Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Comentários recentes

  • Anónimo

    Tem o PDF do livro?

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...



subscrever feeds



Reflectindo um pouco sobre aquilo que vi ontem à noite nos telejornais, a propósito do anúncio da subida do IVA no dia a seguir à queda do Governo, devo concluir que estamos perante uma de duas coisas:

Hipótese A – Ou estamos perante um líder social-democrata imbecil e que definitivamente nada irá acrescentar ao país;

Hipótese B – Ou estamos perante um líder social-democrata cobarde que após conseguir o que queria de imediato pensou “que raio vou eu fazer para o Governo com o país neste estado?! O melhor é arranjar maneira de que sejam outros a resolver isto!” Parece-me que esta posição do Passos Coelho é o mesmo que dizer: “nós não temos solução melhor, não esperem nada de novo… por favor senhor Presidente da República tome conta disto urgentemente.”

Temos depois a questão do PS que comprova que ainda não mudou nada na politíca nacional. De facto durante os últimos 2 dias a sensação geral é de que o PS é a pobre vitima disto tudo. É verdade. Mas infelizmente os últimos 2 dias não apagam os últimos 6 anos… nem os últimos 30 nos quais, durante a maior parte do tempo, o PS foi Governo. Já aqui disse e volto a dizer: se o PS tivesse feito o que era certo no Governo o país não estava como está. A crise internacional não explica tudo e quanto mais tempo levarmos  a assumir as nossas responsabilidades, e a negar o estado deplorável em que a ambição e interesse próprio emanados do Largo do Rato e da Rua de São Caetano à Lapa levaram o país, mais fundo cavaremos o buraco onde estamos metidos.

Dizia um “anónimo”, no conforto desse cobarde anonimato, que lhe enjoavam socialistas como eu. Pois, acredito que sim. Quem está no PS por interesse pessoal ou por tradição familiar não deve achar piada a que se abanem as estruturas, porque afinal isto é como na função pública… a malta vai ficando e acaba sempre por pingar qualquer coisa. Quem está no PS porque acredita na ideologia (e depois vê que o partido é movido pelo poder e não pela ideologia), porque acredita poder mudar alguma coisa neste país e nesta região sem esperar tachos ou lugares privilegiados tem alguma dificuldade em engolir estas coisas.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Comentários recentes

  • Anónimo

    Tem o PDF do livro?

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...



subscrever feeds