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...



subscrever feeds