Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Comentários recentes

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...

  • Lucas

    Eu cá gostava mais das entrevistas do Serpa, reple...





Fecha hoje a “Sondagem do Penedo”. Aqui ficam os resultados obtidos através da votação dos internautas que visitam o blog. O meu muito obrigado a todos os que participaram nesta votação, independentemente de concordarem ou não comigo.

Bem sei que esta sondagem não terá muito que ver com os resultados finais. Mas também sei que, dos 3 grandes candidatos, ninguém está convicto da vitória. A democracia não é um sistema prefeito… “em democracia quem lê os jornais tem o mesmo número de votos de quem limpa o rabo com eles”. Dia 29 muitas variáveis estarão em jogo:

- Castigará o povo o (des)governo?

- Castigará o povo o bloco central?

- Aumentará a abstenção?

- O voto em branco será massivo?

Em boa verdade sobre estes temas apenas podemos especular. Em tempos normais, perante estas circunstâncias, o PS, de Fernando Serpa, ganharia sem qualquer margem para dúvidas. No entanto essa hipótese é, no quadro actual, apenas a que reúne maior probabilidade.

Na minha opinião Armação de Pêra vai decidir estas eleições. Se Rosa Palma conseguir ter valores recorde por lá, será a próxima Presidente de Câmara. À primeira vista Paulo Vieira parece ser um bom trunfo do PS, por certo terá uma excelente votação e poderá almejar a ser o próximo presidente de junta, levando por arrasto muitos votos para Fernando Serpa. Rogério Pinto terá um duro teste em Armação, parece-me que os mosquitos, o lixo e as praias interditas estão demasiado presentes na memória dos armaceneses. Somando uma derrota, ou uma “vitória de Pirro” em Armação, com as mais que certas derrotas em Silves (PS) e Messines (CDU), Rogério Pinto está, na minha opinião, fora da corrida.

Além de ter sido quem primeiro começou a campanha, quem mais gastou na campanha e quem teve maior apoio das cúpulas do Partido, o candidato do PS soube escolher bons candidatos (Fátima Matos, Luís Coelho, José Vítor Lourenço, João José, Paulo Vieira, Ricardo Guerreiro)… na mesma medida em que Rogério Pinto arriscou soluções pouco ortodoxas (Anabela Lourenço, Ricardo Pinto, Luís Reis). Já a CDU, que tem o meu voto e simpatia, apresenta uma grande lista à Câmara Municipal e à Assembleia de Freguesia de Messines, mas deixa muito a desejar noutras freguesias, arriscando perder Silves e baixar consideravelmente a representação na Assembleia Municipal.

Surpresa, ou talvés não, foi o BE. Fez uma campanha original, revigorante e fiel às suas origens. Apesar de não ser, na minha opinião, uma hipótese para vencer as eleições, passará por eles a decisão final... e mais importante do que isso, estão lançadas as bases para outros voos nas próximas "campanhas" eleitorais em Silves.

Foram várias semanas de pré-campanha e de campanha eleitoral. Foram inúmeras as informações e contra-informações a circular. Os candidatos bateram-se bem. Todos. Independentemente das intenções, todos apresentaram uma estratégia. Houve momentos tristes, houve momentos de humor, houve momentos de tensão… mas há vida depois das autárquicas. Daqui a algumas semanas, passadas as azias e azedumes da derrota, as coisas voltarão ao normal.

Amanhã é dia de reflexão. É isso que devemos fazer. As palavras que Joel Belchior, o actual líder da JS Silves, partilhou com os seus seguidores no Facebook merecem ser aqui repercutidas:

“CONFIANÇA NA MUDANÇA porque AGORA SILVES, DA SERRA AO MAR será um melhor concelho. Queremos MAIS SILVES, SEMPRE O MAIS POSSÍVEL onde se esteja a TRABALHAR SEMPRE para o progresso deste concelho. E isto só se consegue com o teu voto.

Portanto, dia 29 vai votar!”

Para rematar, e antes do comentário de Domingo, apenas dizer que assumo tudo o que aqui escrevi. Não gosto de quem não gosto, pelas razões que invoco para não gostar. Se estivesse calado era mais um, mas como falo arrisco-me a ser um alvo fácil. A minha primeira professora de jornalismo ensinou-me uma vez uma frase de Voltaire que me ficou para sempre: “Não concordo com uma palavra do que dizes, mas defenderei até à morte o teu direito de dizê-las.” Por isso sempre aceitei todos os comentários e tive o cuidado de manter a máxima: o meu blog é para quem quiser ver, não irei impor a minha opinião a ninguém. Sou tolerante, mas, por favor, não me mandem calar…

Autoria e outros dados (tags, etc)

Eu já decidi...

24.09.13

A sondagem alegadamente encomendada pelo PS e as entrevistas dos 4 candidatos ao “Terra Ruiva” tem dominado as conversas na blogosfera e na rua.

