Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Comentários recentes

  • Anónimo

    Tem o PDF do livro?

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...



subscrever feeds



Quando Sócrates tomou posse eu era um dos entusiastas que festejou o facto. A forma directa e enérgica com que se apresentou ao país fez-me acreditar que o futuro de todos nós seria melhor com ele no “comando”. O início foi prometedor. Fez reformas importantes, mexeu com “lobbys” instalados e, já com Teixeira dos Santos à frente da pasta das finanças, reduziu o défice de forma espectacular. É claro que hoje sabemos que já nessa altura ignorou avisos e sinais sérios do que ai vinha… confiou na sorte.

 

Chegados ao último ano do primeiro mandato Sócrates mudou e passou a preocupar-se apenas com o poder, com o aparelho partidário e com o seu ego. Eu, tal como muitos outros portugueses, não me apercebi de imediato disso. O anúncio do final da crise, os recuos na educação e na justiça, a redução do IVA, os aumentos na função pública e a ruinosa actuação no caso BPN foram prenúncios preocupantes mas, pensei, “que raio! O homem saberá o que está a fazer!” Votei novamente Sócrates mas com enormes reservas e sempre esperando que o PS fosse capaz de chamar o Primeiro-ministro à razão.

O segundo mandato foi vergonhoso. Apenas e só estratégia política… “real politik” no seu estado puro. Tudo preparado ao pormenor para forçar a queda do Governo logo após a tomada de posse do Presidente da República. Mentiras todos os dias e, como se isso não bastasse, a contribuição diária para a instalação de um clima de terror no país. Quem está atento e informado sabe bem que Sócrates acusa hoje o PSD de querer fazer aquilo que ele sabe à partida que fará se for Governo mas não é capaz de assumir.

O congresso do PS foi para mim a “gota de água”. Como é possível uma coisa daquelas?! Nem em Cuba um congresso tem aqueles contornos de culto ao líder e total desprendimento em relação às óbvias responsabilidades que o Partido tem no estado do país. De lá para cá o discurso é sempre o mesmo: atacar o programa do PSD, imputar à oposição a responsabilidade de uma crise política que o próprio PS preparou e esquecer os 6 anos de governação concentrando as pessoas nas últimas 6 semanas.

Na semana passada, em vários locais, alguns “boys” abafaram com megafones e buzinas todos os que contestaram o líder e todas as perguntas inconvenientes dos jornalistas. Uma atitude inacreditável e com tiques ditatoriais. A diferença entre um líder democrata e um ditador não é a forma como lida com os que o apoiam… é sim a forma como lida com os que o contestam. Sócrates nisso é um Hugo Chávez e eu não quero ser acusado de ter contribuído para que tal tipo se perpetue no poder. Arrependido estou de o ter ajudado a chegar até aqui.

Ontem, em Évora, mais uma vergonha para todos os socialistas. A máquina de propaganda de Sócrates “importou” de Lisboa algumas dezenas de moçambicanos que sem saberem ao que iam (foram convocados pela Embaixada de Moçambique) serviram para mostrar às televisões os tais africanos que dava jeito ter para contrapor ao “africanista” do PSD. Quem usa assim pessoas, quem manipula assim o seu próprio povo é perigoso. Muito perigoso. Nestas eleições não está em jogo a ideologia... está em perigo a democracia.


Aqui ficam os videos que por estes dias deveriam fazer com que os responsáveis pela situação se retratassem e explicassem o que aconteceu ali e o que se prometeu aquelas pobres pessoas para ali estarem:

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 22.05.2011 às 20:32

Paquistaneses?!!! Moçambicanos?!! Cabo-verdianos?!! Militantes de Lisboa??!! Todos transportados para os comícios de norte a sul, muitas vezes em veículos de autarquias, para fazer moldura?!!! ISTO É UMA ANEDOTA! O PS BATEU NO FUNDO! O melhor mesmo é refoçar a segurança nas urnas no dia 5 de Junho. Eles estão por tudo e ainda vão falsificar votos.

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Comentários recentes

  • Anónimo

    Tem o PDF do livro?

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...



subscrever feeds