Sobre a sondagem pouco mais há a dizer. Pedi à Eurosondagem que me confirmasse a autoria da sondagem e os resultados… não obtive ainda qualquer resposta oficial. Coisa que entendo, uma vez que se trata de uma empresa privada que supostamente terá feito um trabalho particular a pedido de um cliente. Parece-me estranho que uma sondagem em Silves tenha, para a mesma margem de erro e confiança, mais 300 entrevistas do que uma outra sondagem, feita pela mesma empresa em Loures, onde a população é mais do dobro.

Concordo com o António Guerreiro quando diz que esta sondagem não encontra “aderência” nas ruas e tenho para mim que andará longe da realidade no dia 29. Evidentemente quero também agradecer ao António Guerreiro o seu comentário que em muito enriqueceu este espaço.

Sobre a entrevista no Terra Ruiva, começar por dizer que foi pena a Paula Bravo não ter optado por entrevistas pessoais e específicas para cada candidato. Compreendo porque sei que com o tempo e os recursos disponíveis tal façanha não se afigura fácil.

Gostei da entrevista do David Marques, nota-se a irreverência e a vontade de fazer. Existem ideias, projectos e uma matriz de esquerda no seu discurso. Destaco a parte de “nacionalizar os terrenos da Galilei”… demonstra coragem e convicções fortes.

 

Gostei da Rosa Palma. O seu pragmatismo e a boa equipa que tem tornam-se evidentes a cada dia que passa. Passa uma mensagem de confiança, de trabalho e de rigor que tanta falta têm feito a este concelho. É bem patente que existe um programa e ideias para todas as freguesias.

Não gostei de Rogério Pinto. Nem comentário me merece. Aquele concelho de que ele fala não existe, a não ser na sua cabeça. É urgente que o PSD passe por uma "cura" de oposição e desintoxique o concelho dos seus boys e girls.

Não gostei de Fernando Serpa porque mente logo na primeira palavra que diz: “ACEITEI ser candidato…”. Só aceita ser candidato quem foi convidado para sê-lo. Seria bom que Fernando Serpa dissesse quem o convidou. Na verdade ele impôs-se candidato, contra a vontade das forças vivas do partido no concelho e no distrito, em nome de um projecto pessoal e de uma agenda oculta e escabrosa. Quanto ao resto, banalidades e conversa para tolos.

Somando a entrevista e a sondagem tomei a minha decisão. A sondagem demonstrou-me claramente que, para não arriscar ter Serpa ou Pinto na liderança, só há um caminho. Sabemos que a CDU vale sempre mais do que as sondagens indicam, mas mesmo assim convém não arriscar. Só me custa pelo David, de quem gostei imenso. Pelo António, que muito prezo. Mas, não posso votar em dois e por isso vou ser prático e pragmático. Mais uma vez vou confiar o meu voto a Rosa Palma e à equipa da CDU. Acredito que possam fazer um bom e honesto trabalho pelo concelho de Silves. Para a Assembleia Municipal o meu voto será em Fátima Matos, com todo o carinho e admiração que ela me merece. Fez uma bela campanha, muito acima de todos os outros.

Há mais de 2 anos que entreguei o meu cartão de militante do PS. Não penso voltar a ser militante de nenhum partido, pelo menos enquanto os partidos continuarem a ser agências de emprego sem projectos, nem ideias, nem consciência comunitária. Sou por isso livre e é nessa qualidade que tomei esta decisão.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Aqui fica a sondagem divulgada pelo PS e uma pequena análise da mesma, comparada com os resultados de 2009. Deixo o desafio ao António Guerreiro para que comente a sondagem, por certo os leitores do blog agradecem.

 

PS - 31,4%

PSD - 23,9%

CDU - 19,5%

BE - 6,8%

Nulos, Brancos e Não sabe ou Não responde - 18,4%

Se considerarmos o mesmo número de votos brancos ou nulos de 2009 e distribuirmos os indecisos pelos 4 candidatos temos os seguintes resultados projectados:

PS - 35,92% (+ 4,03%)

PSD - 27,34% (- 12,2%)

CDU - 22,30% (+ 3,63%)

BE - 7,7% ( + 1,82%)

 

Em termos de votantes, partindo da mesma abstenção de 2009, isto queria dizer que:

PS - 6.142 votos e 3 mandatos

PSD - 4.675 votos e 2 mandatos

CDU - 3.813 votos e 2 mandatos

BE - 1.330 votos e 0 mandatos

 

Era interessante saber que pergunta foi feita na sondagem, se foi feita uma sondagem também para a Assembleia Municipal (há quem diga que estes números são os números da Assembleia Municipal) e saber a data em que foram feitas as entrevistas. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Respondendo por antecipação a alguns comentadores, quero dizer que a “sondagem do Penedo” não tem a ambição de ser fiável ao ponto de poder influenciar resultados. Sou o primeiro a admitir que os blogs e as redes sociais contam pouco na hora de votar (apesar de cada vez assumirem maior importância). Também sei que o blog é lido por uma minoria que não se traduz na amostra ideal. Mas o objectivo é potenciar discussão e gerar interesse pelo blog, coisa que tem sido conseguida. Apenas em 11 dias o Penedo Grande já teve mais visitas e “first time visitors” que em todo o mês de Agosto, estando 20% acima de igual período de há 4 anos.

 

Em jeito de resumo aqui ficam alguns gráficos e dados a reter:

 

Para a CM Silves votaram 434 internautas (houve mais de 600 tentaivas de votar que não foram contabilizadas pelo sistema) e após um periodo em que Fernando Serpa liderou, regista-se agora a liderança de Rosa Palma e uma grande recupreção de Rogério Pinto, que já está a escassos 2% de Serpa. David Marques tem perdido terreno.

 

Para a AM de Silves votaram 258 internautas (123 tentativas de voto bloqueadas). Fátima Matos lidera destacada, com mais do dobro da votação do segundo classificado, o candidato do PSD. Na AM a CDU sai fortemente penalizada nesta altura, recorde-se que nas últimas autarquicas João Estevens consguiu liderar a sondagem e disputar os lugares cimeiros. 

 

Para a AF de Messines votaram 318 internautas (153 tentativas de voto bloqueadas). José Vítor Lourenço que liderou numa fase inicial, perdeu o lugar para João Carlos Correia. A candidata do PSD tem subido alguns pontos mas está ainda longe do exigido ao partido.

 

Para a AF de São Marcos da Serra votaram 233 internautas (68 tentativas bloqueadas). A grande disputa tem sido entre Luís Cabrita, o candidato do PSD que já vai na sua terceira tentativa, e Ricardo Guerreiro, o jovem candidato do PS. Rosa Guerreiro, da CDU, tem no entanto subido na última semana.

 

Para a AF de Silves votaram 299 internautas (61 tentativas bloqueadas). Lidera Luís Coelho do PS, seguido pelo candidato do PSD que foi quem mais subiu nas últimas semanas. Uma palavra para o candidato do MPT Rui Amador que surge à frente do elemento escolhido pelo Bloco de Esquerda, João Varela Santos.

 

Para a AF de Armação de Pêra votaram 221 internautas (184 tentativas bloqueadas). Após algumas semanas em que obteve mais de 50% dos votos, o candidato do PS, Paulo Vieira, começou a perder terreno para Ricardo Pinto. Nesta altura menos de 10 pontos separam os candidatos.

 

Esclareço que não coloquei a votos as “uniões de freguesias” porque só recentemente se confirmou a legalidade de algumas candidaturas participantes. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Aqui fica o balanço intercalar da sondagem que o Penedo Grande está a realizar:

Autoria e outros dados (tags, etc)

Disse-me um “passarinho” que o Blog Penedo Grande, mais especificamente a sondagem que temos aqui ao lado, tem sido seguida com atenção pelas mais altas individualidades do PS Algarve… mais precisamente a partir de Albufeira e São Brás de Alportel. Uma verdadeira honra. Talvez sabendo disso “alguém” tentou, no dia 16 (o dia do tornado), votar 52 vezes no putativo candidato do PS a Silves. Quem o fez não deve ter visto que apenas o primeiro voto foi contabilizado, uma vez que o sistema apenas permite um voto por IP. Fica no entanto o registo dos “meios” que se usam naquela “sede de campanha”.

Sobre a sondagem, que muitos desvalorizam, os dados não mentem: mais de 40% dos visitantes votam no PS, mas no entanto só cerca de 14% votariam no candidato do PS. Também o PSD tem mais votos que o seu candidato, mas os números são perfeitamente aceitáveis numa amostra de pouco mais de 100 votantes.

Como aqui tenho defendido uma candidatura independente tem o cenário perfeito para vingar nas próximas eleições. É por isso que essa candidatura vai acontecer e vai ter mais força do que aquilo que imagina a maior parte dos “politiqueiros” locais. É só aguardar, e já não falta muito. Tem sido extraordinário o feed-back obtido no contacto com as pessoas… de toda a orientação partidária.

Mas o “passarinho” disse-me mais… garantiu-me que as cúpulas do PS Algarve têm forte inclinação e preferência em 2 nomes para encabeçar a lista em Silves… só que nenhum desses nomes é Fernando Serpa!!! Uai!!! Querem lá ver!! Será que a “conspiração” não tinha pensado na possibilidade da Distrital não “embarcar” em “fetiches” pessoais?! É que os dois nomes em cima da mesa são silvenses, são muito mais novos, muito mais competentes, muito mais respeitados e não andaram durante quase 20 anos a “comer as migalhas” da governação de Isabel Soares, esperando que caísse de podre. Em suma não foram  coniventes com isto que temos.

Olhando para as últimas listas apresentadas a eleições e para a Comissão Política da Distrital não é difícil perceber quais são os nomes… adivinhem!

Autoria e outros dados (tags, etc)




Comentários recentes

  • Anónimo

    mais um profeta da desgraça

  • António Duarte

    Para Marinho Pinto chegar a uns 15% não precisará ...

  • António Duarte

    Fico satisfeito por ver que o rapaz ainda está viv...

  • Raposo

    O que eu gostei mais da entrevista foi de saber a ...

  • Lucas

    Eu cá gostava mais das entrevistas do Serpa, reple...